domingo, 29 de janeiro de 2012

Farmacinha do banheiro: Dicas da Raquel Ribeiro

foto: babosas em flor
De: Raquel Ribeiro
Para: Deixa Sair

Moro na serra e sempre que alguém se corta, recorro à babosa, que nasce em todo canto. Todos ficam impressionados com a eficiência de seu sumo cicatrizante. 

Se me queimo, o xixi é o melhor remédio – e o resultado é imediato. 

Sei, pois, que métodos naturais e tradicionais funcionam. Mesmo assim continuo me surpreendendo: outro dia inventei de picar dedo-de-moça para fazer molho e fiquei com preguiça de procurar as luvas. Depois de manusear duas dúzias de danadinhas, a pele começou a gritar. Mifu, pensei. Vi o pote de óleo de coco dr. Orgânico dando sopa e, por pura intuição e uma razoável dose de desespero, tasquei nas mãos. O ardor simplesmente de-sa-pa-re-ceu! 

Tem mais: convivi anos com uma unha do dedão comprometedora. Os remédios tópicos não funcionaram (apesar do ritual quase diário de lixar, passar esmalte e o escambau) e estava adiando tomar um medicamento que comprovadamente ataca o fígado. Nos últimos quatro meses tomei todo dia óleo de copaíba – uma colherinha antes de dormir. Sim, a unha sarou. 

Claro que preciso partilhar mais esses benefícios dos óleos. Afinal, temos a tendência de acreditar na pomadinha industrializada, nas pílulas, nos xaropes e em todos os remédios comprados na farmácia; e olhamos com desconfiança para os bálsamos oferecidos pela natureza.

Valeu, Raquel!

36 comentários:

  1. Eu só conhecia o óleo de copaíba para pingar no nariz, no caso de sinusite. Essa da micose (a Raquel não disse que era isso, mas eu presumo que sim), pra mim, foi uma bela duma novidade!

    No nariz, o óleo de copaíba arde pra caramba. E tomando, qual o gosto?

    ResponderExcluir
  2. Sou fã da babosa, tenho várais em casa, mas não conhecia a flor. Adorei a foto e o post! Brigada Raquel!

    ResponderExcluir
  3. Sônia:

    O óleo de copaíba pode auxiliar no tratamento da candidíase ? Ajuda a soltar o intestino ?

    ResponderExcluir
  4. Um jeito interessante de usar a babosa e seus poderes medicinais, é colocar essas bananinhas alaranjadas das flores em uma salada. Amargam muito, mas tem gosto bom e ajudam a curar probleminhas do tubo digestivo. Lógico que é bom que pessoas mais sensíveis (como eu)tenham parcimônia e observem, observem...

    ResponderExcluir
  5. Oi, Kenia, mas que probleminhas elas ajudam acurar e que reações podem causar? Abração!

    ResponderExcluir
  6. No blog da Neide Rigo tem algumas dicas sobre comidas com flor de babosa: http://come-se.blogspot.com/2011/05/flor-de-babosa-para-comer.html

    ResponderExcluir
  7. Muito boa a dica, Luciana! O blog da Neide é um barato, sempre fico encantada quando entro lá.

    ResponderExcluir
  8. Ola, Green
    Sim, era uma micose horrorosa na unha. Quanto ao gosto do oleo de copaiba, diria que lembra... madeira perfumada :)

    ResponderExcluir
  9. Olás! acompanho todas as dicas. sou enfermeira atuo em saúde pública e estou fazendo um curso de aromaterapia. faço uso tópico, na minha unha do pé, com micose, óleo essencial de cravo que é antifungico. o resultado é excelente. Abç, Cris

    ResponderExcluir
  10. Otima dica, Cris. Espero que inspire outras pessoas que trabalham com saude publica a ver alem dos alopaticos.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Sonia e tod@s. Bem, segundo amigos meus que adoram a babosa, as flores comidas cruas têm alto poder cicatrizante e podem ajudar a curar feridas no tubo digestivo, como úlceras pépticas. Eu acredito ser verdade, já que o amargor e adstringência das flores indicam que elas possuem taninos, que são cicatrizantes. Além de que minha avó botava muita fé no poder cicatrizante das plantas amargas.

    A questão é que tenho um pé atrás com coisas amargas, já que, teoricamente, na natureza, se é amargo não é bom para comer. Então fico encucada. Não sei que tipo de reações podem acontecer nos outros, mas em mim, deu um pouco de incômodo abdominal e uma certa salivação excessiva. Acho que pode até ser meio psicológico, mas tomo cuidado e como umazinha só de cada vez, já que meu fígado é um pouco sensível.

    ResponderExcluir
  12. Raquel, obrigada pela resposta!

    ResponderExcluir
  13. Otima essa troca de figurinhas, Green. Mas confesso que achei curioso ninguem perguntar do xixi...
    Pelo visto nao fui a unica que descobri seu poder curativo :)

    ResponderExcluir
  14. Ângela Souza03/02/2012 03:54

    Olá, Raquel... de qual marca vc usa o óleo de copaíba? Onde e como compra, etc e tals?

    Fico meio cabreira de comprar o que não conheço, então prefiro a indicação de alguém de confiança, pq hoje em dia tá difícil, viu?!

    Aguardo resposta e já agradeço!
    Abraços da Ângela.

    ResponderExcluir
  15. Olá, há quanto tempo não vinha aqui no blog, Sonia!

    Maravilha esse post, ano passado eu me queimei feio com cera de depilação (ainda bem que foi na mão, ui!), e acabei usando sulfato de prata (acho que era essa a pomada), depois que cicatrizou (e demorou um tantim) encontrei uma amiga que disse que se eu tivesse usado babosa, teria ficado bom rapidinho e sem cicatriz nenhuma...mas do xixi eu não sabia!!

    Houve uma época em que pingava umas gotinhas de óleo de copaíba na garganta, pra desinflamar ou qdo estava dolorida...mas parei pq li em algum lugar que era muito forte e não era bom fazer uso oral...recentemente ganhei um frasquinho e já estava mesmo pensando em tomar novamente qdo a gargante precisasse, mas não imaginava de seus efeitos anti-micóticos! :)

    Grata pelas dicas maravilhosas de todas!
    Sonia, seu blog é uma delícia, não me canso de recomendar! Como estava meio sumida daqui, vou dar uma lida nos posts anteriores agora, rsrs...

    Bjs a todas!
    Edith

    ResponderExcluir
  16. Procurei o óleo de copaíba e tb não encontrei, sabem onde vende, qual marca, etc?
    Será que aplicar óleo de coco ou azeite de alho nas unhas tb ajuda a combater micose? Estou com uma horrorosa no dedão.

    ResponderExcluir
  17. Alguém sabe me dizer se o óleo de copaíba é eficiente para cólicas menstruais? Tenho dores horrorosas. O que é bom?
    Abraço!
    Clara.

    ResponderExcluir
  18. Ola, Angela. Desculpe a demora, mas passei uns dias desconectada. Infelizmente nao posso indicar onde comprar o oleo de copaiba, a nao ser que queira visitar a regiao de visconde de maua. No restaurante da Kashi sempre tem e quem fornece eh um amigo do Daime. Ele traz direto da comunidade no Mapia. Mas certamente em farmacia de manipulacao vc encontra :)
    Qto ao xixi pra queimadura, basta usar um algodao molhado e manter sobre a pele por um tempinho. Claro que o liquido quente na pele queimada doi um cadin...

    ResponderExcluir
  19. Colicas: chá de raiz de salsa.

    ResponderExcluir
  20. Ângela Souza10/02/2012 14:32

    Obrigada pela resposta, Raquel.
    Acho que vou pedir pelo site: http://www.oleodecopaiba.com.br/
    Aqui em Floripa não achei, infelizmente.

    Abraços da Ângela

    ResponderExcluir
  21. oi sonia, sobre vermes... queria saber como limpar o ambiente, pq até entao eu passava alcool em gel em tudo, mas uma experiencia feita por cientistas mostra que os vermes vivem mais com o alcool(nao sei se fora do hospedeiro é assim tmb...) obg

    ResponderExcluir
  22. Já me indicaram óleo de melaleuca para fungos e micoses, voces ja ouviram falar? Obrigada

    ResponderExcluir
  23. Oi, Flavia, nós somos parte da natureza e não essa coisa desinfetada que os anúncios querem nos fazer crer que é melhor. O melhor é ter saúde e felicidade e não precisar passar álcool gel em nada. Muito menos sabonete antibacteriano em crianças. Como disse Pasteur, o agente patogênico não é nada sem um terreno propício. A pessoa preocupada em desinfetar tudo torna-se medrosa até da própria sombra e, sim, pode virar o terreno mais propício do mundo.

    Unknown: óleo de melaleuca, ou tea tree, é fungicida. Muitas outras coisas são. Vale a resposta acima, porque matar os fungos não é difícil; o problema é impedir que voltem, e isso só com a correção dos hábitos alimentares.

    ResponderExcluir
  24. Oooops, era Flavio e não Flavia. Desculpe, tá?

    ResponderExcluir
  25. Oi Sonia. Meu nome é Sandra, moro no Rio e estou desorientada por conta de uma Otite crônica do meu cão Nestor que foi recolhido das ruas e já tem 8 anos. Já entrou e saiu de vets. sem nenhum resultado. Antibioticos e antiinflamatórios super caros e a otite não dá tregua. Fez cultura e o resultado deu Malassezia que é um fungo irritantemente resistente. Só se alimenta de alimentação cozida e natural ha 7 anos e nunca teve problemas.Lendo a narrativa da Raquel me animei. Será que oleo de copaíba pode ajudar?? Cara, um vet. falou em operar mais minha grana não dá gente! Ainda tenho mais 2 cães também de rua e que estão saudáveis. Será que a Raquel conhece uma alternativa natural pra esse fungo? Suspendi todos os medicamentos e só faço limpeza 3 x dia para evitar moscas e o mau cheiro. São 10 meses de tratamento com medicamentos sem nenhum resultado fora transportes para levá-lo pois não tenho carro e ele é de porte médio. Ai Sonia, alguma sugestão? Não sei mais o que fazer.
    Beijos e agradeço se puder me responder.

    ResponderExcluir
  26. Sandra, você já deu uma olhada no site Mãe de Cachorro? Pego altas dicas naturebas e funcionais lá, acho muito bom. Pesquisando sobre otite, encontrei isso: http://www.maedecachorro.com.br/2012/01/coluna-de-hoje-otite-em-ces-e-gatos-a-importncia-do-diagnstico-e-do-tratamento-corretos.html

    Espero que ajude. Boa sorte.

    ResponderExcluir
  27. Oi Kenia. Já sim. A Ana Corina me deu alguns toques e me indicou a Dra. Sylvia do Cachorro Verde, que me indicou a Dra. Carmen Cocca do Homeopatas. Estou aguardando uma resposta dela. Eu entendo que sem ver o cão é muito complicado. Agora consultando com 4 vets também não adiantou. Então, no desespero, eu to tentando tudo. A gente qundo adoece e não tem plano de saude, vai a uma UPA razoavelmente próximo.
    quando se trata de gratuidade para cães, pelo menos comigo é super longe. E sem transporte próprio fica mais complicado ainda, pois ninguem quer levar cachorro dos outros no seu carro, vc entende??
    De qualquer forma fico grata pela sua atenção. Estou tentando de tudo pra não perder meu cão. Pode acreditar. Bjs Sandra

    ResponderExcluir
  28. Oi gente, que lindo esse site.Lendo este post resolvi compartilhar com vcs uma dica muuuuito boa." Uma vez eu estava fritando frango, sabe, daquele modo "antigo" com bastante óleo?Enfim....quando terminei e peguei a panela só com o óleo quente, deixei a panela virar, e o óleo foi todo no meu braço.Af,imediatamente lembrei do meu avô dizendo,água de bananeira é bom.
    Tinha uma bananeira no quintal, amém.Fiz um corte na bananeira e coloquei o braço em baixo.Gente, parece milagre,nem mesmo fez bolha.
    Isso já faz muito tempo,agora sou veg.
    mil beijos!

    ResponderExcluir
  29. Oi Sônia, eu uso o olho de copaíba para colocar no mel e fazer um preparado para gripe. É muito bom, rapidinho o resfriado ou gripe passa, ele elimina bem secreções.Porém tenho uma dúvida, será que pode ser utilizado em gestantes em quantidade baixa?

    ResponderExcluir
  30. Oi, Lili, nunca soube de contraindicação em relação ao óleo de copaíba para gestantes, mas por que você não pergunta ao seu médico? Um abraço!

    ResponderExcluir
  31. Oi Sônia.
    Muito obrigada por responder-me.
    Vi em algum artigo na internet, consultando a respeito do óleo de copaíba para vários tratamentos, a restrição para grávidas.
    Sempre uso ele numa mistura com mel quando estou gripada, mas agora que estou gestante e os cuidados são redobrados fiquei temerosa.
    Bom, vou perguntar ao meu médico, contudo duvido se ele saiba responder corretamente. O que eu sinto é que atualmente eles não gostam de trabalhar com medicinas alternativas.
    Um abraço
    Lili Marinho.

    ResponderExcluir
  32. Ana Correia04/05/2012 06:31

    Oi Sónia, estou "vasculhando" seu blog e estou amando. Há algo que eu queria partilhar com todos se me permitir. É um vídeo (de umas 2 horas de duração) de Jaime Bruning: http://vimeo.com/37682829 e fala sobre Bionergética e Saúde. É bom demais... fala sobre o óleo de copaíba, sobre diversas plantas curativas, escalda pés, urinoterapia (para curar herpes) e fala de um remédio muitissimo bom que é o de cebola+alho+mel, mas que é dificil de tomar pra caramba... enfim, acho que é de uma riqueza imensa esse vídeo e se fosse possível seria bom até colocar um post aqui sobre esse vídeo (desculpa estar pedindo tanto...).

    ResponderExcluir
  33. Boas dicas, tenho uma micose de unha já algum tempo. Díficil. Já tomei "terbenafina", de acordo com a dermatologista e também faço o uso local conm remédios. Mas confesso, demora muito. Ah! também vou ao podólogo. às vezes tenho vontade de desistir. Os tratamentos são caros... Um abraço

    ResponderExcluir
  34. Oi Raquel Ribeiro... Quanto ao xixi, minha vó curava micose com ele!!!

    ResponderExcluir
  35. Olá! Trabalhamos com alguns óleos, como o óleo de copaíba, óleo de andiroba,seiva de sangue de dragão, etc. Os nossos produtos são todos adquiridos diretamente dos extrativistas ( pessoas de confiança) , o único processo que alguns produtos passam é o da filtragem, para retirar possíveis fagulhos de madeira, casca...Todos os produtos que revendemos são embalados de forma artesanal , sobretudo de forma adequada.

    Fale conosco ou faça uma visita em nosso BLOG:

    http://amazoniaversusnaturais.blogspot.com.br/

    (097)8117-0520 TIM
    (097)8402-3608 CLARO
    (097)9145-4639 VIVO

    Email:naturais_humaita@hotmail.com

    Aguardamos o seu pedido.

    Grata

    ResponderExcluir