sexta-feira, 4 de maio de 2012

Prof. Jaime Bruning em vídeo


De Ana Correia
Para Deixa Sair

Oi Sónia, estou "vasculhando" seu blog e estou amando. Há algo que eu queria partilhar com todos se me permitir. É um vídeo (de umas 2 horas de duração) de Jaime Bruning: http://vimeo.com/37682829 e fala sobre Bionergética e Saúde. É bom demais... fala sobre o óleo de copaíba, sobre diversas plantas curativas, escalda pés, urinoterapia (para curar herpes) e fala de um remédio muitissimo bom que é o de cebola+alho+mel, mas que é dificil de tomar pra caramba... enfim, acho que é de uma riqueza imensa esse vídeo e se fosse possível seria bom até colocar um post aqui sobre esse vídeo (desculpa estar pedindo tanto...). 

Oi, Ana Correia, tá postado! E muito obrigada pela sugestão. Jaime Bruning é conhecido e amado pela maioria das pessoas que buscam terapias naturais. Seu site: www.jaimebruning.com.br.

28 comentários:

  1. Ana Correia04/05/2012 11:46

    Sónia, muito obrigada por postar, de certeza vai ajudar muita gente! Só mais uma informação complemetar, o vídeo também se encontra em 7 partes no youtube, sendo a 1.ª parte: http://www.youtube.com/watch?v=B0Dz-azIgmk&feature=related Pena que aqui em Portugal não se encontra fácilmente algumas das plantas referidas no vídeo... Beijo.

    ResponderExcluir
  2. sonia, acompanho seu blog há um tempinho, já li alguns dos seus livros (agora minha irma e minha mae estao lendo também!) e hoje finalmente tive a ideia de vir aqui perguntar sobre algo que eu sempre busquei: vc sabe se tem alguma planta ou comida (ou qualquer outra coisa natural) que seja boa para evitar ou curar cistite? tenho umas 3 vezes por ano e detesto ficar tomando antibiótico, mas nunca encontro outra saída. tomo alguns cuidados para prevenir, mas mesmo assim, às vezes, a danada me pega.

    outro negócio que me deu há um tempo e de vez em quando volta (às vezes com muita frequência) é um problema de pele, disidrose. os dermatologistas dizem que a causa é nervoso (mas mtas vezes eu to tranquilona, haha) e só receitam antialérgico, nao me dizem o que pode prevenir... vc por acaso conhece algo contra isso também?

    desculpa a dupla consulta, mas de repente você já ouviu falar em alguma coisa para esses problemas :)

    seguramente vou dar uma olhada nesse vídeo quando tiver um tempo maior, parece muito interessante. entrei no site agora, nao conhecia - já vou encomendar um dos livros!

    um abraço e parabéns pelo blog,

    raquel

    ResponderExcluir
  3. Comentário marqueteiro removido.

    ResponderExcluir
  4. Ei Sonia, descobri seu blog procurando na internet sobre candidísase e, nossa, preciso de ajuda! Estou com uma cervicite - por conta da cândida - e coincidentemente (ou não) com labirintite também, que o otorrino diz ser de origem metabólica. Você acha que as duas coisas tem a ver? Eu já estou com uma dieta restrita em leite e açucar, doce, que o médico passou. Tentei tirar os carboidratos e frutas, seguindo seus conselhos, mas minha pressão baixou muito. O que você recomenda? Você acha que dá pra manter o arroz e o pão integral?

    Grata,
    Lara

    ResponderExcluir
  5. Tentei entrar no http://www.jaimebruning.com.br, mas lá não está claro como acontece um diagnóstico à distância... alguém poderia me ajudar?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  6. Por radiônica, irmã da radiestesia, métodos antigos de captação de vibrações eletromagnéticas emitidas pelo paciente. Tem a ver com rabdomancia, ou rabdoscopia, método de encontrar veios de água no subsolo, ensinado na Sorbonne a arquitetos e engenheiros.

    ResponderExcluir
  7. Nem sei como agradecer por tanta dedicação e informação!
    Obrigada, Sônia, pela postagem e pelo blog - que eu consulto diariamente.
    Você é a minha 'best friend' virtual!
    Bjs,
    Nara

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nara, adorei ser sua best friend virtual. Bem-vinda e volte sempre :-)

    Oi, Lara, recomendo ler meu livro sobre Candidíase e o que está publicado em www.candidiaseapraga.blogspot.com .

    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Sonia.
    Adoro seu blog. Todos os dias eu entro na esperança de encontrar um post novo..rs..E assim vou lendo os antigos. Já assisti o vídeo e inclusive já comprei a avaliação a distância. Sempre acreditei que Deus é perfeito, assim como Sua criação maravilhosa que é a natureza, que tudo nos dá.
    Muito obrigada por tantas informações preciosíssimas e continuo de olho em você.
    Grande beijo e MUITA SAÚDE!
    Cynara
    =)

    ResponderExcluir
  10. Sonia, assisti ao vídeo e gostei muito; a gente faz parte da natureza e se esquece disso. Mas fiquei intrigada com a avaliação bioenergética. A uma pergunta dele, a mente da pessoa responde e passa a informação, etc e tal. Tb não consegui entender a avaliação à distância, embora no meu íntimo tudo faça algum sentido. O que vc pensa? Comente um pouquinho pra gente... Bjs Cláudia

    ResponderExcluir
  11. Oi Sônia, tenho várias dúvidas! Em primeiro lugar tenho 31 anos e esse é o segundo ano que faço ultrasom nas mamas. Nesse último surgiu um cisto bem pequeno que nem sentia apalpando. A médica disse que não era nada demais... Mas li o que vc escreveu sobre a argila, alimentação e vermes... Qt a alimentação só como orgânicos, não tomo leite e derivados e nem como laticínios! Amamentei minha filha até os 2 anos de idade e agora ela está com 3 anos. O que vc sugere que eu faça? Vc podia me explicar melhor a relação do cisto com vermes? Tinha muita candidíase, mas dps que fui numa nutricionista funcional, cortei alguns alimentos e passei a tomar lactobacilos que apesar de caros tiveram um resultado maravilhoso pra mim e minha filha. Vc acha que é o caso de usar a argila? Estou sem saber o que fazer! Qt a esterelizar os alimentos, sempre usava o clorim (comprimido), numa outra época usei o bicarbonato e atualmete uso a água sanitária... Vc falou que é melhor a água oxigenada... ela estereliza mesmo? Já que eu como muitos vegetais crus e por ser orgânico fico preocupada com bactérias! Outra coisa que venho fazendo é tostar o gergelim e colocar no arroz integral meu e da minha filha e confesso que já coloquei até sem tostar. O que vc acha disso? Tenho que deixar ele de molho na água antes de consumir. Será que por não ter lavado, posso ter adquirido verminosa e minha filha tb? Estamos fazendo atualmente exame de fezes num local que confio. No início do ano fiz e deu negativo mas agora vou repetir pois acho que minha filha está com vermes. Desculpe as mil perguntas, mas gostaria de ouvir sua opinião sobre elas! Um abraço, Manuela!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Manuela, acho que as suas dúvidas merecem ser ouvidas por um profissional qualificado em quem você confie. Eu, o que tenho para ajudar é o que está publicado. Um abraço!

    ResponderExcluir
  13. Oi Sônia

    Gostaria de encomendar os seus livros mas estou com algumas dificuldades. Será que vc pode me ajudar?

    O site pede o meu CPF mas eu não sou brasileira nem moro no Brasil. Como dou a volta a esse problema?

    Vc envia para fora do Brasil?

    Obrigada :)

    Um abraço

    Maria.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Maria, enviamos para o exterior, sim. Você pode me escrever diretamente para shirsch@uol.com.br dizendo os livros que deseja para vermos o valor da remessa. O pagamento seria feito por PayPal. Bom domingo, um abraço!

    ResponderExcluir
  15. OK, Sônia já enviei e-mail. Obrigada, aguardanmos uma indicação sua mal vc possa :)

    Abraço!

    ResponderExcluir
  16. aguardanmos = aguardamos (é o entusiasmo! :) )

    ResponderExcluir
  17. Muito obrigada Ana e Sônia por compartilharem!

    Sônia por favor me ajuda, estou casando e a pouco comecei a lavar roupa. Com as medidas de sabão em pó recomendadas pelo fabricante eu notava que após o enxague ainda fica muito sabão na roupa...

    Lá ia eu, colocava a máquina pra enxaguar por muito tempo até sentir que de fato o sabão saiu. Aquilo parece que não sai, se toda vez que eu lavar roupa tiver que enxaguar dessa maneira logo menos acabo com a água do mundo.

    Outra, depois de sermos apresentados - eu e o sabão em pó - notei algo que só quem coloca a barriga no tanque poderia notar, aquilo me parece química das piores. Corrói minhas mãos e não há hidratante potente que ajude.

    Me de algumas dicas por favor! Qual sabão é menos agressivo? E terei de acabar com a água do mundo pra de fato deixar a roupa enxaguada?

    Um super abraço!

    Camila

    ResponderExcluir
  18. Oi, Camila, sabe aquela caixinha de busca que tem aqui no blog, lá em cima, à direita? Digite lá *sabão em pó* que vão aparecer vários posts úteis. Algum há de ajudar. E tem muito mais coisa na rede a respeito, basta procurar no Google. Um abraço!

    ResponderExcluir
  19. Digitei e achei até sobre as panelas! AMEI! Estou indo comprar as minhas e não houve momento melhor pra eu ler a respeito. Amo esse blog!

    Sim, no google tem muita coisa mesmo, mas a opinião de Sonia Hirch é coisa única!

    Obrigada!

    Camila

    ResponderExcluir
  20. Que sincronismo, Sonia! Não conhecia muito sobre bioenergética e acabo de voltar de uma consulta com o Geraldo Granja. Era assim mesmo, ele perguntava e as respostas vinham!
    Bom vídeo esse, heim? Tem tanta coisa que a gente não sabe...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  21. Oi Sonia,

    Já sou sua fã há tempos e colecionava seus artigos de revista. Gostaria de ter novamente uma receita de sopa feita com arroz integral, inhame...acho que era para desintoxicar...tenho lúpus e com uma alimentação melhor pude ter qualidade de vida!
    Vou assistir esse vídeo e pesquisar cada vez mais! Bjossss e espero a receitinha aqui no blog!

    ResponderExcluir
  22. Oi, Astrid, a receita da sopa de arroz do Pai José está em http://correcotia.com/deixasair/sopadearroz.htm , mas é para tomar na primavera. Agora, outono quase inverno, você pode se desintoxicar simplesmente melhorando a qualidade da sua comida e tomando mais água quente ou chá de ervas, bem fraquinhos, quentinhos e sem adoçar. Aí, quando chegar a primavera... Um abraço!

    ResponderExcluir
  23. Olá Sonia,
    Tenho 43 anos, mãe de 1 filho são e lindo. Sempre tive boa saúde, comemos alimentos integrais há mais de 10 anos, mtos orgânicos tb. Não faço esportes, mas alongamentos regulares em casa. Porém, após acidente que me rendeu uma placa de titânio numa clavícula quebrada por 6 meses, foi diagnosticada pseudo artrose, qdo a placa foi removida. O osso não colou, não há indícios de qual bactéria é pois a cultura deu negativada por uso de antibiótico profilático na cirurgia. O tratamento será o uso de antibiótico (levofloxacino) por meses indeterminados. Qual dica o sr me daria para segurar meu organismo diante dessa agressão química sobre meus sistemas Imunológico, funcional, etc.? Justo eu que uso homeopatia apenas, detesto alopatia...
    Agradeço qq auxílio.
    Obrigada,
    Yara

    ResponderExcluir
  24. Oi, Yara, no seu lugar eu procuraria o Prof. Jaime Bruning, objeto deste post. Acho que ele pode ajudá-la em vários sentidos. Um abraço - e espero que você encontre a solução que procura!

    ResponderExcluir
  25. Oi Sonia,
    estou passando por aqui para comentar que eu e meu marido fomos atendidos pelo Prof. Jaime Bruning (nós fomos até lá, porém não é necessário mesmo)e estamos há 21 dias fazendo o tratamento proposto. Ainda faltam mais uns 20 dias e uma reavaliação.
    Estamos gostando muito dos chás que foram recomendados, nos faz muito bem, e do tratamento com argila...é muiiito bom.
    O único problema é que não estamos fazendo a dieta à risca, o que deixa a desejar de nossa parte, poderíamos estar bem melhor. Mudar hábitos alimentares é o x da questão pra gente. Teremos que resolver isso aos poucos, mas sempre em frente, uma hora a gente se adapta a fazer novas preparações e aí vamos encarar a dieta da Candida. Quando meu marido fez uma dieta sem laticínios, e tb sem glúten por 2 meses, sentiu-se muito bem. Retirar alimento prejudiciais é importantíssimo. Dando passos do tamanho da perna a gente chega no ideal, cada um tem um ritmo e uma dificuldade.
    Assim que tivermos resultados mais visíveis (ainda estamos no meio do tratamento e está faltando melhorar a dieta)passo para deixar meu comentário.
    Desde já agradeço a vc e a dica do Prof Jaime Bruning postada em seu blog.
    Grande abraço, logo a gente se encontra por aqui novamente.
    Cláudia (SP) - só sei postar como anônimo

    ResponderExcluir
  26. olá Sonia,
    eu e meu marido fizemos o retorno com o Prof. Jaime Brunning após a 1a. etapa do tratamento. Nem preciso dizer que levamos uma bronca, merecida, por não termos feito a dieta corretamente. Mesmo assim, houve alguma melhora. Continuaremos com o tratamento, e agora, com a dieta. Meu problema de saúde é grave, e apesar das dificuldades, com a sua ajuda e a do professor estamos modificando a vida, a mente, o espírito. Estamos nos sentindo melhor e, no meu caso, até consegui eliminar um medicamento (por minha conta e risco)que me tirava o prazer de viver. Vamos continuar com os tratamentos propostos por vc e pelo Prof Brunning até que tudo fique bem nas nossas vidas. Quem sabe um dia poderei postar aqui de novo e contar, como vc: fui à luta e venci! Beijos, obrigada por tudo, até pela paciência. Cláudia SP

    ResponderExcluir
  27. Oi, Cláudia, uma amiga minha costuma dizer que nenhum problema é maior do que a pessoa. Às vezes, o que separa a saúde da doença é um mero clique. Penso que mudar o padrão alimentar é um bom caminho para dar oportunidade ao corpo de se recompor - restabelecer funções e formas. Como vivemos numa sociedade excessivamente medicalizada, e por uma medicina intervencionista, os poderosos recursos dos tratamentos naturais aliados à força de vontade das pessoas são quase desconhecidos. Mas existem e vocês os estão encontrando. Torcemos por vocês. Um abraço!

    ResponderExcluir
  28. Oi Sônia, o que você acha do método bioenergético? Obrigada. Abraços!

    ResponderExcluir