segunda-feira, 19 de abril de 2010

Brasília, a cinquentona, e o trabalho de Tania Quaresma


Gosto de Brasília. Não tem mar, não tem montanha, mas tem um céu que só vendo e nasceu de um sonho que acompanhei de perto, primeiro porque minha irmã e meu cunhado foram pioneiros, depois porque minha querida amiga Tania Quaresma se mudou para lá e não saiu mais.

Tania é cineasta. Chegou, olhou aquilo e viu o que também sonhava. Quis saber como foi que tudo aconteceu. Acabou fazendo a arqueologia da construção da cidade na série de tv Os pioneiros, onde entrevistava gente chamada simplesmente Zé, Tião, Francisca, Maria. E a primeira fala deles, quase invariavelmente, era: Quando eu cheguei aqui não tinha nada, só aquela terra vermelha...

Vale a pena acessar o blog Bem Te Vi Brasília e ver os 21 filmetes de 90 segundos que resumem essa história até a inauguração da cidade. Eles também estão sendo exibidos pela TV Brasil ao longo da programação deste mês.

A série traz depoimentos do presidente Juscelino Kubitschek, do arquiteto Oscar Niemeyer, do urbanista Lúcio Costa, do artista plástico Athos Bulcão e do cinegrafista Sávio Silva, que fez as primeiras imagens de Brasília. Não falta a palavra de antigos donos das terras e de pessoas simples, a exemplo do operário Tião da Onça. Ele foi o primeiro trabalhador a chegar ao Planalto Central para a rápida construção do "Catetinho", primeira residência oficial de Juscelino, assim chamada em alusão ao Palácio do Catete, do Rio de Janeiro. Outro depoimento delicioso é o de dona Dolores, a cozinheira que trabalhava dia e noite fazendo a comida mineira do presidente.

Tania Quaresma é zen, do tipo que senta para meditar e às vezes fica assim dois meses. Ou então faz comida zen para os que estão sentados. Depois volta a filmar, editar, criar eventos que juntam o velho e o novo, a arte e a tecnologia, o popular e o erudito. Realidade e sonho andam juntos. Copio uma pérola do blog a esse respeito:

O mestre na arte da vida faz pouca distinção entre seu trabalho e seu lazer, entre sua mente e seu corpo, entre sua educação e sua recreação, entre seu amor e sua religião. Ele dificilmente sabe distinguir um espaço do outro. Ele simplesmente persegue sua visão de excelência em tudo o que faz, deixando para os outros a decisão de saber se está trabalhando ou se divertindo. Ele acha que está sempre fazendo as duas coisas simultaneamente.

12 comentários:

  1. nossa que maravilha esse blog, o projeto bem te vi, a sua amiga tania, e tudo que cerca esse assunto! obrigado sonia!
    grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Oi, Syl, e o blog é só a pontinha do iceberg... Abração!

    ResponderExcluir
  3. Oi Sônia, sou sua fã desde que te conheci em um de seus livros, "Mamãe eu quero", indicado pela nutricionista dos meus filhotes.
    Moro em Brasília e concordo que céu igual não há. Adorei a indicação do blog da Tania. Beijos

    ResponderExcluir
  4. rosa nepomuceno19/04/2010 21:41

    A matéria sobre Tania e o projeto Ben-te-vi é deliciosa,
    o ultimo paragrafo é genial.
    beijo.

    ResponderExcluir
  5. Oi Sônia, sou mais uma fã, dos livros, e da filosofia por trás disto tudo.
    Bom ouvir falar com simplicidade desta cidade e deste lindo céu...
    Venha nos visitar, lançar um livro por aqui, seria uma honra!
    A cidade possui um numero surpreendente de ótimos restaurantes vegetarianos, que vale a pena conhecer!
    Muito legal, o blog bem te vi e o trabalho desta cineasta, ela é muito conhecida aqui.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Vera Sastre15/06/2010 23:33

    Cheguei atrasada mas quero imprimir minha admiração por Sonia Hirsch e Tania Quaresma.
    I love you too much

    ResponderExcluir
  7. Verinha querida, que bom te ver por aqui! Um beijo! :-)

    ResponderExcluir
  8. Sônia querida, pra minha surpresa!Sou de Brasília, mas moro no guarujá! E que coisa, leio teu blog demais(vc deve ter percebido pleas minhas inúmeras dúvidas!!risos.Hj memso escrevi perguntando do chá pro meu filho). Mas nunca havia lido este post...e gente a Tânia era maiga do meu pai. Digo era, pq meu pai já se foi...ele era demais tbm. Diretor de teatro, criou o grupo mais antigo da cidade, este ano faz 31 e hj, sobre "tutela"da minha irmã....nosso grupo se chama ESquadrão da Vida e meu pai, Ary Pára-Raios!!!
    que legal!!
    obrigada por falar bem de minha cidade!Obrigada por td!
    bj com amor
    Ti

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ti, muita emoção aqui agora - por você ser filha do Ary Pára-Raios, grande pessoa e maravilhoso artista que também tive a alegria de conhecer, e por saber que ele se foi. Um abraço apertado, amiga!

    ResponderExcluir
  10. Nossa Sônia querida, como este mundo é pequeno..como este mundo é pequeno...sempre tivemso livros teus em casa, sempre admiramos teu trabalho. Mas eu não sabia que se conheciam...nossa, eu fiquei mais emocionada ainda gente..até pq dps de ser mãe me emocionar é à toa risos....mas cada vez mias, por piégas q seja, q td têm um sentido maior né? Muito obrigada por falar assim dele. Ele deixa saudade demais, amor demais e ALEGRIA demais! E hj, com a vinda de Bento, meu filho, entendo melhor, que pra algumas pessoas chegarem, outras têm que partir.
    Mas estamos cuidando de td q ele construiu, mesmo com todas as dificuldades q quem faz arte sabe! Quando tiver em Brasília, vá assistir o espetáculo novo! www.esquadraodavida.wordpress.com

    POxa Sônia, só tenho mil abraços e beijos pra te mandar minha nova amiga tbm!
    beijo,beijo,beijo!

    ResponderExcluir
  11. Oi Sonia, meu nome é Edgard, sou filho da Marika Gidali do Ballet Stagium e estou precisando falar com a Tania Quaresma, meu email Ee edgard@stagium.com.br e meu cel é 11-99636628
    Muito Obrigado!!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ou pergunta, se quiser, mas saiba que no momento é improvável eu responder, devido a mil coisas, cursos & viagens. Também vem novidade web aí. Agradeço. Abraços, Sonia

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.