quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Soja: Não é solução, é problema

Do livro das nutricionistas Denise Carreiro e Mayda M. Correia, "Mães saudáveis têm filhos saudáveis":
Um dos alimentos que mais causam problemas na nossa saúde atualmente é a soja. No futuro, talvez vamos nos referir à soja como mais um grande erro que a ciência cometeu ao promovê-la como um alimento saudável. Esse aval para o consumo transformou a soja na principal fonte de proteínas da indústria alimentícia. Atualmente quase 60% de todos os produtos alimentícios levam soja na sua composição.
A soja foi introduzida no nosso hábito alimentar de forma praticamente compulsória. Há 30 anos as merendas escolares passaram a ter "vacas mecânicas" para produção de leite de soja. Todos os fatores antinutricionais foram ignorados e descobertos mais adiante quando se analisou as consequências dessas ações nas crianças. Além de características alergênicas a soja possui na sua composição elementos que causam inúmeros problemas tanto para as crianças quanto para adultos e gestantes. Para discorrer sobre todos eles seria necessário um livro inteiro.
E as autoras entram nos detalhes importantes da soja:
  • alto potencial alergênico por conter proteínas de difícil digestão
  • isoflavonas (genisteína e daidzenina), hormônios fitoestrógenos que interferem na captação de iodo pela tiróide, comprometendo sua produção dos hormônios T3 e T4 - o que é pior ainda para as gestantes, que têm naturalmente um aumento da excreção de iodo pelo rim
  • bebês alimentados exclusivamente com leite de soja (800 ml a 1 litro por dia) recebem megadose de fitoestrógenos, cuja concentração chega a ser de 13000 a 22000 vezes maior que o normal e corresponde a 5 pílulas anticoncepcionais por dia - o que pode estar diretamente implicado no desenvolvimento sexual precoce das meninas e tardio dos meninos
  • quantidade elevada de fatores antinutricionais como oxalatos, fitatos, urease, lectina (ou hemaglutininas), inibidores de tripsina e de protease, lisinoalanina, nitritos, nitrosamina, isoflavonas.
As autoras lembram que "se de um lado estamos estamos consumindo soja de forma involuntária através dos produtos industrializados, também existe um consumo consciente onde se acredita que os produtos com soja são saudáveis. Na verdade, é tão errado atribuir inúmeros benefícios à soja quanto acreditar que o leite de vaca é a melhor fonte disponível de cálcio".

Mães saudáveis têm filhos saudáveis é um livro cheio de bons argumentos para quem quer gestar e nutrir seu bebê da melhor forma possível.

64 comentários:

  1. grande materia, sonia, valeu!

    vou passar adiante para amigos que ainda tomam baldes de leite de soja achando que estao consumindo um produto saudavel.
    faz tempo ele foi banido da minha mesa, desde que vc e minha nutricionista me chamaram a atenção para fatos que esta materia ilustra de maneira tão competente, bjos!

    ah nao te comentei ainda, meus livros chegaram, adorei tudo, completei os que faltavam, e para variar, alguns já estão emprestados, o candidiase esta com um amigo que está lendo, e ficando cada dia mais impressionado com os sintomas, esta funcionando muito bem, ele já esta procurando ajuda, isso é muito bom de saber não é? depois que ele me devolver eu leio!

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Sonia
    O problema é muito mais grave porém poucas profissionais, como você a Denise, têm coragem de pesquisar abordar. Já existe vários estudos que atribuem o alto consumo de soja na sexualidade adulta.Infelizmente este é mais um assunto que não existe interesse na divulgação pois causaria enorme danos econômicos, além de colocar em descrédito muitos profissionais que receberam para falar bem deste alimento.Parabém a vocês pela iniciativa de levantar o tapete da Ciência S/A.

    Juliana Sá

    ResponderExcluir
  3. Oi, Juliana, acho que a gente só faz o que a consciência manda! Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. A primeira vez que ouvi ressalvas quanto a soja na alimentação, foi em uma palestra sua lá na Comedoria do SESC PINHEIROS, de leve você comentou que os orientais comem a soja fermentada, não a comem pura, como estavamos fazendo, o que causou
    uma certa comoção na plateia.

    Bem puxando pela memória, só lembro de você tocando nesse assunto...

    Beijos

    se não chover pretendo ve-la no Parque da Água Branca, até lá.

    ResponderExcluir
  5. Oi Sonia...
    Legal vc tocar nesse assunto, vou até tentar comprar o livro, especialmente porque no meu caso tenho uma filha de 5 anos que tem intolerância a lactose e fomos aconselhados a usar soja com ela.
    Ela nunca foi muito fã do leite de soja e só descobrimos a intolerância quando ela já estava com mais ou menos 1 ano e meio e foi quando começamos a usar o leite de soja, mas o gosto é muito diferente e isso não durou mais de 1 ano, mas uso muito os yogurtes de soja da batavo com ela e os sucos da Ades.
    Fico sempre tão perdida e depois de ler este seu post fico me perguntando se a soja não ajudou também porque os sintomas da intolerância nela sempre foram muita, mas muita assadura, e quando retiramos o leite de sua alimentação isso parou, e muito muco.
    Atualmente ela tem tido muita sinusite e otite e como a otite normalmente é a otite média a pediatra acredita que seja em função a intolerância.
    Bom é isso vou tentar ler mais e me dedicar mais a cozinha pra poder ajudá-la.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Fico só pensando nesses bebês "alérgicos" aos quais muitos pediatras recomendam o leite de soja...
    Há muito o que se corrigir na alimentação. Suas informações são valiosas, Sonia! Obrigada!

    Mais uma divulgação que farei.

    ResponderExcluir
  7. Aí vai a divulgação:

    http://www.facebook.com/#!/silvia.azevedo.rj/posts/114275958637814

    http://twitter.com/#!/silvia_az/status/7762463835553793

    ResponderExcluir
  8. Nossa, eu nem imaginava isso...
    Eu consumia soja achando que estava optando por uma opção saudável. Que triste...

    O que posso consumir ao invés do leite de soja? E da proteína de soja texturizada, já que não como carne?

    Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é realmente fantástico, estou lendo e recomendo!
    Tive aula com a Denise e já assisti diversas palestras dela, são sempre um grande aprendizado!
    Parabéns pelo seu blog Sônia, está recheado de boas informações!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Tathi, vc pode ler mais sobre soja & seus problemas em www.correcotia.com/soja - verá que somente a soja fermentada é recomendável. Proteína de soja texturizada é um horror, bagaço da extração industrial do óleo de soja. Agora, o que você vai comer já é assunto para conversar com um bom profissional. Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. Olá Sonia,
    Foi muito bom te conhecer lá no mercadão. E um nobre trabalho o que voce faz e com certeza vai ter muito sucesso!. Estava lendo a questão da soja, e achou que em cantidades moderadas a leite de soja "fresca" e boa para algumas pessoas, assim como os fermentados de soja também são saudáveis para certas pessoas. Tudo depende da pessoa. Achou que a soja lamentávelmente na atualidade é um alimento distorcionado,modificado, procesado, estragado. Achou melhor evitarla se não souber a procedencia (no caso dos grãos obviamente porque os outros subprodutos com certeça não é recomendavel seu uso). Tem tantos alimentos bons para a gente consumir en forma de leite, como aveia, arroz, amendoas, castanhas, e aí vai...O importante e sempre a variedade e moderação. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  12. sem falar dos transgênicos...

    ResponderExcluir
  13. Olá Sônia e todas!

    fiquei confusa agora e assustada com todas estas informações... consumo muita soja e não como carne vermelha, nem galinha, apenas peixe. sobre que soja é ideal para quem quer largar a carne, por causa das proteinas. e agora como substituir?

    ResponderExcluir
  14. Olá Sonia. Já li dois de seus livros e tenho lido com interesse seu blog. Fiquei assustada com essa história da soja. Atualmente faço tratamento para mioma e colite e fui aconselhada a abolir todo tipo de proteína animal. Assim, passei a usar a soja com mais frequência na forma de leite, iogurte, tofú, etc. Uma vez que as leguminosas em geral pioram os sintomas da colite, existe alguma outra fonte de proteína alternativa??

    Um abraço e parabéns pelo trabalho
    Letícia

    ResponderExcluir
  15. Olá Sônia
    Adoro seu blog ,já li dois livros seus.Quando puder aborde no blog a respeito da Colonterapia.Gostaria de saber se realmente é benéfico para a saúde.Confio muito nas suas informações.Abraços!!

    ResponderExcluir
  16. Oi Sonia, te indiquei para o prêmio Dardos.
    http://caroldaemon.blogspot.com/2010/11/premio-dardos.html

    ResponderExcluir
  17. Mabel e Letícia, leiam o que está em www.correcotia.com/soja . Àd vezes é o caso de repensar escolhas.
    - - - - - - - - - - - -
    Colonterapia? Só se for dentro de um esquema muito bem cuidado, com dieta adequada e certeza de que o intestino não está esgarçado, porque o jato de água é forte e pode dar problemas. Colonterapia bem feita funciona muito bem. Exige uma preparação antes, para amolecer as placas de resíduos velhos grudados nas paredes. O dr Bernard Jensen tem uma série de livros que explicam tudo, com fotos da tranqueira que sai na limpeza. De bichos a um espécie de revestimento intestinal emborrachado.

    Tenho visto chá de chicória, tomado durante uma semana em jejum, limpar os intestinos muito bem. Idem o caldo de rã. Idem a Sopa de arroz do Pai José, em http://correcotia.com/deixasair/sopadearroz.htm .

    Abraços!

    ResponderExcluir
  18. Te indicamos para o Premio Dardos
    http://casadebotellasdepet.blogspot.com/2010/11/premio-dardos.html

    ResponderExcluir
  19. Gente, agradeço as boas intenções ao indicar meu blog ao prêmio Dardos, mas por favor me incluam fora dessa. Meu prêmio são os leitores. Obrigada e beijos!

    ResponderExcluir
  20. Ótima dica, compartilhei no blog Parto no Brasil:

    http://partonobrasil.blogspot.com/2010/11/soja-nao-e-solucao-e-problema.html

    Saudações!

    ResponderExcluir
  21. Simone Zanon30/11/2010 16:00

    Nossa.... até hj minha filha só toma suco de soja e leite de soja antes de dormir!
    O que eu poderia substituir????
    Achei que estava fazendo um bem pra ela!!!!

    ResponderExcluir
  22. Oi, Simone, infelizmente hoje em dia a gente precisa se informar melhor sobre o que come e o que oferece aos filhos. Um abraço!

    ResponderExcluir
  23. Simone zanon01/12/2010 00:08

    Oi Sônia.... Fico muito agradecida pelas suas informações....mas achava estar fazendo bem à ela...visto que é tão divulgado em revistas e sites que a soja é benéfica. tenho alguns livros seus e sou sua fã.... O que se poderia substituir para uma crian/ça de 5 anos...já que ela sempre tomou o leite de soja e adora o suco de soja????

    ResponderExcluir
  24. Simone, qualquer um que tenha lido minimamente este blog e algum dos meus livros sabe que o pior de tudo são os produtos industrializados. Você diz que é minha fã mas não leu nem o rótulo do que dá para sua filha. Leia sobre Ades no blog da Neide Rigo, http://come-se.blogspot.com/2007/09/ades-desnecessrio-no-cinema-na-vida.html ?

    As opções para substituir são muitas, entre ela leite de coco fresco, leite de amêndoas, leite de castanhas, por exemplo. As receitas estão por aí. Mas o principal é dar comida de verdade no jantar para ela não ter que dormir de barriga cheia. Um abraço!

    ResponderExcluir
  25. simone zanon01/12/2010 23:15

    ok...vou procurar com mais atenção.....desculpe quando disse que era sua fã.....mas eu leio sim....acontece que o mercado está cheio de artimanhas e como li ...aí mesmo em seu blog muitas mães são orientadas dar leite de soja pra suas filhas......deviso a intolerância à lactose....pois bem....obrigada

    ResponderExcluir
  26. SÕnia, gostaria de saber sua opinião sobre um fato que está ocorrendo comigo. Tenho refluxo e após procurar um gastro, fui orientada por ele a não misturar, em hipótese alguma, alimentos sólidos com líquidos. Será realmente necessário este radicalismo todo? Como ir a um churrasco ou festa, ou mesmo no dia a dia, um café da manhã. Não sinto sintomas drásticos. Sinto um pigarro após as refeições, uma tosse ocasional. Agradeço sua atenção. Lene.

    ResponderExcluir
  27. Simone Zanon, você não tem a menor ideia do que está dizendo quando escreve "...aí mesmo em seu blog muitas mães são orientadas dar leite de soja pra suas filhas...", pois é exatamente o contrário. Desafio você a encontrar essa orientação em qualquer lugar do meu blog. Ou dos meus livros.

    ResponderExcluir
  28. Oi, Lene, refluxo pode ser sintoma de parasitose. Faz tempo que você não trata de vermes? Fica a sugestão. Um abraço!

    ResponderExcluir
  29. Oi Sônia! Vou mostrar esse artigo para minha mãe, pois a moda pegou lá em casa. Eu sempre compro suco de uva integral, mas ela enjoou e veio com o Addes.
    Off Topic: seria ótimo mesmo um artigo sobre colonterapia. Acabo de fazer 8 sessões, com dieta especial e outras orientações para limpeza. A sensação de nos livrar do "velho" é muito boa. Bj!

    ResponderExcluir
  30. simonezanon02/12/2010 14:50

    Sonia querida.... eu quis dizer que muitas mães são orientadas por pediatras e que contam em seu blog isso......me expressei mal.....mais nada a dizer.

    ResponderExcluir
  31. Olá Sonia.

    Andei lendo o Almanaque dos bichos, mas não localizei a parte que fala sobre Blastocystis hominis. Foi o diagnóstico do meu exame. A senhora poderia me dizer do que se trata?

    Muito ogrigada

    ResponderExcluir
  32. Ah, Simone, entendi. Mas é isso mesmo, a maior parte da mídia ganha dinheiro com publicidade e valoriza a indústria de pseudo-alimentos, inimiga inevitável da boa saúde. Um abraço!

    ResponderExcluir
  33. Sobre o Blastocistis: trata-se de um protozoário, ou coisa semelhamnte, não se sabe bem, muito comum nas nossas fezes, sem reputação de causar sintomas. O problema é que, como os laboratórios não procuram amebas, giárdias, lombrigas, tênias e outros bichos, no resultado só aparece o coitado do Blastocistis. E a pessoa fica desconfiada de que os sintomas são culpa dele. Nos Estados Unidos e na Inglaterra já exisem associações em prol do reconhecimento do Blastocistis como nefasto. Já as lombrigas, tênicas, amebas, giárdias e outros bichos podem ficar tranquilos, ninguém os atrapalhará em seu parasitismo crônico maléfico. Tão maléfico que vira câncer.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  34. Obrigada pela resposta Sonia.

    Um abtaço!

    ResponderExcluir
  35. Sonia, acabo de conhecer seu blog e já li alguns de seus livros, estou na menopausa e com aqueles calores, não tão severos mas neste verão do Rio fica bem chato! tenho tomado o Soylait original da Jasmine que é farinha de soja+arroz+aveia...acredito que não deva ser das melhores indicações... sei que tofu, missô e tempê não tem contraindicação o que voce acha? e como substituir o Soylait para amenizar os sintomas?

    ResponderExcluir
  36. Oi, Tibet, o calor no Rio está chato para todo mundo ;-)

    Grande parte da menopausa é a gente que faz. Não conheço essa bebida de soja e não sei se ela de fato ameniza os calores. Sei que a alimentação tem que ser leve, refrescante, com pouco café, chocolate, açúcar, coisas de forno ou panela de pressão, frituras, gorduras, farináceos, laticínios (que têm hormônios) e frango (que também tem e é quente). E com mais ovos caipiras, pepinos, cebolinha-verde, folhas de couve-chinesa e repolho, banhos mornos de água salgada e um programa de relaxamento mental que ajude você a atravessar esse momento.
    Escrevi sobre isso no livro Só para mulheres. Um abraço!

    ResponderExcluir
  37. Sônia: recebi ontem seus livros. Muito agradecido! Estou sem palavras mesmo. É engraçado como o Manual empre esteve presente em tantas coisas em minha vida...

    Estou lendo e depois te conto.
    Um beijo, Bruno

    ResponderExcluir
  38. Oi, Bruno, é uma filosofia muito concreta, né? Acho que soa familiar porque reflete o mundo natural.

    Bom proveito. Beijo.

    ResponderExcluir
  39. Sonia, valeu por responder! já estou com uma indicação de uma homeopata pra receitar os fitohormônios, e vou pegar mais leve nas proteínas e tofu!andei por aí nas matérias do seu blog e sempre é bom aprender e lembrar o que a gente já sabe e não põe em prática!fui macrô muitos anos e dei uma relaxada na última década...bem na véspera da meno! que aliás veio meio cedo demais... enfim, recomendei seu blog pra vários amigos, fica mais fácil de entrar em contato com tantas novas idéias e diferentes do que dizem por aí nesta pseudo ciência meia boca do ocidente!sou sua fã a muitos anos! sucesso por que voce merece! seus livros são de utilidade pública!

    ResponderExcluir
  40. It’s really a nice and helpful piece of information. I’m glad that you shared this helpful info with us. Please keep us informed like this. Thanks for sharing.

    ResponderExcluir
  41. E a amamentação é tão importante e anda tão "esquecida"...

    ResponderExcluir
  42. Gostei da reportagem. Nunca gostei de soja por causa do paladar, e sabendo disso agora então, ela está banida do cardápio!

    ResponderExcluir
  43. Prezada Sônia, gostaria de saber o que você pensa sobre bife de tofu. Li em textos seus que o tofu (embora não seja tão bom quanto missô, tempê, natto), por ser parcialmente fermentado, já é menos nocivo que as formas mais difundidas de produtos à base de soja.

    Outra dúvida é sobre o iogurte de soja, não seria também fermentado? Quais são seus argumentos, sua opinião, sobre o iogurte de soja.

    Sou vegano e embora faça pouquíssimo tempo que tenho lido textos seus, estou comovido e apaixonado por eles. Quanto ao ADES, é algo nefastíssimo, pelo fato de a Unilever realizar pesquisas em animais (falam que no Brasil não, mas isto é o que menos importa), sem falar na porção de aditivos e na produção industrial de extrato de soja. Sem falar que embora não seja transgênico, por enquanto pelo menos, vem de agricultura convencional... o que não é legal do ponto de vista ambiental e social.
    A soja é um dos estágios do desmatamento. Depois, com o solo esgotado e degradado pelos fertilizantes químicos sintéticos e agrotóxicos, plantam pasto para o gado bovino.

    Um fortíssimo abraço. Matheus.

    ResponderExcluir
  44. Oi, Matheus, é o seguinte: não perco meu tempo falando de soja. Nada tenho a acrescentar ao que está em www.correcotia.com/soja e aqui neste post. Um abraço!

    ResponderExcluir
  45. Querida Sonia,
    Posso dizer que hj estudo nutrição por sua "culpa". Quando ainda tinha uns dez anos, peguei seus livros no armário da sala e me encantei da forma como você conseguia falar sobre alimentação, bem estar, política e tantas outras coisas num só texto. Achava aquilo tão fantástico, e decidi que era isso que queria fazer da minha vida. Hoje estou no 8º período de Nutrição na UNIRIO. Por isso, obrigada, por colocar a pulguinha da nutrição na minha orelha!
    E quanto à soja, o que mais preocupa não é só a propaganda das grandes indústrias, porque isto já é esperado. O problema maior é quando pesquisas de incentivo à soja são organizadas nas instituições públicas de ensino, por profissionais que consideram a soja a oitava maravilha do mundo.
    bjos

    ResponderExcluir
  46. Oi, CaCo, fico muito contente por ter contribuído para sua escolha profissional através dos meus livros. O campo da nutrição tem muitas possibilidades. Uma pessoa antenada e diplomada pode revolucionar a vida de muita gente. A mediocrização dos cursos não impede que se pesquise e estude por conta própria, né? Um abraço!

    ResponderExcluir
  47. Sônia!
    Estou chocada com as informações. Sou uma analfabeta alimentar! Uma amiga, numa conversa informal, me disse dos malefícios da soja e depois me mandou o link do seu post.
    Acabei de ler o post e os comentários e ainda não consigo acreditar o que ando fazendo com meu organismo! Minha ginecologista me instruiu a tomar leite de soja devido a uma descamação excessiva no colo do útero. Imagina?!!!!! Bom, preciso mesmo é de ajuda médica. Vc indicaria alguma nutricionista boa em Belo Horizonte. Preciso de alguém que siga sua filosofia alimentar! Obrigada. Vou desbravar mais o seu blog.

    ResponderExcluir
  48. Oi, Marilia, posso indicar aí em BH o terapeuta e acupunturista Geraldo Granja, que pode te dar uma boa orientação geral de saúde. Tel 31 3458-9343. Um abraço!

    ResponderExcluir
  49. Sonia, vc acaba de me deixar numa dúvida cruel pois a ingestão do leite de vaca, após os 7 anos, tb não é saudável e, para mim, mais nocivo do que o de soja, pelo menos aparentemente. Vc me indicaria literaturas a respeito? Obrigada.

    ResponderExcluir
  50. Mas pra que você ou qualquer um que já tenha parado de mamar precisa de leite? Mmmm... Literaturas a respeito de quê? De comer comida? Variada, colorida, saudável, saborosa... Sugiro ver meus livros em www.correcotia.com :-)

    ResponderExcluir
  51. Ola,
    Minha filha de 1 ano e 7 meses tem uma insonia cronica. Ela acorda ha 7 meses todos os os dias as 3 e 30 da madrugada e so volta a dormir as 8 horas da manha.
    O pediatra ja fez todos os exames de provaveis e possiveis doenças e eles nao acusam nada. Levei na homeopata que pediu teste do IGE especifico para leite e deu “moderado”, valores de referencia do laboratorio Pardini. Ela disse que como nenhum exame aponta nada, é preciso considerar uma alergia ou intolerancia ao leite de vaca, ja que o IGE pode dar falso negativo ate is 2 anos. Disse que ela tem 3 caracteristicas da alergia: abdomen dilatado, carocinhos ao redor do anus + assaduras constantes e a insonia, sempre na mesma hora, como se houvesse um refluxo ou uma fermentaçao. Por isso pediu a substituicao para o leite de soja.
    Fiz essa transicao no dia 7 de agosto e foi bem tranquila, minha filha se adptou bem ao leite. No caso estou dando o Ades + calcio. Depois se confirmada a alergia daqui a tres semanas eu iria mudar para o em po. Mas depois de ler tudo isso em relaçao a soja estou apavorada. Minha ideia é deixa-la com o leite de soja essas tres semanas, para que se confirme ou nao a alergia/intolerancia. E depois desse processo, se confirmado, tirar todo o leite dela, nem soja, nem vaca, nem boi!!!! Rsrs. E dai ver com o pediatra pra entar com um suplemento de calcio. A questao é: essas tres semanas da minha filha ingerindo 1 litro de leite de soja por dia, causará danos graves a ela?
    Porque retirando o leite de vaca e substituindo por soja é a unica maneira de saber se ela é alergica ou nao.

    ResponderExcluir
  52. Oi, Carla, não acredito que 3 semanas de leite de soja possam fazer muito mal a sua filha, desde que o restante da alimentação seja ok. A questão é analisar se ela precisa mesmo de algum leite, uma vez que já tem dentes e pode obter o cálcio normalmente da comida, especialmente das folhas verde-escuras refogadinhas. Além disso, existem outros leites vegetais mais saudáveis, como leite de coco, leite de amêndoas...

    Reações ditas alérgicas podem aparecer quando há infestação por vermes, que também provocam alterações no sono. Ela já tomou vermífugos? Um abraço!

    ResponderExcluir
  53. Dra,
    Ela nao tomou vermifugo ainda, mas dentro os exames, fez o fezes de 3 amostras que deu negativo. Esse exame nao é suficiente para detectar os vermes?

    ResponderExcluir
  54. Carla, não sou dra. Sou jornalista e escritora, só passo a informação. Existe uma tradição humana, animal, de ter vermes e protozoários atrapalhando a saúde – pero no mucho.

    Quando a criança ou adulto começa a sentir alguns sintomas repetidos, que você pode conhecer em http://correcotia.com/vermes/sintomas.htm , é obrigatório encontrar vermes ou tratar no atacado, com um vermífugo polivalente.

    Aí em cima, no blog, tem uma caixinha de busca. Digite vermes nela pra ver quanto bicho sai... Um abraço!

    ResponderExcluir
  55. Bom...como vegetariana que sou há muitos anos...confesso que fiquei um pouco deprimida sobre tanta má vontade com a soja e seus derivados...assim como outras leguminosas. Falando em ácido fítico, lembrei-me igualmente dos cereais integrais que também têm (mas que eu evito colocando de molho previamente).Quase parece uma publicidade velada ao consumo de produtos animais (os quais por sua vez também estão são dos principais causadores de taxas elevadas de mau colesterol e vêm carregados de hormonas e antibióticos). É pena que a ganância humana nos deixe encurralados em dúvidas no meio de tanta mentira. A internet é um veículo demasiado perigoso e muitas vezes desinformativo. Conheço muita gente de provecta idade vegetariana por opção e princípio que sempre consumiu soja em todas a suas versões sem qualquer problema. Mais uma vez o segredo é o equilíbrio e a variedade na alimentação.
    Soja (em todas as suas formas e subprodutos desde que não provenientes de OGM), seitan, quorn,proteína de tremoço, queijo, ovos, amêndoas, nozes,avelãs, nozes de macadâmia, sementes (sésamo, linhaça, girassol, abóbora, chia, papoila), levedura de cerveja, farinhas integrais, kamut, quinoa, legumes, leguminosas, frutas, etc etc etc...meu Deus no nosso mundo ninguém deveria morrer de fome!

    ResponderExcluir
  56. Quanta baboseira... A internet é um espaço onde qualquer escreve o que quer a respeito de qualquer coisa.

    Me poupe...

    Rodrigo

    ResponderExcluir
  57. Sim, na internet tem de tudo, como na vida. Inclusive espaço para quem não tem nada a dizer mas escreve assim mesmo. Não é ótimo?

    ResponderExcluir
  58. Sua abordagem é tão grosseira com o publico do blog, mesmo com quem não te disse nada ofensivo, que só podemos pensar que está faltando algum ingrediente relacionado ao bom humor na sua dieta. Repense! =)

    ResponderExcluir
  59. Não entendi, não sei se isso foi para mim, mas a carapuça não serviu...

    ResponderExcluir
  60. Sônia,

    Vi esta matéria no site do INCA sobre isoflavonas da soja

    http://www.inca.gov.br/conteudo_view.asp?id=673

    O que você acha?

    ResponderExcluir
  61. Sra. Sonia,
    Achei lamentáveis as suas asseverações em relação á Soja!
    A despeito da sua boa intenção, esta faltando muita informação e conhecimento na sua infeliz colocação. Especialmente em relação à frase:
    “bebês alimentados exclusivamente com leite de soja (800 ml a 1 litro por dia) recebem megadose de fitoestrógenos, cuja concentração chega a ser de 13000 a 22000 vezes maior que o normal e corresponde a 5 pílulas anticoncepcionais por dia - o que pode estar diretamente implicado no desenvolvimento sexual precoce das meninas e tardio dos meninos”
    Lamentável essa afirmação! Em primeiro lugar não existe soja que contenha essa quantidade de isoflavonas, em segundo lugar a quantidade de isoflavonas no leite é muito baixa, treze vezes menos que no grão integral (entre 100 a 200 mg/100gramas). Para se ter uma ideia, é aconselhado a ingestão, entre 30 a 50 mg/pessoa dia, para se ter os efeitos dos hormônios sintéticos necessários para reduzir os sintomas da menopausa, redução do câncer de mama, redução do colesterol, etc. Estudos científicos mostraram que os povos orientais consomem quantidades de soja equivalentes ao consumo do feijão dos brasileiros (entre 50 a 60 gramas/pessoa/dia) o que resulta em grandes benefícios para a saúde, especialmente das mulheres. Ainda mais, a soja é a maior fonte de proteína e calorias de qualidade e baratas, além de outros micronutrientes (vitaminas e minerais) e substancias funcionais necessários para satisfazer as nossas necessidades (crescimento, manutenção do tecidos, energia, etc). Os japoneses não iriam ingerir um veneno tão letal!!!. Aliás, eles consomem a soja faz mais de 3.000 anos e estão cada vez mais inteligentes e saudáveis!! Os americanos e europeus estão imitando os povos orientais pelos resultados observados em termos de saúde e custos baixos. De qualquer forma, caso à senhora esteja certa, gostaria comprar esse tipo de leite que contem tanto fitoestrogênio. Poderíamos vender como anticoncepcionais, pois as mulheres poderiam tomar somente 200 mililitros (um copo) desse leite por dia e evitar a gravidez...
    Outro negócio interessante seria fazer a extração dos fitoestrogênios desse "leite maravilhoso" concentrar e vender em capsulas...
    Caso discorde das minhas colocações, por favor, me envie as suas fontes, referências, artigos científicos, etc., para poder revisar meus conceitos, conhecimentos, estudos, etc. (livros comerciais não são fontes seguras! Nem confiáveis).
    Para finalizar, acredito que a senhora seja uma pessoa muito bem intencionada (o que não é suficiente para emitir essa opinião sobre a soja), entretanto, o problema é que sendo uma formadora de opinião, deveria ser mais criteriosa e responsável, antes de emitir opiniões que não são da sua alçada, pois os efeitos nos seus seguidores pode ser muito prejudicial!
    Uma coisa é saber falar ou escrever e outra é ter os conhecimentos especializados. De qualquer forma acredito que sendo uma pessoa séria e responsável, poderá se retratar e pedir desculpas ao seu público leitor, ou caso esteja certa mostrar as evidências das suas afirmações.
    Fico a disposição.
    Franz

    ResponderExcluir
  62. Sr Franz, não estou aqui para polêmicas. Minhas fontes estão publicadas em meus livros, que se encontram nas melhores livrarias, e também nas páginas de soja. Boa noite.

    ResponderExcluir
  63. Boa noite.

    Li há uns tempos uma entrevista sua em que fala da soja como se fosse o maior veneno deste mundo.
    Nesse momento, mesmo sendo uma pessoa que pesquisa e investiga todas as fontes possiveis, realmente pensei que a senhora pudesse ter razão. Agora, um ano e centenas de artigos depois, voltei a encontrar, por acaso, a sua entrevista.
    Ciência e bioquímica há parte, houve um pequeno pormenor que, para mim, acabou com a sua credibilidade relativamente a este assunto.
    A senhora refere que os asiáticos praticamente não consomem soja em forma de grão ou tofu, quando, basta pesquisar um pouco, se lê em todo o lado exactamente o contrário.

    Os melhores cumprimentos e continuação de um bom trabalho.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ou pergunta, se quiser, mas saiba que no momento é improvável eu responder, devido a mil coisas, cursos & viagens. Também vem novidade web aí. Agradeço. Abraços, Sonia

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.