segunda-feira, 31 de maio de 2010

Florestas ameaçadas: Querem mudar o Código Florestal

Queridas e queridos, já conseguimos nos fazer ouvir através do Ficha Limpa, um projeto que ganhou expressão política pelo enorme número de assinaturas que conseguiu. Agora estamos todos convidados a assinar uma petição contra um projeto, o de reforma do Código Florestal, que só pode beneficiar os que usam a terra contra a natureza. Vejam o texto introdutório da coisa, que está no Avaaz:

Florestas em perigo

Olá,

Você acredita que o agronegócio é o responsável por revisar o Código Florestal Brasileiro? Por mais absurdo que isso pareça, é o que vem acontecendo no congresso.

Um grupo de ruralistas está tentando destruir a legislação ambiental, reduzindo dramaticamente o tamanho das reservas ambientais. Isso lhes daria o direito de cortar 30% mais árvores na Amazônia e daria anistia a crimes ambientais. Nós precisamos mostrar nossa indignação e dizer a eles que o Brasil precisa de mais preservação, e não de desmatamento! Assine a petiçåo para salvar o Código no link abaixo:

http://www.avaaz.org/po/salve_codigo_florestal/98.php?CLICK_TF_TRACK

E boa semana, cheia de florestas com orquídeas, samambaias e passarinhos para todos nós!

17 comentários:

  1. Beth Moreira Cardoso31/05/2010 19:00

    Sonia, tentei mas ainda não consegui assinar.
    Obrigada por divulgar essa petição.
    Beth

    ResponderExcluir
  2. Querida Sônia, tudo bem?
    Você trabalhou em Campinas no Diário do Povo, por acaso conheceu Humberto Pitoli?

    Outra coisa: Tenho feito suco com maça, couve, inhame todas as manhãs, existe alguma restrição em consumir inhame todos os dias?

    Beijos
    Kátia Camargo

    ResponderExcluir
  3. Oi gente! Fui la e assinei, é facil demais! A esse proposito, fiquem de olho no filme "Soluções Locais para uma Desordem Global", um documentario de Coline Serreau que me tocou muito. Figuras importantes como Pierre Rahbi e Vandana Shiva dão seus depoimentos, assim como membros do MST no Brasil, que contam como cultivam suas plantações sem uso de produtos quimicos. Eu, particularmente, fiquei impressionada com o filme. Espero que lance no Brasil!
    Beijos a todos!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Sonia por mais essa iniciativa!

    É inaceitável essa idéia, não quero pertencer a um país reconhecido também pelo seu alto índice de crime ambiental.
    Será que essas pessoas não pensam no amanhã? Nos filhos dos seus filhos sem conhecer plantas, flores, frutos, aves e alguns animais?
    Sem floresta, sem ar puro para respirar?
    Eu choro só de imaginar!

    PS/ Além de assinar vou ajudar a divulgar.
    Vamos nessa!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Katia, devo ter conhecido, mas não me lembro mais. Faz tanto tempo! E também não trabalhava lá, só escrevia matérias para o 2º caderno como free lancer.

    Sobre inhame cru, veja um post sobre ácido oxálico (quando pinica na garganta é porque tem): http://www.soniahirsch.com/2009/05/inhame-cru-tem-acido-oxalico-mas-nem.html . Minhas maiores restrições são à maçã. Acho bom comer uma maçã no meio da tarde, mastigando e salivando, porque ela é faxineira do tubo digestivo. Mas no suco você fica com muito pouco proveito e frutose demais. Suco verde, para mim, é só com vegetais, não com frutas.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Fernanda e Patrícia, eu estou adorando esse negócio de petição online. Todo mundo pode se manifestar, apoiar e ver resultados. E viva a rede!!! Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá Sonia!

    Nossa, quero muito te agradecer por tantos ensinamentos e dicas, tenho indicado seu blog e seus livros a muitos amigos! Eu só tinha o "Só para mulheres", mas semana passada fiz o pedido de todos no seu site, chegaram super-rápido! Muito obrigada mesmo!!

    Estou com uma dúvida (procurei rapidamente no blog e nos índices de alguns livros e não achei): fiz ontem a microdose com tinturas de alho, losna, hortelã e dente de leão, já estou tomando, mas por quantos dias eu continuo??

    Há muitos anos não tomo vermífugos, e como venho engordando mto, vivo cansada e sonolenta, acho que os tais bichinhos devem estar me acompanhando...

    Mto obrigada e parabéns!! Venho acompanhando seu blog e vc presta um serviço inestimável compartilhando e divulgando tanta sabedoria, além se ser muito atenciosa e prestativa!!
    Bjão!!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Edith, você pode tomar o vidrinho de 30ml, dar um tempinho e repetir. O importante é observar se os sintomas diminuem ou desaparecem.

    Você viu aqui no blog a receita do kvass de beterraba? http://www.soniahirsch.com/2010/03/cozinha-medicinal-kvass-de-beterraba.html . Quem sabe te ajuda também?

    Obrigada pela força - um abração!

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Sonia, tudo bem?
    Estava lendo o seu " Almanaque de bichos que dão em gente" e descobri que lombrigas podem se esconder no apêndice.
    Vez por outra sinto uma dor MUITO forte na região do apêndice. Já parei em hospital váaaaarias vezes por conta disso. Encontrei uma médica que queria operar , apesar de os exames não apresentarem nada de anormal. Mas ela alegava que o exame clínico era o principal.
    Não fiz a cirurgia e a dor continua, geralmente seguida de diarréias.
    E nesses casos de verminoses no apêndice, o que se deve fazer? E se esse for o meu caso?

    Voce me inspira todos os dias pela busca de uma vida melhor ( e sem neuras ) com essa tranquilidade que só você tem.

    Muitíssimo Obrigada Sonia.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Joaninha, o ideal é obter um bom exame de fezes, coisa rara, pra saber que tipo de bicho é - podem ser lombrigas associadas, por exemplo, com tênia, ou ameba. Também pode ser um diagnóstico bioenergético feito pelos agentes da Pastoral da Saúde.

    Se você resolver agir por conta própria, deve começar pensando em lombrigas, que sempre devem ser tratadas primeiro. E antes de tomar o remédio seria muito bom aplicar dois dias seguidos uma compressa grossa de argila na região do apêndice, durante duas horas, para as bichinhas saírem de lá. Aí ficarão mais expostas ao remédio, seja ele qual for.

    Observe se as diarréias têm cor amarelada, muco ou cheiro forte, pois isso poderia sugerir giárdias.
    Um abração, boa sorte!

    ResponderExcluir
  11. Oi Sônia!
    Muito obrigada, já copiei a receita do kvass...mas então vc acha q tb pode ser cândida, né?? Fui lá reler o capítulo da danada e realmente me identifiquei com alguns sintomas, inclusive o lance do esquecimento e de às vezes me enrolar com algumas palavras, eu costumava ter uma memória de elefante e de uns tempos pra cá, ô dó...rs

    Vou hj mesmo atrás das beterrabas e do leite, mas acho que vai ser difícil achar cru...qq coisa vou tentar com o comum mesmo...

    Bjão e obrigadíssima!!

    ResponderExcluir
  12. Edith, avancei um pouco mais nas pesquisas e descobri que o leite pasteurizado é melhor para o iogurte, reduz a disputa das bactérias pela lactose. Como tabto faz ser soro de iogurte ou de coalhada, acho que essa informação vai facilitar a sua vida, né? Beijo!

    ResponderExcluir
  13. Sonia, vc é uma benção, menina!
    Bom demais, vou aproveitar e fazer iogurte!! hehe

    Depois te conto sobre os resultados do kvass...sobre a microdose ainda não percebi nada diferente, mas ainda tá mto no comecinho, né?

    Bjs e mais uma vez, obrigada!!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Edith, bênção é a web, superando todas as nossas expectativas de pesquisa, comunicação e liberdade... Sim, só o tempo mostrará resultados, e o kvass de bererrava deve ajudar nisso. Abração!

    ResponderExcluir
  15. Oi Sonia,
    Perguntinha besta abusando da sua paciência...dá pra guardar o restante do soro na geladeira e usar no próximo kvass??
    Com essa friaca aqui em Brasília (sou friorenta e é só esfriar um pouco, pra mim já é friaca, rs), só com dois dias achei q o leite tava talhado a contento...será q exagerei? Mas acabei de deixar ele (o 1/4 de xícara de soro) descansando com a beterraba, sal e água...
    É que demorou um pouco pro leite talhar, já tô pensando na demanda qdo esse primeiro kvass acabar...mas acho q é mesmo mto tempo pra deixar o soro esperando, né??

    ResponderExcluir
  16. Oi, Edith, a pergunta é muito oportuna e me permite preencher uma lacuna, porque faltou dizer que o soro pode durar uma vida na geladeira em vidro tampado! Abração e bom dia!

    ResponderExcluir
  17. Ah Sonia, que bom!! Brigadíssima e abração! ;)

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ou pergunta, se quiser, mas saiba que no momento é improvável eu responder, devido a mil coisas, cursos & viagens. Também vem novidade web aí. Agradeço. Abraços, Sonia

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.