sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Almanaque do banheiro: Sinusite? Tchau tchau!



Há alguns anos fui apresentada ao neti pot, ou lota, daqui em diante Nasalpote, e fiquei inteiramente viciada. Passei a presentear os amigos com os neti de plástico reciclado, feitos  no mosteiro Vivekananda, que vinham da India em caixas de 50. A caixa viajava embrulhada em paninho de algodão costurado e fechado com lacre vermelho, eu me sentia no século retrasado.

Mas o melhor de tudo  era mesmo o objeto que vinha dentro. Parecia um regador pequeno. Para que? Lavar o nariz, ora essa.

Água filtrada morninha, uma colherinha (café cheia) de sal e a primeira pia é minha: para debruçar, virar a cabeça de lado, encaixar o bico e passar ao ato.

Água na temperatura corporal entrando e abrindo poros, amolecendo melecas, o sal desinfetando, acabando com bactérias, vírus, fungos, larvas marvadas e outros resíduos do mal alojados no nariz e nos sínus. Entrando por uma narina, saindo pela outra. Começo de gripe? Tchau. Sinusite? Nunca mais. Rinite? Haha. Vírus? Hahahahaha...

Todo mundo gostou. Um amigo adotou como guarnição de pizza: comer queijo = lavar o nariz depois. Sério. A maioria das pessoas faz muco espesso e muito nutritivo (para micróbios) depois de consumir leite e derivados.

Mas agora o regador de nariz é fabricado no Brasil. Adeus caixas da India, viva Santa Catarina! Custa menos de 20 reais a unidade, com descontos progressivos conforme a quantidade. O bom é comprar logo 50 e sair dividindo com a família e os amigos. Natal? Nasalpote. Nenhum outro presente vai trazer tantos benefícios por tão pouco. Olhem lá: nasalpote.com.br .

92 comentários:

estelaalb disse...

oi Sônia, meu marido acabou de comprar um de cerâmica, super bonitinho, num a loja aqui em Campinas. É deste site: www.lota.com.br

Bia disse...

Tem presente melhor do que esse para o Natal, sim. A coleção completa da Sônia Hirsch.
hihihihih
Beijos e Bom final de semana!!!

Silvia - BH disse...

Desde que publicou o "Deixa Sair" adotei o hábito de limpar o nariz. Uma professora japonesa reforçou o hábito ao comentar que também o fazia para tratar a sinusite. Ou lavava o nariz ou cirurgia, ela preferiu usar a "pêra" de borracha. Pois vou já adquirir e presentear algumas pessoas com o lôta, deve ser ainda melhor do que usar apenas as mãos.

Nai Romero disse...

Sônia, há muito havia encontrado um artigo sobre esse utensílio, foi quando estava lendo o blog de uma colega também participante da comunidade de coletores menstruais, fiquei toda feliz porque iria aprensentá-lo ao meu namorado - quando ataca a sinusite, ele fica lastimável... Mas imagina, de cara alegre passei para cara de boa, ele veio me dizer que para ele não serviria, porque tem o septo perfurado em algum ponto. Ai ai, então tá, né.

Falando nisso, você conhece os coletores menstruais (tradução brasileira para "menstrual cup")? São ótimo, adotei há alguns meses e não vivo mais sem; no último ciclo antes de comprá-lo, sentei na cama chorando e dizendo que não menstruaria mais até tê-lo - os absorventes descartáveis me faziam muito mal.

Bom, agora indo ao assunto pelo qual vim até aqui... Imagino que você conheça a Neide Rigo, que tem um blog cheio de receitas maravilhosas e de coisas "esquisitas". heheh
Então, hoje passei por lá e achei uma receitinha de cosmético (a primeira que vejo) que me lembrou de você: http://come-se.blogspot.com/2009/11/quase-de-comer-azeite-de-oliva-agua-de.html

Até.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Nai, não conheço pessoalmente os coletores menstruais, só de ouvir falar. Como faz para comprar? E que comunidade é essa?

Adoro o blog da Neide Rigo, é muito bom mesmo. E que disposição ela tem para estar na cozinha!

Para a sinusite do seu namorado, duas dicas: reduzir ao máximo ou eliminar leite e laticínios e fazer a lavagem com água morna e sal assim mesmo, porque sempre adianta alguma coisa. Mais uma: chá de raiz de alcaçuz, que dissolve os mucos mais encorpados. Abração!

Nai Romero disse...

Sônia, a comidade no orkut é esta: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=64856357

Lá você vai encontrar um tópico com uma variedade bem grande de marcas e modelos (leia-se: transparentes, coloridos, de silicone, de latex, com o cabinho em forma de haste ou de bolinha... etc).

O meu, que é da marca Green Donna, comprei pelo site do Guia Vegano, achei mais fácil por já estar no Brasil e não correr o risco de taxas - é uma ótima opção também para quem não tem cartão internacional; muita gente compra pelo Ebay ou mesmo no próprio site da marca escolhia, a maioria entrega em todos os países.

Obrigada pelas dicas, repassarei pare ele.

Até =}

Anônimo disse...

Já comprei um lota também!
Obrigada pela dica!

Satyam Espaço de Yoga - Juliana Nader (Sutra) disse...

Olá Sonia,
Essa é uma técnica de purificação do Yoga excelente para eliminar o moco (vamos deixar sair) e poluição das fosas nasais. Além de ajudar a controlar algumas enfermidades como sinusite, asma, resfriado, bronquites, etc. Após essa técnicas respiramos aliviados. Mas importante é após deixar as narinas BEM SECAS retirando todo a água !!!
Gosto muito dos seus livros e agora que descobri o Blog ... adorei !!!
Um grande abraço.
Juliana - Sutra

Sonia Hirsch disse...

Oi, Juliana, bem-vinda! O blog é mais animado, né? Adoro esse interação com os leitores. Obrigada pela dica, um abração!

angela disse...

Olá, adorei o seu blog, suas abordagens são preciosas!
A lota é tudo o que estou precisando, tomei conhecimento em um material sobre yoga.
Estou com sinusite mas vou tratar por método natural. Como lácteo muito excepcionalmente e em alguma preparação muito especial, em poucas horas tenho secreção e cheiro intenso nas vias aéreas, intestino em revolução, dentre outros sintomas.
abraço

Sonia Hirsch disse...

Oi, Angela, bem-vinda e volte sempre! ;-) Abração!

Silvia - BH disse...

Boa dica a da Julina - cuidar de secar bem após o uso. O meu chegou há dois dias e gostei imenso! (Comprei maior quantidade mas não sei se meu público vai ficar tão entusiasmado como eu.)

Silvia - BH disse...

Ops, cuidar de secar bem as narinas.

Sonia Hirsch disse...

Como assim, secar as narinas? Por dentro?

Silvia - BH disse...

Sonia,

Eu omiti algo importante: usei no chuveiro à noite e não assoprei. Dai senti um desconforto.

Poderia ter também enxugado com lenço de papel, assoando o nariz de modo suave.

Veja a orientação que recebi:


"Ou você usou água fria demais, quente demais ou talvez seja alérgica ao sal iodado (sal de cozinha). Tente com sal isento de iodo ou sem anti-aglomerantes ou soro fisiológico. Se preferir, tampone a solução com bicarbonato de sódio, isto vai tornar a limpeza agradável.

Baixe o tronco e a cabeça altura e sopre o nariz para os dois lados suavemente. Depois levante e sopre conforme inidicado no Guia das soluções. Sempre após o uso, assopre 10X as duas narinas, 10X a narina esquerda fechando a direita, 10X a narina direita fechando a esquerda e por fim 10X as duas narinas novamente. Caso ainda sinta abafamento abaixe o corpo com a cabeça para esquerda e para direita, e assopre suavemente para os dois lados. Depois levante e repita o processo.
Esses sintomas normalmente desaparecem após o uso constante. "

Sonia Hirsch disse...

Ah sim, assoar bem para limpar o nariz! Claro, é ótimo, mesmo que não seja com tanto método, né? :-)

sylribeiro disse...

Oi, SOnia, Silvia...tambem tive os mesmos problemas com o uso do lota ou nasalpote no inicio, e recebi as mesmas orientações. Definitivamente eu errava tanto na medida como na temperatura.
Desanimei de usar e coloquei de lado.

Foi quando minha médica homeopata me deu uma dica: usar soro fisiologico que já vem na medida certinha. deixar beeem morninho e colocar umas gotinhas de oleo de gergelim, para ajudar a escorrer "macio", rs.

funcionou tão bem para mim, que tenho feito quase diariamente, e sumiu toda sensação de pressão e desconforto.
a outra dica é não assoprar com força, e abaixar a cabeça até os joelhos e ficar assim um pouco.
durante um tempo a gente fica escorrendo, e vai secando.
depois do uso constante, diminui a secreção e cada dia fica mais fácil a limpeza.

acho que essa dica é bacana, porisso engrosso aqui a lista dos comentarios.
abraços!!!!

Sonia Hirsch disse...

Oi, Syl, o soro é ótimo, sem dúvida, mas o lota faz uma limpeza incomparável pelo volume e pela pressão da água. Nunca tive problemas com ele e uso há muitos anos, mas também nunca usei no chuveiro. Uso na pia. Simplesmente debruço, viro a cabeça de lado e aplico o nasalpote ou lota até a metade, água morninha salgada, aí mudo de lado e aplico a outra metade, depois assôo (?) na pia mesmo. (Ainda tem acento?)

O soro, como você aplica? Beijo!

sylribeiro disse...

Oi, Sonia eu faço exatamente como voce faz, só que uso o soro fisiologico ao inves de eu mesma dosar a agua.

Antes disso sentia uma pressão enorme na testa, nos ouvidos, e nao consegui descobrir o que era, o moço do nasal pote foi otimo comigo, eles são muito legais.
mas percebi que a medida sugerida daquela colher para mim era muito forte.

A concentração de sal do soro fisiologico se ajustou de um jeito muito bom!

Eu uso uma medida do nasalpote para as duas narinas, metade X metade.

Dentro do nasalpote eu coloco o soro fisiologico morninho, e pingo gotas de oleo de gergelim, na verdade encontrei uma medida para mim que foi boa, 01 colherinha das de café.

Dai procedo a lavagem na pia, muito prazeirosamente e rapidamente tudo começa escorrer pelas narinas, sem precisar fazer esforço no assoar.

Depois para terminar eu abaixo a cabeça até os joelhos, sempre com o lencinho na mão, e dali escorre quase tudo.

Terminado isso, faço minhas atividades normais, e durante um tempo, ainda escorre o nariz, e eu vou secando naturalmente.

O uso desse nasalpote foi a salvação para mim, desde que li essa sua matéria, foi onde percebi intimamente uma ligaçao entre respirar bem com o intestino, tenho um leve desvio na narina direita e nao sabia que nao respirava bem, ate usar esse sistema.

não consigo mais ficar sem.
e sigo sempre sua dica, quando abuso, ou como um queijo a mais, uso faço a limpeza para não acumular muco.
tem sido fantastico.

a gente sabe que cada um funciona de um jeito, e a minha médica me disse que o oleo de gergelim ajuda na maioria dos casos.

sou muito agradecida, abraços!!!!

Sonia Hirsch disse...

Aaah, entendi. Bom, também acho estupidamente salgada a receita do fabricante, uso menos, o mesmo que usava antes: 1 colher/chá de sal marinho. Gostei muito da dica do óleo de gergelim, Syl. Ele é bom para pingar nos nolhos também, sabia? Sua médica deve ser boa.

Será que deveríamos fazer um post sobre bons médicos aqui no blog e dar os telefones? Já tenho esse desejo há algum tempo... Beijos!

sylribeiro disse...

nossa que interessante pingar nos olhos!
não sabia não, a medica comentou sobre o uso do ghee nos olhos e achei muito legal, ficamos de falar sobre isso na proxima consulta.

sonia acho incrivel fazer uma materia de bons medicos e bons profissionais pelo brasil afora, meu mestre, que vive em brasilia, esta procurando um bom profissional para levar a sua esposa, e estamos suando a camisa para encontrar alguem!

foi quando me lembrei que a suzana gygo se mudou para lá! sera que vc tem os novos contatos dela?

outro dia a minha medica tambem estava atrás de um bom profissional em madri, para indicar para um paciente dela que se mudou, se alguem como vc juntar todas essas indicações, muita gente vai poder aproveitar bem!
acho otimo! tem tanta gente boa por aí.
beijos!

Sonia Hirsch disse...

Oi, Syl, o telefone da Susana Gigo Ayres é 61 8628-1231.

E vamos pensando num jeito de fazer esse diretório de bons profis :-)

sylribeiro disse...

Sonia, muito obrigado! Já passei para ele o contato!

O que vc precisar daqui de Sao Paulo conte comigo, conheço pessoas aqui que se tratam com outras pessoas bacanas em diversas áreas.

Eu pessoalmente me trato com essa médica há 15 anos, é a minha referencia de bom profissional.
E a Celia Mara de boa nutricionista.
Passei por outros profissionais otimos que tambem posso recomendar, mas com a dra. Maisa Misiara, lancei a ancora, adoro ela e tudo que ela faz.

Se vc quiser posso pedir aos meus amigos suas referencias e te mandar.
Se vc os conhecer ou quiser mais info, é so me avisar que com o maior prazer estou `as ordens para o que for necessário!
Valeu!!!!!

José Anchieta Carvalho Jr disse...

Bom dia a todos, gostaria de compartilhar esse produto que achei na internet:

http://www.aviva.ca/shop/products.asp?itemid=2467&catid=192

Não comprei ainda, estou procurando algum site para importar do Canada...

Eu achei esse mais higiênico..
Veja o video
http://www.youtube.com/watch?v=88RUnc8AQFc

Sonia Hirsch disse...

Oi, José, não entendi. Por que é mais higiênico? Limpa melhor? Um abraço!

Juliana disse...

gente,
tenho 33 anos e desde os 8 faço tratamentos para rinite: injeções, vacinas, anti histamínicos, extração de amigdalas, homeopatia, antroposofia (injeção nas costas doloridíssima)... até que minha professora de yoga me apresentou ao neti. fiz diariamente durante 40 dias (com soro morno + sal marinho). e continuo fazendo de vez em quando. não tenho mais rinite. eu, que já tinha ouvido mil vezes "isso que você tem não tem cura", eu que sofri minha adolescência inteira com nariz escorrengo, dente torto, roncos... não tenho mais nariz vermelho. coisa maravilhosa, tratamento fácil, barato e revolucionário.

Talita disse...

Sonia querida,
meu nasalpote chegou hoje. Estou em dúvida quanto à questão de utilizar sal marinho. Por que é melhor?
Um beijo,
Talita

Sonia Hirsch disse...

Oi, Talita, presume-se que é melhor por ser mais natural. Um abraço!

Bárbara disse...

Sonia

Tenho uma sinusite crônica, há mais de 15 anos, que só começou a dar crise de 2 anos para cá. Mas sinto sempre meio tampado, e rinite tb (e adenóides...rss) Os médicos me falam ou micro-cirurgia para fazer uma raspagem ou em toneladas de antibióticos. Teria alguma coisa natural que eu pudesse adicionar à água com sal que fizesse uma limpeza mais "faxina pesada" do que já está ali cristalizado, e me livrasse da raspagem/antibióticos?

Obrigada,
Bárbara

Sonia Hirsch disse...

Oi, Bárbara, água morna e sal são um remédio poderoso, não faça pouco caso. Mas se quiser incrementar, pode juntar uma gota de óleo de copaíba - e massagear com ele o rosto nos lugares onde os sínus estão inflamados. Um abraço!

Bárbara disse...

Vou tentar então. De repente até faço um dia só água e sal, outro com o óleo de copaíba.

Muito obrigada pela resposta!

Deborah P. disse...

Fui ver o site, e não achei o preço e formas de pagamento. Escrevo para eles, perguntando isso, não informam e me passam para uma outra página... que não entendo por que já não estava no site deles. Ficou parecendo coisa de gente com preconceito com dinheiro, mercado ou o que seja. Assim fica difícil ir pra frente.

Resolvi pesquisar na net se havia outras opções, e acabei achando esta, BEM MELHOR. O pote é de louça, o que é muito mais higiênico que o plástico (eu tinha ficado pensando como limpar direito aquelas curvinhas do nasalpote...) , todas as informações necessárias já estão no site... e de quebra é mais barato. (E as informações de uso me soam mais responsáveis. Por ex., fala para não água mineral, e não clorada.) Talvez seja o próprio indiano, que a loja importa em grande quantidade.

O link:
http://loja.tray.com.br/loja/produto-34139-1239-yoga_caneca_para_limpeza_das_vias_nasais_jalaneti

E o mesmo produto, no Mercado Livre, por 15 reais + frete:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-168045169-caneca-para-limpeza-das-vias-nasais-jala-neti-_JM

Sonia Hirsch disse...

Oi, Débora, obrigada pelas dicas. Mas o Nasalpote é ótimo, pra mim muito melhor que o neti pot de cerâmica ou louça. É leve, não quebra, é fácil de lavar e isso também não me preocupa muito porque o muco não entra nele, e além do mais há o sal para acabar com qualquer microbinho que se aventure. O plástico é de ótima qualidade, o formato facilita muito a entrada da água e o pessoal que fabrica o faz com sinceridade, procurando ajudar as pessoas.


Agora, a página, você tem razão: frustra totalmente quem quer comprar. Peninha. Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Sonia

Gostaria de saber se realmente funciona?
Tenho sinusite a anos!!

Obrigado!!
Jose

Sonia Hirsch disse...

José, voce leu o post? Tem certeza? Um abraço!

Anônimo disse...

Olá,

Alguém já teve resultados satisfatórios com o uso do nasalpote ou jala neti no tratamento de rinite? Sofro desse mal há anos, tentei todos os tipos de tratamento possíveis, se resultado.

O uso de gotas de limão realmente tem efeito sobre a rinite? Alguém melhorou com o seu uso?

Achei interessante a sugestão de uso de soro fisiológico, mas sendo que se usa em média 500ml por aplicação, e o ideal é fazer uma por dia, não sairia muito caro?

Paulo de Tarso Duarte disse...

Alguém sabe aonde comprar este azul, Nasalpote, aqui no Rio de Janeiro, cidade?

Obrigado

Menina Veneno disse...

Olá pra tod@s! Sei que estou bastante "atrasada", mas se alguém resolver passar por aqui e se deparar com meu comentário e quiser me ajudar, agradeço antecipadamente. Estou interessada no nasalpote (sofro demais com rinite e sinusite) e se alguém souber de um site confiável pra eu comprar... Entrei no do próprio produto, mas não achei como comprar lá... Se alguém souber de alguma loja física em goiânia ou uberlândia tbm vale rs...
bjoks! =*

Sonia Hirsch disse...

Oi, Menina, achei em http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-190671697-nasalpote-_JM . Um abraço!

Sonia Hirsch disse...

Contato com o fabricante: nasalpote@nasalpote.com.br

Silvia - BH disse...

Curioso como as pessoas não lêem nem o texto principal nem os comentários e imediatemente - devem ter lido apenas o título, fazem perguntas!

...

Gostaria de mencionar que se o nasalpote pode ser limpo com hipoclorito de sódio(água sanitária) que desinfeta. Lavar inicialmente com sabão, enxaguar, encher de água e colocar uma meio colher de sobremesa, deixar por vinte minutos, e novamente, enxaguar bem para elimnar o cloro. Mas isto, penso, seria só no caso de uma infecção intensa em que se quisesse garantir a higienização do mesmo. Ele não entra em contato com secreção senão pelo bico e a própria água salgada já é ambiente hostil para bactérias.

Uma amiga fez um saquinho charmoso onde o guarda pendurado e o sal fica num potinho na gaveta do banheiro.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Silvia, no mínimo curioso... ;-)

Eu não ponho nada no nasalpote que não seja água e sal. O sal garante qualquer higienização, como você mesma disse, praticamente desnecessária, porque só a ponta do bico entra em contato com a entrada da narina e o que está lá não é o problema.

Agora, é fundamental a água da lavagem ser filtrada e morninha, né? Conheço gente que faz com água fria e piora muito. Mas não adianta falar...

Beijão, Silvia - BH, bem-vinda!

Eduardo Reche disse...

Olá, Sonia,

Vc conhece alguém que já teve uma experiência positiva com o nasalpote ou jala no tratamento de rinite alérgica? Alguns sites indicam o uso de duas gotas de limão como complemento à solução, para o caso de rinite. Será que funciona mesmo ou é melhor usar somente água e sal?

Obrigado!

Sonia Hirsch disse...

Oi, Eduardo, mas você já retirou o leite e seus derivados da rotina? Que eu saiba, a dita "rinite alérgica" não passa de uma reação a esses alimentos. Tenho um livro chamado Atchhiiim! que destrincha isso. O nasalpote, com sal e água morna, limpa e desinfeta, mas se houver laticínios na parada o muco se forma novamente. E não adianta limão, reza, copaíba... Um abraço!

Eduardo disse...

Oi, Sonia,

Eu não costumo tomar leite. Ultimamente tenho comido mais queijo, porque a minha esposa adora, mas a minha rinite não sofreu, aparentemente, melhora ou piora por causa disso.

Mas acabo consumindo leite indiretamente porque sou um chocólatra confesso. Um médico tibetano me recomendou reduzir o consumo de chocolate, justamente porque aumentaria o muco, mas tive (e ainda tenho) muita dificuldade nisso!

Obrigado pela dica! Vou usar o lota e tentar reduzir o consumo de derivados do leite. Um abraço!

Geisa Mariana disse...

Genteee!!
To boba, e vou atras amanha mesmo do meu nasalpote! Sou de Florianopolis, alguem sabe onde tem?? TO sofrendo desde junho com sinusite cronica, ja tomei antibioticos 2 x nesse meio tempo e não quero mais recorrer a esse meio. Minha imunidade ta no chao e preciso urgente tomar uma atitude.
Obrigada a todos que colaboraram com perguntas ou sugestoes, em especial a Sonia que sempre tem uma sugestão pra gente.
Bjss

Geisa

Maria Fernanda disse...

Olá pessoal,

Descobri um novo neti pot que estão vendendo no Brasil!!! Chama Narin e esse é o site: www.narin.com.br.

Tem até videozinho mostrando como faz...

Sonia Hirsch disse...

Mas Narin é o nome perfeito! Que ótimo, MaFê, adorei. Beijo

Anônimo disse...

Simplesmente amei o site. Parabéns!
Encontrei o nasalpote para venda no site: http://nasalpote.blogspot.com/

Paula disse...

Olá, sônia, me chamo Paula sou de Salvador-Ba, estou com a sinusite a tacada a mais de 4 anos, só indo ao médico, e fazendo tratamentos que não resolveram nada, resolvi tratá-la da maldita por mim mesma, pesquisando a respeito e aceitando sugestões de que realmente passou ou passa por isso, comprei o nasalpote a mais de um mês e venho usando frequentemente, duas vezes ao dia, é quando posso, pela manhã e pela noite, mas não sai nenhuma sujeira, quer dizer, saiu bem pouquinho mesmo, quase nada, do tamanho de uma formiga, e não é porque minha sinusite não está braba, porque está, pois durante esses quatro anos, minha respiração e principalmente meu hálito está terrível, tenho um desvio no septo nasal no lado direito, isso poderia estar dificultando a saída da sujeira? To querendo usar o xarope de agrião, cebola roxa e açúcar mascavo, li que acaba com a sinusite em 30 dias, e agora estou querendo reforçar com o chá de raíz de alcaçuz, o qual a senhora receitou aqui no seu blog... Mas tenho mesmo é dúvidas sobre o nasalpote, preciso saber o motivo dele não está funcionando comigo, não acredito que seja a temperatura ou a quantidade de sal e o bicarbonato de sódio, pois não irrita minhas narinas... Não sei se pode responder no meu email, mas vou deixar aqui, caso possa, senão vejo a resposta aqui mesmo. Desde já agradeço a atenção. SEgue meu ID: paula_carvalho@rocketmail.com.

Ass: Paula.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Paula, sem dúvida o desvio do septo proporciona mais um local para acúmulo de muco que, ao secar, forma uma crosta difícil de remover, que cheira mal.

No seu caso acho que seria muito útil o chá de raiz-de-lótus, que você deve encontrar em lojas japonesas ou de produtos naturais ou em restaurantes macrobióticos. Toma-se o chá como único líquido, ao logo do dia, durante várias semanas, e aplica-se a raiz fresca ralada na região dos sínus(laterais do nariz e em torno dos ólhos), como máscara.

Se não encontrar a raiz fresca, o óleo de copaíba, aplicado e massageado na mesma região, também ajuda. Pode acrescentar gotas de óleo de copaíba na água morninha do nasalpote.

Acho boa a ideia do xarope. A cebola ajuda a dissolver o muco. O alcaçuz é muito bom mas eleva um pouco a pressão quando usado direto. Guaco também é bom.

Inalações de vapor ajudam a amolecer a crosta. Quando eu não conhecia nada disso, dissolvia esse muco grudado debaixo do chuveiro quente - ficava nele até o nariz começar a escorrer.
Boa sorte, um abraço!

Paula disse...

Oi Sonia, muito obrigada pela resposta e rápida hein?! Verei o chá de raíz-de-lotus + o óleo de copaíba. Mais uma vez, grata.

Duma disse...

Olá Sônia, também uso o Nasalpote a tempos, ele é realmente ótimo para narizes alérgicos, principalmente quando tenho que enfrentar a poluição da cidade. Não há nada que se compare para a limpeza da rinite e sinusite alérgica.

Vendo outros comentários de riníticos gostaria de adicionar aqui meu relato pessoal: Sofri com uma rinite alérgica por 3 décadas -- durante as quais era usuária compulsiva de anti-histamínicos, cortisona injetável e outros -- também sofria de bronquite alérgica, gripes e resfriados constantes e estava sempre doente, com péssima imunidade. Descobri ano passado, após fazer uma dieta de exclusão por alguns meses, que todos os meus sintomas eram causados pelo TRIGO, mais precisamente pelo seu GLÚTEN! Algo que eu comia todos os dias, e estava me matando. Nenhum dos muitos médicos e alergistas com os quais me consultei jamais descobriu isso. Agora que evito ao máximo o glúten (apesar de contaminações ocasionais serem inevitáveis quando se come na rua) estou a quase um ano sem os terríveis sintomas alérgicos, que melhoraram uns 80%, e nunca mais fiquei doente! Pela primeira vez na vida minha saúde melhorou.

Meu conselho aos que também sofrem de alergias respiratórias e já tentaram de quase tudo, é investigar sua alimentação. Retirar da dieta todos os alérgenos mais comuns (busquem uma lista no Google), e depois de uns 2 meses se houver melhora tentem reintroduzi-los um a um por semana para encontrar o alérgeno. É difícil e dá trabalho SIM, mas vale muito a pena!!

Paulo Paiva disse...

Compramos o Narin que acabou de chegar...e vi que nas recomendações do fabricante que as pessoas hipertensas, que é o meu caso, devem consultar o médico antes. Fiquei meio frustado que minha próxima consulta será no final de junho. Apesar de tomar remédios e ter uma alimentação controlada há anos, vou consultá-la.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Paulo, também para mim foi uma surpresa essa recomendação. Será que os fabricantes acham que a mucosa pode absorver sal e elevar a pressão? Hmm... A conferir. Mas também vale usar o regador de nariz somente com água morna e duas gotas de óleo de copaíba, por exemplo. Ou bicarbonato de sódio. Não desanime! Um abraço!

Paulo Paiva disse...

Tô desanimado não
já providenciei o óleo e vou começar hoje mesmo...e o muco derreteu....santo chá...obrigado pelo Blog e pela dica. Beijo.

Sonia Hirsch disse...

:-)

Janine disse...

oi Sonia, como o Paulo disse, há recomendações do fabricante contra o uso de sal para hipertensos; assim, seguindo sua sugestão, hoje cedo tentamos fazer a lavagem do nariz com óleo de copaíba. Tanto eu quanto ele tivemos a mesma reação: ao colocar o narin com água morna e 1 gota de óleo de copaíba na narina, sentímos uma pontada muito forte na parte de trás da cabeça, ardência nos olhos e, no meu caso, a raíz dos dentes direitos também doeu (eu estava fazendo na narina direita). Outra coisa que aconteceu foi que a água não fluiu pela narina. Tenho feito a lavagem com sal marinho e a água costuma fluir bem, ao contrário do que aconteceu com o óleo de copaíba. Não sei se essa reação que sentimos foi normal ou se até é uma coisa benéfica, mas resolvemos não prosseguir com a lavagem. Você sabe mais alguma coisa sobre esse desconforto? Alguém já relatou algo parecido?
De qualquer forma, eu não tenho problemas de pressão (só o Paulo) e tenho feito a lavagem diariamente com sal; combinada com o uso do chá para derreter muco, tenho sentido um efeito maravilhoso na respiração, parece que minha capacidade pulmonar até aumentou. Obrigada por todas as dicas maravilhosas que nos ajudam a viver melhor e mais saudáveis.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Janine, o óleo de copaíba tem sido uma experiência nova e gratificante para mim, mas estou tomando duas gotas com o chá quente; repassei a receita da lavagem do nariz porque várias pessoas relataram os benefícios.

Entretando, tive essas pontadas desagradáveis no alto da cabeça quando experimentei uma colherada do xarope de mel, óleo de copaíba e própolis, e não sabia bem a que atribuir. Só posso dizer que sobrevivi bem ao desconforto e várias pessoas resolveram seus catarros com essa receita, que foi da minha médica homeopata.

Fica o alerta. Pode ser que, por via nasal, a chegada da copaíba aos sinus afetados seja feito limão no olho: clareia e cura a conjuntivite, mas o preço... Um abraço!

Janine disse...

obrigada Sonia!
Ao menos a copaíba no chá quentinho, à noite, ainda permanece, assim como a massagem no sinus e fronte. Vou tentar me munir de coragem e tentar lavar a narina com o óleo novamente.
:o)

Sonia Hirsch disse...

Oi, Janine, desculpe mas acho que quem pode lavar com sal deveria ficar com ele... Devagar se vai ao longe, né?

Janine disse...

Você tem razão,
obrigada!
:o)

Anônimo disse...

Não sei se é tão eficaz quanto um lota, porque nunca usei um; mas o que eu faço, e que funciona bem pra mim, é utilizar a mesma receita de água morna e sal (também deixo uma garrafa de meio litro de soro fisiológico de reserva, em dias de preguiça ou nariz sensível demais) numa garrafa tipo squeeze. Uso uma de hidrotônico (muito bem higienizada e nunca utilizada pra outra coisa) porque o bico dela se ajustou bem ao tamanho das minhas narinas. O que gosto nesse método é que dá pra regular a pressão e o volume de água apertando a garrafa, pra uma limpeza mais pesada nos dias que abuso do queijo hehe.
Fica aí a dica pra quem não acha o nasalpote na sua cidade e não quer comprar pela internet :)

Sonia Hirsch disse...

Boa dica, Anônimo! Uma seringa grande, de dar injeção em cavalo, também serve. Ou aquela *pera* de borracha que vendem em farmácias.

O Nasalpote está sendo vendido a 10 reais. Achei caro o Narin, quase 40, embora também seja de plástico.

Fernando disse...

Alguem consegue entrar?

www.nasalpote.blogspot.com/

Maria Santos disse...

Olá Sonia,
gostei da dica, já vou encomendar o meu. Sofro muito com minha Rinite, morando em Curitiba, então, neste frio... Sou carioca e penso em voltar para o Rio, sinto falta do sol. Quero ir para a Serra, provavelmente Petrópolis, Itaipava, Correas ...só me assusto porque ouço muitas pessoas reclamando da umidade e falam que têm problemas respiratórios devido ao clima de Petrópolis. Quais locais da serra (incluindo bairros de Petropólis) que você acha menos problemático nessa questão.
Um abraço!

Sonia Hirsch disse...

Oi, Maria, a cidade de Petrópolis é muito úmida mesmo e alguns bairros são mais. Eu moro num vale mais seco, na área rural, passando Itaipava, que também já tem um clima melhor. A sugestão é você pensar mais na direção de Minas. Boa sorte na busca do sol! Um abraço!

Anônimo disse...

Gente, por favor me ajuda! fiz a limpeza nasal com agua e sal há umas 15 horas e minha cabeça parece que vai rebentar, sinto que não expulsei a agua toda, como se alguma tivesse ficado dentro da minha cabeça, não consegui nem dormir direito, sinto pressão nos ouvidos e por baixo do queixo e pescoço... já tentei mil e uma posições para ver se sentia alguma agua a saír mas não...tou doida com essa pressão em minha cabeça...

Sonia Hirsch disse...

Anônima, a limpeza bem feita não conduz água para "dentro da cabeça": ela entra por uma narina e sai pela outra. Mas vamos às sugestões. Primeira: chuveiro quente - ficar embaixo dele, de mpodo a aquecer a cabeça, e assoar o nariz com paciente, muitas vezes, sempre que sentir que há algo descendo. Segunda: inalação com vapor. Nem precisa adicionar nada à água. Terceira: chá de raiz-de-lótus, beber feito água com exclusão de qualquer outro líquido (exceto sopas e caldos), durante uma semana, para limpar todos os tubos.

Isso, presumindo que você fez a lavagem com água devidamente morna e Nasalpote ou similar, certo?

Naturalmente, sucos de frutas, leite e seus derivados não deveriam ser consumidos por quem está com muito muco. Boa sorte aí! Um abraço!

Anônimo disse...

Oi Sónia, grata pela rapidez da resposta. Como não tenho o neti pot, fiz a lavagem nasal com uma garrafa (de bebida energética como li algures por aqui alguém sugerir) de 1/2 litro, devidamente higienizada, fiz com agua morna, 1/2 colher de sobremesa de sal e apliquei com a cabeça de lado. Correu muito bem, não me afligi, esvaziei a garrafa (1/4 de litro em cada narina). No momento achei que tinha expelido toda a agua...assoei bem e fui dormir. De noite acordei com essa maldita pressão em minha cabeça, ouvidos, pescoço, queixo...de manhã fiquei 1/2 hora de baixo do chuveiro quente, depois de umas horas voltei a fazer a limpeza nasal com agua morna e sal (achando que uma agua poderia puxar a outra...) mas continuo com esse incômodo. na verdade não sei se é agua que ficou dentro, é uma sensação meio estranha... Nem consegui me concentrar no trabalho com tanto incómodo... Agora não tenho muco, meu nariz tá seco, vou tentar os vapores de agua simples pra testar se melhora. Há alguma possibilidade de a agua ter entrado nos canais auditivos, ou algo assim?

Sonia Hirsch disse...

Acho difícil saber assim, pelo relato, se a água poderia entrar em canais indevidos; pode haver um excesso de muco em algum lugar, por isso te dei a dica do chá de raiz-de-lótus, mas também pode ser guaco, alcaçuz e qualquer outro que derreta o muco.

Uma leitora atenta aqui do blog, a Silvia BH, já tinha aconselhado a não fazer essa lavagem antes de dormir, pois achou que a umidade poderia justamente ficar dentro. Acho procedente, especialmente porque à noite a temperatura do corpo costuma cair, a externa também, e o rosto fica do lado de fora, podendo pegar frio. Por conta dessa pequena friagem a mais já me acostumei a colocar um travesseirinho fino de macela sobre o rosto quando sinto mais umidade na respiração. Também é uma forma de aquecer que te recomendo. Não precisa ser travesseiro, pode ser um paninho.

Alexandra Michnoski Tomáz da Silva disse...

Meu filho de 5 anos tem adenoide, essa lavagem poderia ser feita por crianca, e faz bem pra adenoide

Sonia Hirsch disse...

Alexandra, não há contraindicaçāo para essa lavagem, mas não sei se ajuda em caso de adenoides. Só mesmo experimentando. Um abraço!

Anônimo disse...

Oi Sónia, sou a anónima aí de cima (06-03-2013). Depois de 8 dias sofrendo por ter feito essa lavagem nasal (que correu muito mal) vou postar minha experiência porque ela poderá ajudar outras pessoas. Acabei por ter que ir no otorrino pois já não estava aguentando mais essa sensação de "balão na cabeça", que ainda hoje continuo tendo. O médico analisou meus ouvidos e não encontrou nada de anormal, mas, pelos os meus sintomas, o que pode ter acontecido é que ao pressionar a entrada da água pelo nariz a humidade pode ter entrado na trompa de eustáquio (que faz ligação do nariz ao ouvido), daí essa sensação de pressão na cabeça e de entupimento de ouvido. Me prescreveu um anti-histamínico, e me aconselhou a mascar chiclete, a bocejar,e a fazer a manobra de valsalva (fechar a boca e trancar o nariz enquando se força o ar a saír). Me aconselhou a fazer tudo isto com alguma paciência que acabaria por resolver. Fiquei um pouco traumatizada com essa lavagem e não voltarei a repetir tão cedo... Não desaconselho que outros façam, mas, por favor, tenham alguns cuidados: NÃO EFECTUAR ESSA LAVAGEM NASAL EM AMBIENTES FRIOS, NÃO EFECTUAR ANTES DE DORMIR (já alguém tinha recomendado, eu é que não li...), NÃO UTILIZAR NADA QUE SEJA MOLE PARA INTRODUZIR A AGUA NO NARIZ (pois ao apertar força a agua, melhor que seja algo rígido, para que a agua entre naturalmente no nariz). Melhor mesmo se utilisar a lota de material rígido... não inventem (como eu fiz, rsrsrs) utilizando outros objectos que podem comprometer sua saúde! Bjs!!!

Sonia Hirsch disse...

Oi, amiga, que bom que você está encontrando um caminho para se livrar do mal-estar. E que bom que transmitiu seu recado para não se usar nada diferente do neti pot, ou lota. Há uma questão dinâmica aí, não foi à toa que os indianos chegaram a esse formato, que prevalece há séculos; seria estranho se não funcionasse melhor do que seringas e garrafinhas. Que a melhora continue. Um abraço!

ANDERSON ROSA disse...

Sonia, estou no meu segundo dia de uso e já estou notando diferença. Estou realmente aliviado. Se continuar assim e melhorar ainda mais, realmente será uma maravilha na minha vida. Recomendarei a todos que conheço.

Anderson

Sonia Hirsch disse...

É muito bom mesmo, Anderson! Obrigada pelo retorno. Um abraço!

Anônimo disse...

Olá, amiga Sonia e amigos colaboradores!
Escrevo para pedir ajuda e fugir da indicação imediatista dos antibióticos. Sofro com rinite e sinusite há anos com uma dor crônica em um dos lados da testa. Já utilizei antibióticos muitas, mas as crises são reincidentes. também tenho histórico de acne tipo 3. No momento ativa e com pus. Em meu último preventivo, surgiu o bacilo de cocos e a ginecologista me aterrorizou dizendo que eu posso ter isso há muito tempo, que tenho que tratar com antibióticos e que devo acompanhar com cardiologista, pois mexe com o coração. Ela solicitou também uma cultura da garganta para ratificar o diagnóstico.
Fiquei feliz em conhecer o nasalpote em seus posts e os testemunhos dos amigos que auxiliaram bastante na decisão de adotar a prática. Você pode me orientar sobre alternativas ao antibiótico? Pensei em não fazer a cultura e iniciar o tratamento com nasalpote. Agradeço a atenção e aguardo orientações.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Sem Nome, você sabe que não sou médica nem profissional de saúde, né? Não posso pretender orientar você em algo que os médicos consideram preocupante.

Por outro lado, todos (ou quase todos) sabemos que uma série de alimentos, como leite e derivados, farinha e açúcar produzem quadros semelhantes ao seu.

Posso sugerir a você a dieta do dr Barcellos contra o câncer e todas as alergias. http://www.soniahirsch.com/2012/12/feliz-ano-novo-poderosa-dieta-do-dr.html
Ela suprime vários alimentos que produzem muco.

Fora isso, aqui no blog, você pode ler http://www.soniahirsch.com/2009/07/muco-botar-pra-derreter.html e http://www.soniahirsch.com/2009/05/pneumonia-pode-ter-muitas-causas.html

E ainda há muitas outras dicas em meu livro Atchiiim!, além das questões em torno de candidíase, que pode estar muito presente.

Um abraço e força nas tranças pra ficar boa!

Anônimo disse...

Querida (ainda mais querida!) Sonia. Claro que sei que vc não é médica, nem profissional de saúde... LÓgico! É melhor que isso!! rS. Fica tranquila, rs. Imaginei que pudesse parecer que estava te passando a responsabilidade da orientação, mas não encontrei outra forma de explicar, rs. Tenho o Atchim! Li, reli, vive na cabeceira, cheio de marcações. Confio e experimentei várias orientações de lá. Confesso que a lavagem das narinas não me atraia, achava complicado e estranho(!). Mas quando li o post e depoimentos tomei atitude e acabei de comprar o nasalpote (oba!). Vc tem toda razão, tudo passa pela alimentação. E ando vacilante nela. Queria mesmo experimentar a Dieta do Dr. Barcellos. Vou reler o Atchim e ver os posts que indicastes. Muito grata por neste dia de São Jorge ter respondido este post tão rapidamente. Fica com Deus e paz e luz para todos. Prometo voltar para narrar as experiÊncias dessa odisséia contra muco e antibiótico. Bjs, bjs :)

Anônimo disse...

Olá Sonia, estou de volta. Você pode indicar um médico |terapeuta | profissional de saúde que pudesse me ajudar|acompanhar nesta fase de implantação da dieta do Dr. Barcellos e para verificação dos vermes. Moro no Rio. Se for possível alguem que atenda a preço acessível. A médica que me atendeu (ginecologista) é de uma associação beneficente, o que permite a cobrança de valor popular.Mas apesar de ser grata pelo atendimento e diagnóstico, não gostaria de seguir na linha diagnóstico, tratamento com antibiótico.
Usei o nasalpote mas não consegui inclinar a cabeça (receio, talvez). Então o resultado foi parcial. Aspirava e liberava pela mesma narina a água com sal. Não consegui deixar que seguisse até a passagem de uma narina para a outra. Ajudou um bocado! Tenho desvio de septo em uma das narinas, isso pode dificultar o uso do nasalpote? Muito grata pela atenção ;) Bjs,

Sonia Hirsch disse...

Sem Nome, posso indicar o Geraldo Granja, que atende em BH e no Rio, tel 31 3458-9343. Faz o diagnóstico vibracional das parasitoses e é ótimo terapeuta. Um abraço!

Mauricio Portugueis disse...

Olá Sonia,sou novo por aqui e acabei de fazer a encomenda do nasalpote, portanto ainda não posso comentar a esse respeito, mas não posso deixar de elogiar e agradecer a sua prestatividade e simpatia. PARABÉNS e sempre muita luz.
Mauricio Portugueis

Sonia Hirsch disse...

Muita luz pra você também, Maurício! Obrigada, um abraço!

Clara disse...

Bom dia Sonia
Uso o Nasalpote lá em casa para mim e para meu filho. Adoro! Mas por algum motivo a lavagem não funciona bem com a minha filha. A água não escorre para a outra narina, a não ser que ela vá expulsando bem suavemente expirando pelo nariz, mesmo assim sai fininho. Agora que ela está com queixa de dor na testa, gostaria de intensificar o uso do Nasalpote com ela. Você desconfia de algo? Obrigada!

Sonia Hirsch disse...

Oi, Clara, acho que pode haver alguma placa de muco grudada, e a dor na testa sugere sinusite. Eu daria o chá de raiz-de-lótus (casas japonesas e macrobióticas) durante uma semana, para dissolver e limpar. A raiz-de-lotus fresca, ralada, pode ser aplicada diretamente sobre a testa e as laterais do nariz. O emplastro de inhame com gengibre também ajuda.

Inalações podem ajudar. No Sul existe um Bálsamo Allemão que, inalado com vapor, põe para fora até as raízes bíblicas. Um abraço!

Clara disse...

Muito obrigada!

Melissa disse...

Sônia, somente hoje tomei conhecimento desse tipo de higienização nasal. Achei muito interessante e já encomendei o meu. Estou em uma crise intensa de renite, sinusite e polipose. Há 4 anos não sinto mais cheiro de nada, apenas quando tomo as injeções de corticóide, as quais evito devido aos males. Meu médico têm se esquivado ao máximo da cirurgia, argumentando que ela não seria definitiva, pois os sintomas poderiam voltar após alguns anos, o que tornaria um sofrimento desnecessário. Então meu tratamento se resume aos spays nasais a base de corticoide. Em vários fóruns eu li os beneficios da lavagem nasal para as renites e sinusites. Você sabe se ela também auxilia para a redução de pólipos?

Sonia Hirsch disse...

Melissa, não sei se as lavagens ajudam na redução dos pólipos, mas acho importante fazer a dieta do dr Barcellos junto para zerar as causas de inflamação, rinite, sinusite, alergias em geral. Ela está em www.correcotia.com/cancer , dê uma olhada. Um abraço!

Melissa disse...

Sônia, tudo bem? Obrigada pelas dicas. Adorei saber sobre a influência dos alimentos. Com certeza adotarei a dieta e a higienização em minha rotina. Abraços.

Sonia Hirsch disse...

Força nas tranças, Melissa! Um abraço

Silvia - BH disse...

Estava vendo o video que a MaFê indicou http://narin.com.br/. Prefiro assoar o nariz suavemente.