domingo, 16 de agosto de 2009

Óleo virgem de coco: Como fazer em casa


Imagem Wikipedia

1: Obter o leite de coco e coar

Escolhem-se alguns cocos maduros, pesados, com bastante água dentro, que vão ser abertos nos olhinhos com um prego ou sacarrolha, para retirar a água, depois embrulhados numa toalha e partidos a marteladas, ou com um golpe de facão. A água deve ser colhida numa vasilha e coada. Quanto mais água houver dentro do coco, mais úmida estará a polpa, e isso é bom. Percebe-se a quantidade claramente ao chacoalhar o coco - pouca água chacoalha mais.

A tradição é ralar o coco num ralo próprio, que se usa muito no nordeste, e misturá-lo com a própria água que vem dentro, amassando bem e espremendo com as mãos até tudo virar um creme. Algumas receitas recomendam aquecer a água e amassar a mistura até ela esfriar. Isso dá uns 10 minutos.

Mas também se pode bater o coco em pedacinhos com a água no liquidificador, aos poucos, até obter esse creme. E também se pode usar água filtrada ou fervida.

Coar na peneira, no coador de nylon, na gaze, no filó, no pano de fralda. Muita força para espremer tudo até o creme acabar.

O bagaço se reserva para fazer cocada macaroon (aquela com farinha - como se chama em português?), pão de coco ou adubo de planta. É uma fibra natural ótima para os intestinos. Pode ser congelada.

2: Métodos de extração do óleo virgem de coco


A frio

O leite de coco precisa fermentar para que o óleo se separe da água. Isso pode acontecer em climas quentes deixando-o simplesmente descansar numa vasilha coberta durante 48 horas. O óleo vai se separar natualmente da água e dos resíduos. Três camadas de líquido vão se formar: o óleo de coco por cima, a água no meio e um creme fino no fundo.

Retirar o óleo com uma colher ou concha. Filtrá-lo três vezes em pano de fralda dobrado ou filtro de papel para café. Colocar num vidro e tampar bem.

Quando olhado contra a luz, o óleo vai ter uma coloração amarelada. Essa é a cor natural do óleo virgem de coco.

A água que sobra da mistura original pode ser fermentada para virar vinagre. A mistura cremosa pode ser fervida numa panela para expelir mais óleo. Esse óleo extraído com calor pode ser usado para fritar ou para o cabelo.

O óleo virgem de coco pode ser guardando em temperatura ambiente. Validade 2 anos, no mínimo.

Outro método a frio (mais prático)

2 cocos, 3 xícaras de água do próprio coco, picar, bater por 2 ou 3 minutos no liquidificador até a consistência ficar lisa e cremosa. Espremer, colocar o leite de coco numa jarra, cobrir e deixar 48 horas num lugar escuro.

Transferir o líquido para uma garrafa pet de água mineral limpa e deixar em local sombreado cuja temperatura esteja em torno dos 25 graus C. Em 6 a 8 horas o óleo vai se separar do leite.

Ponha a garrafa na geladeira por 3 horas. O óleo vai se solidificar. Deite e corte a garrafa o mais junto possível da linha do óleo. Isso facilita sua retirada. Guarde em vidro de boca larga com tampa. Ele vai ficar líquido se a temperatura ambiente estiver acima de 27 graus.

Extração no fogo à moda de Bali

Coco ralado à mão no ralador de coco; misturar com água quente e amassar com as mãos até esfriar. Espremer com força para soltar po máximo possível de leite. Esta é a primeira prensagem. Mais água quente é adicionada ao coco já espremido e o processo se repete. Três cocos produzem mais ou menos um litro e meio de leite de coco.

O leite de coco é posto num fogo de bom tamanho para ferver alegremente. Duas rodelas de cúrcuma são adicionadas (e removidas uma hora depois). A cúrcuma colore o óleo e quem ensina diz que o mantém "fresco". Provavelmente dá algum sabor também - o que não faz muita diferença, porque em todo prato de Bali que usa óleo de coco a cúrcuma também entra.

Lá pelas tantas a mistura faz espuma, deixe estar. Uma hora depois o óleo começa a aparecer nas beiradas. O mestre borrifa água fria na superfíce fervente e diz que é para drenar melhor o óleo.

A panela sai do fogo depois de mais ou menos uma hora e meia. O líquido está reduzido à metade, a espuma se dissipou e a superfície está coberta por uma camada fina de óleo dourado.

O leite-óleo é passado por um coador de tela ou peneira fina para capturar a espuma e quaisquer pedacinhos de polpa de coco. Volta à panela e descansa para que a matéria sólida do leite de coco assente no fundo.

Cinco minutos depois já se pode retirar o óleo da superfície com uma concha ou cumbuca. Esse óleo vai para uma caçarola de ferro pequena, posta ao fogo por quinze minutos; sai dele borbulhando e espirrando, mas em poucos minutos arrefece e se revela um óleo quase límpido.

Todas as sobras do processo ainda são coadas e espremidas mais uma vez para aproveitar cada gota.

Outro método de extração no fogo


5 cocos médios ou grandes para fazer 1 xícara de óleo. Depois de obter o leite de coco, batendo ou ralando e espremendo, coar e deixar descansar por 24 a 48 horas. O creme e a água vão se separar, a água fica no fundo. Retire o creme com uma escumadeira e ponha numa panela grossa e funda (porque ele espirra quando ferve). Deixe ferver devagarinho em fogo médio ou baixo. Lentamente o óleo aparece por cima. Afaste os resíduos de coco para o lado. O óleo fica mais claro. Vá tirando com uma colher e fervendo até não ter mais nada a retirar.

Observe que as panelas são sempre grossas, de ferro fundido, esmalte ou pedra-sabão, para um cozimento lento. Panelas finas fariam o óleo ferver demais.

Pão de coco usando o bagaço que sobrou

2 xícaras de farinha de trigo bem cheias
1 colherinha (café) de sal
4 colheres (chá) de fermento em pó
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal derretida, óleo de coco ou azeite de oliva
1 xícara de coco ralado, não muito apertado
2 colheres (sopa) de açúcar branco, cristal ou mascavo
1 xícara de leite de coco diluído meio a meio com água, ou de leite animal

Peneire a farinha, o sal e o fermento numa vasilha
Separadamente misture o coco e o açúcar e junte à farinha
Adicione o leite e a gordura (óleo de coco, azeite ou manteiga)
Amasse por 5 minutos ou até obter um bolo de massa bem aglutinada, oleosa na superfície
Cubra e deixe crescer por 10 minutos
Achate a massa para ela virar uma panqueca gorda, com +- 2,5 cm de altura
Ponha numa assadeira untada e faça furinhos por cima com um garfo para decorar
Asse em forno médio (120 graus C) por 20 minutos ou até dourar. Deixe esfriar para comer.

Fontes com boas imagens

http://www.chezlin.com/2008/07/coconuts-101-different-ways/

http://www.simplytrinicooking.com/2008/07/homemade-coconut-oil-trini-style.html

http://www.ehow.com/how_4884719_homemade-coconut-oil.html

http://www.your-how-to.info/2008/01/how-to-make-your-own-virgin-coconut-oil.html

http://www.simplytrinicooking.com/2008/07/coconut-bake.html

212 comentários:

1 – 200 de 212   Recentes›   Mais recentes»
p.césare disse...

Salve, Sônia Hirsh! Esse post é um verdadeiro "tratado" sobre o óleo de coco. Hoje mesmo eu quase comprei um vidrinho naquela lojinha franqueada de produtos naturais, mas o bolso não permitiu (ainda bem!). Só uma pergunta: pode-se consumir diariamente o óleo? Qual a quantidade ideal?
Vou logo arrumar os cocos e preparar o meu, depois escrevo dizendo como me saí. Saludos, paulo.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Paulo, o ideal é consumir no mínimo 2 colheres colheres de sopa por dia. Para fins terapêuticos pode ser de manhã, em jejum, e à noite, ao deitar. Mas vale passar na torrada, usar para refogar folhas, dar gosto na moqueca, temperar a sopa e o que mais rolar.

E tem mais sobre o óleo de coco em www.correcotia.com/mulheres/sodacoco.htm .

Aguardamos suas boas notícias! Abração! :-)

sylribeiro disse...

Oi, Sonia! esse bagaço que sobra e é bom para os intestinos, da pra usar de que modo alem de fazer as cocadas e o pão?
beijão

Sonia Hirsch disse...

Bom, acho que se pode congelar em pequenas porções e misturar a qualquer coisa que se queira enriquecer com fibras em vez de usar farelo de trigo, que é um produto meio velho, sujeito a fungos e outras minúcias...

Cesar disse...

Sonia, você tem idéia do rendimento de cada coco ? Quanto sobra de óleo? Eu já uso o virgem e orgânico a uns 3 meses, e me sinto muito bem, a minha esposa que tinha o intestino muito preso,ficou super regulada,agora vai ao banheiro regularmente.Um grande abraço.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Cesar, uma das receitas diz: 5 cocos médios ou grandes para fazer 1 xícara de óleo. Abração!

Anônimo disse...

Oi Sonia!!! Um abraçao pra vc e obrigada por ser generosa com a gente passando as informaçoes .... Tenho 21 anos e sou asmatica e alergica. Gostaria de começar a tomar o oleo de coco mais estou amamentando e meu bebe tem só 21 dias. Posso tomar????
Mil beijos e fique com deus!!!!
Izadora

Sonia Hirsch disse...

Claro que pode, Izadora. Vai ser bom para você e para ele. Pode usar também para fazer massagem na barriguinha dele e para passar nas partes mimosas.

Asma e alergia falam de vermes. Assim que puder é bom você ver isso, por você e por ele. Abração, felicidades! :-)

cmclop disse...

Sonia... posso o coco verde ou tem que ser o de casca marrom?

cmclop disse...

Ah! Esqueci!
Qual a diferenca deste oleo de coco virgem e do extra virgem que existe a venda?

Sonia Hirsch disse...

O coco verde tem água boa e pouca polpa, não serve para extrair óleo, melhor comer de colher. O óleo é obtido do coco maduro fresco, ou seja, geralmente a casca já está sem as fibras e fica marrom. Mas se estiver velho, com a polpa muito seca, é dureza.

Não existe oficialmente a designação extravirgem para óleo de coco. Veja mais sobre isso em www.correcotia.com/mulheres/sodacoco.htm .

Anônimo disse...

Oi Sônia,

Como fermentar o líquido que sobra do processo de extração do óleo de coco para fazer vinagre?

Beijo,

Regina.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Regina, não sei.

Anônimo disse...

Excelente, Sonia! Amei! Só gostaria de saber o que fazer pra deixar o óleo perfumado e o que colocar para conservá-lo por mais tempo.

sylribeiro disse...

Oi, Sonia, queria te perguntar uma coisa, estou refogando as folhas verdes com o oleo de coco, desta maneira consegui usar e sentir um efeito muito bom!
eu nao costumo refogar nada, alem das folhas verdes, e uso azeite cru por cima da comida.
a dupla funciona bem ou não, na sua opinião, e qual seria medida diária de cada para nao exceder?
mil obrigados!

denise disse...

olá sonia, eu moro na África e aqui é comum usar o oleo de coco , mas eles fervem o leite até extrair o oleo, nao sei se desta maneira ele tb guarda as propriedades.Eu fiz todo o processo que vc ensina para tirar a frio, mas nao tive sucesso, se puder me mandar mais informacoes eu agradeço.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Denise, as receitas estão aí em cima e dão certo. Não desanime! Outras informações em www.correcotia.com/mulheres/sodacoco.htm .

O óleo tradicional daí não perde o valor antimicrobiano por ser fervido. Os antioxidantes perdidos você pode conseguir de outro alimento.

Um abraço :-)

Beth disse...

Sônia, na primeira vez que fiz o oleo de coco só utilizei UM COCO prá ver se dava certo e ficou ÓTIMO.
Hoje fiz o oleo com 2 cocos e com o bagaço do coco,que ficou bem fininho, fiz um BOLO DE FUBÁ
delicioso.
Depois mando a receita.
Beth

Sonia Hirsch disse...

Oi, Beth, que delícia! Manda o bolo! :-)

Anônimo disse...

Sônia, gostaria de saber se esse óleo extraído em casa pode ser utilizado nos cabelos...

Sonia Hirsch disse...

Ué, porque não poderia? Sim, sim, sim! O óleo que a gente compra também foi feito de muitos extraídos em casa...

Anônimo disse...

Muito obrigada, vou tentar fazer o óleo, minha filhinha de 4 anos tem o cabelo muito ressecado, vou adicionar o óleo de côco para ver se melhora...

Thaizi Helena Luz disse...

Estou triste com o rendimento do óleo. Fiz de quatro côcos e talves não dê duas colheres de sopa. É muito trabalho para pouco rendimento...

Anônimo disse...

vc pode ensinar extrair o oleo de gergenlim e o mesmo processo adorei faser o de coco tudo que e para o nosso requer esforço se fisermos sem reclamar tudo sai maravilhoso

Anônimo disse...

thaizi alem de vc aprender vc ainda reclama mulher então vai comprar ja que vc pooode

Anônimo disse...

pois eu agradeço a DEUS tudo que eu aprendo que venha para o meu beneficio e mara faser esse oleo e uma terapia vou ate ensinar

Sonia Hirsch disse...

Óleo de gergelim, tem que moer as sementes e espremer. Mas não sei se a semente leva algum preparo.

Anônimo disse...

estou anciosa para fazer o oleo de coco eu gostaria de saber para fazer 1lt quantos coco usam

Sonia Hirsch disse...

5 cocos médios ou grandes para fazer 1 xícara de óleo.

Thaizi disse...

Olha, eu não estou reclamando não. Fiz justamente por que não posso comprar. Até por que onde moro não tem e fica muito caro pedir pela internet. Apenas achei que o rendimento era maior. Pena que fui mal interpretada...

Sonia Hirsch disse...

Oi, Thaizi, também não gostei do comentário impaciente, protegido pelo anonimato. Mas a informação já estava lá nas receitas, você deve ter passado por ela sem ver. E tem muito coco aí na sua região? Um abraço!

Thaizi disse...

Oi Sônia, pois é, moro no interior do PI e minha casa fica localizada em um terreno de 40x40m. Então, meu marido andou plantando uma porção de frutas e muitos pés de côco. Então fiz com o que tinha em casa. Eu vi o rendimento sim, mas achei que daria um pouco mais. Estou utilizando o óleo juntamente com um creme de pentear nos cabelos da minha filhinha de 4 anos. Estou gostando muito. Assim ele rende mais um pouco. Quando acabar vou fazer mais.
Um abraço para você também!

Anônimo disse...

Use sempre. é saudavel , natrual combate virus aumenta a resistencia imunologica

Anônimo disse...

Hei Sonia, Hei Thaizi, estou tentando a produção artezanal do óleo de côco, minha pesquiza indica que é naturalmente saudavel, combate alguns virus é um tonificante imunológico e pode ser usado tanto na alimentação quanto na cosmética. quem peder me enviar material, sou L. Bueno de guerra estou em jornalaguasclaras@hotmail.com grato

raquel e fabiana disse...

oi sonia adorei sua receitas e seus comentarios sobre o oleo de coco!Minha tia e eu vamos providenciar amanha mesmo os cocos para extrair o oleo. Nós lemos em uma revista os beneficios do oleo de coco e ficamos surpresas, entao resouvemos pesquisar na internet e encontramos sua pagina.gostariamos de saber se o coco babaçu possue as mesmas subistancias? um grande abraço ! raquel e fabiana.Tocantinia-To.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Raquel e Fabiana, o óleo de babaçu possui sim as mesmas propriedades. Ele é um dos três óleos láuricos, junto com o de coco e o de palmiste, veja mais em http://www.correcotia.com/mulheres/sodacoco.htm . Abração!

maria do socorro disse...

ole gostaria de saber mas sobre a retirada do oleo de coco... quantos coco gasta para fazer um litro de oleo virgem gostaria de saber me manda por e-mail.....obrigado sergio nascimento

Andréa Vasconcellos disse...

oi Sonia, obrigada pela dica. Já achei aqui tudo que precisava sobre o óleo de coco!
um abração, Andréa

Anônimo disse...

olha esse oleo de coco ,realmente e' otimo!dpois q comecei a tomar consegui emagrece 3kg em uma semana

loriany disse...

oi sonia agradeco ter encontrado suas receitas aqui,mas tive 1 duvida quando fiz o oleo de coco estra virgem como ta na receita,nao se se fiz certo se realmente foi o oleo ou o liquido que consegui por que o leite subiue dai tirei cm 1 conxa e joguei fora,e fiquei cm o liquido de baixo sera que fiz certo.estou louca para saber se fiz certo.um abraco

Sonia Hirsch disse...

Oi, querida, não sei o que dizer, espero que tenha acertado! Abração!

Anônimo disse...

Oi sonia...
Meu nome é Fernanda e eu ouvi a primeira vez sobre o oleo de coco pelo meu sogro, que me disse que quando pegamos sol com o oleo ficamos com um bronzeado lindo além também do coco ter a propriedade de hidratar pele, pois entao, moro em MG e aqui nao se encontra esse oleo nem por reza brava!! Viajei pra Paraíba agora na semana santa e comprei de um ambulante que pssava pela praia o oleo de coco, e usei todos os dias na praia. E não é que me deixou com uma cor fantastica!!!
fiquei de comprar mais mas nunca mais achei o homem que me vendeu, entao, voltei p MG com o restinho que me sobrou e fiquei querendo mt aprender, gostaria de saber se esse óleo ahi que vc ensina pode ser usado como eu usei o que eu comprei na Paraíba, como bronzeador!
Muito Obrigada!!!

Sonia Hirsch disse...

Claro que pode. Comprei desse óleo certa vez em Jericoacoara, tinha escuro e claro. O escuro fica mais tempo no fogo e dura mais, não serve para comer. O claro é esse das receitas acima, bronzeia do mesmo jeito e tem mais efeitos medicinais.

Angel disse...

OI Sonia, não tenho muito tempo e aqui em Recife só tem o Mundo Verde que vende Copra "Extra Virgem", 200 ml R$17,50 e o de 500 ml R$ 34,00. Comprei o de 200 para experimentar já que não podia abrir para cheirar, o que fiz logo que cheguei em casa. Tem cheiro de coco, não é aquele cheiro maravilhoso mas tem um cheirinho...não é nenhuma brastemp mas é só o que achei por aqui...o que voce me diz? melhor do que nenhum né? Tenho candida e outros bichos. Ainda vou ver o preço dos lactobacilus acidofilos na farmácia de manipulação....por enquanto estou passando um pouco do meu maravilhoso iogurte caseiro lá nas partes mimosas. Vocè é o máximo, uma mulher mesmo fantática, estudiosa e generosa. Beijos

Sonia Hirsch disse...

Torço pela Copra, Angel. Vou ficar muito contente se souber que o sabor do óleo também é bom. Abração!

marcelo andress hadida disse...

Sonia,,tenho um coqueiral 240 pes,na região de Areia Branca RN, planteí mais 240 pés agora pouco tempo,,tenho condiçoes hoje de produzir 4 a 5 mil cocos por safra,,,o local é 100% orgánico e tenho na fazenda de montar uma mini industría.Preciso de sua ajuda em contatos,já sou produtor de mel orgánico,..Obrigado e parabens pelo seu trabalho.>>>>praiapontadomel@yahoo.com.br>>>
Marcelo Andress Hadida

Sonia Hirsch disse...

Oi, Marcelo, em que tipo de contatos você pensou? Adoraria te ajudar, mas sou escritora, só entendo de textos e livros... Parabéns pela produção, um abraço!

Anônimo disse...

oi !!
andeu aabendi que o óleo de coco tambem emagrece, qual a maneira correta de tomar para qeu eu veja esse efeito magrecedor ? preciso oerdr uns 10 kg
beijos

Sonia Hirsch disse...

Dizem as doutoras Mary Enig e Sally Fallon que, para emagrecer, deve-se tomar 1 colher de sopa de óleo virgem de coco em 1 copo de água quente, como se fosse chá, 20 minutos antes de comer.

E tem que fazer dieta, né, bem? Tirar açúcar, pão, queijo, leite, refri, sobremesa, pizza, suco, vitamina, shake, ração humana e outras bobagens. Um abraço!

Ti Oliveira disse...

Sônia querida, como vai esta força?OLhe, fui fazer o óleo hj e mesmo escolhendo cocos, com supostamente mta água, ficou mt aqueém das 3 xícaras da quantidade q indica no método prático.Vc acha que posso tentar de novo e se precisar, pra completar, posso pegar água do coco verde?tem problema?
Obrigada por sua disponibilidade e carinho sempre
beijão Tiana

Angel disse...

Sonia, eu não conheço o óleo de coco que você usa mas quando você fala nele dá até pra sentir o aroma e o sabor.... Então posso estar sendo muito crítica mas o óleo de coco da Copra (tenho usado todos os dias) além de ser totalmente transparente e incolor (tipo nujol ou óleo johnson) penso que seu sabor poderia "ter mais presença de coco". Porém só poderei fazer a devida comparação quando conhecer uma outra marca.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Angel, se não tiver sabor amargo já está bem bom!!! Mas o que eu uso tem um cheirinho fresco e o sabor do coco, é o TheraHerb, que por enquanto está ótimo - e acredito que continue, já que as Filipinas têm alto interesse na geração de bons produtos de exportação, como o Brasil também poderia ter.

Zara disse...

Olá Sonia, parabéns pelo seu blog, é genial. Tenho uma dúvida: deve-se tirar aquela pele grossa e escura do coco e só usar a parte branca, ou usa-se tudo junto para extrair o óleo?

Anônimo disse...

edicleide fis a cocada como tem dito em todos os comentarios a sima e abaixo e adorei ficou uma delicia como se diz o ditado vivendo e aprendedendo a prendendo e sobre vivendo.

Sonia Hirsch disse...

É isso aí, Edicleide!

Sonia Hirsch disse...

Oi, Zara, não precisa tirar a casca fina porque depois vai coar.

Minha resposta anterior saiu com Po em lugar do Oi e ficou grosseiríssima, desculpe. As letras são vizinhas no teclado e aconteceu. Um abraço!

Ti Oliveira disse...

Oi Sônia querida, td bem?
Tentei fazer o óleo pelo jeito"prático", mas queria tirar uma dúvida...deixei no ambiente escuro por 48 h quando fui tirar, ja estava um liquido separado, um aquoso embaixo e outro meio espumante amartelo em cima(me pareceu um o leite de coco fermentado).Daí coloquei assim na garrafinha pet e deixei as horas necessarias.Passei pra geladeira...continuou aquela separação, porém,a única parte q se solidificou, foi a espuma meio amarela, a parte aquosa debaixo continuou liquida...nao seria o contrario?Consegue enxergar o q deu errado?obrgada pelo carinho bjs
Tiana

Sonia Hirsch disse...

Oi, Ti, talvez esse método prático não seja tão prático, ou a receita não esteja bem explicada. Hora dessas vou tentar fazer desse jeito pra ver no que dá. Um abraço!

ivonildo@hotmail.com disse...

tenho ideias pra comercialisar e vender em quantidade o oleo de coco eu fabrico ou compro e como faco por favor Dona Sonia a Sra.pode me ajudar eu sou o unico terapeuta ortomolecular natural e desenvolvi um programa de rejuvenecimento ortoglandular assim o denominei conclui que quando tiver com 100 anos apare tarei no maximo 70

Sonia Hirsch disse...

Oi, Ivonildo, acho muito legal a ideia da ortomolecular natural. Estes dias andei pesquisando a Moringa, que poderia ser um carro-chefe dessa terapia, conhece? Mas infelizmente não tenho ideias para ajudar o seu projeto, fico só aqui, estudando e escrevendo. Desejo a você todo o sucesso, especialmente aos 100 anos. Um abraço!

Anônimo disse...

Muito boa a receita fiz ao modo Bali e deu um resultado muito bom com um leve sabor de coco queimado, quem experimentou gostou.

Anônimo disse...

Sonia, eu tenho gordura no figado e estou tomando oleo de coco duas colheres de sopa de manha e duas a noite. Mas esta prendendo o meu intestino. Eu não sei se é pelo oleo ou outro motivo. Você pode me explicar eu ficaria muito grata por isso. Pois eu li uma materia agora pouco que, quem ter gordura no figado parece que não deve tomar! beijos, Solange

Zara disse...

Bom dia Sônia, e não se preocupe com o erro na digitação, nem reparei mesmo.
Eu tenho feito uma gordura de côco(uma alternativa para o óleo) da seguinte forma: bato o côco com a própria água dele e um pouco mais de água filtrada. Espremo bem no pano e coloco o leite num pirex largo e levo imediatamente à geladeira (aqui em Goiânia é muito quente). Ele separa em três partes: a gordura solidificada fica por cima, o leite ao meio e um resíduo fininho no fundo. Retiro toda a gordura de cima e uso assim mesmo, sem aquecer, fica ótima também, para passar no pão e colocar na comida, acho que fica mais integral e de um sabor muito agradável, porque não deixo fermentar. O leite que sobra com o resíduo fino do fundo substitui o leite de vaca, e é um poderoso rehidratante (mata a sede...rs). E a massa que fica no pano, adoooro comer pura, com bananas, nas vitaminas, coloco na massa do pão, em bolos e biscoitos, e agora estou procurando algumas receitas salgadas também. O rendimento tem sido para 4 côcos não muito grandes, retiro a quantia que cabe em um pote de margarina pequeno, bem cheio.

Um abraço e obrigada.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Solange, adoraria te ajudar mas confesso minha total ignorância nesse assunto. Melhor você perguntar para o médico,não? Um abraço!

Sonia Hirsch disse...

Oi, Zara, também coloco o leite de coco direto na geladeira e adoro esse creme de coco que fica por cima, é dos deuses, né? Muito obrigada pela receita. Achei ótima ideia você trocar o leite de vaca por esse leite aguado de coco, leve e nutritivo. Um abração - e haja coco!

Franci disse...

ouvir hoje na academia o comentario sobre
o oleo de coco q faz milagre so q perguntei o preço e no momento nao dar ai procurei a net e te encontrei vou fazer amanha mesmo
beijos e obg Sonia pela dicas

Sonia Hirsch disse...

Boa sorte, Franci!

Pedro Barr disse...

Oi Sonia... legal suas dicas obrigado. Fiquei curioso a respeito do vinagre de agua de coco. Onde posso pegar mais informações sobre isso??

Anônimo disse...

Boa noite Sônia,

obrigada pelas receitas, estou com vontade de extrair o óleo para fins estéticos e capilar. Será que uma pessoa que vai tentar pela primeira vez consegue obter o óleo? Para perfumá-lo posso adicionar essência de coco?

Obrigada pela atenção

Sonia Hirsch disse...

Oi, Pedro, procure por *coconut vinegar* no Google pra ver se aparece alguma coisa. Não estou conseguindo buscar nada hoje, deu tilt no Google aqui em casa.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Anônima dos fins estéticos, mas você quer colocar uma essência artificiosa numa coisa natural antes mesmo de fazer? É muita insegurança, garota. Se tanta gente acerta, por que você não vai acertar?

O óleo virgem de coco TheraHerb tem um cheirinho de coco muito bom. Naturalíssimo.

Anderson disse...

bom dia sonia ... pelo que andei vendo o oleo de coco virgem ou extravirgem é excelente, mais teria um oleo de palmiste que teoricamente traria os mesmos beneficios inclusive sendo estaveis e naum perdendo as propriedades em temperaturas elevadas .. até onde isso seria verdadeiro? o oleo de palmiste serveria tbm para consumir puro e ajudaria a emagrecer? Teria como vantagem o aroma e o valor que é muito mais baixo.

muito obrigado e parabens pelo trabalho.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Anderson, e agora aquela perguntinha chata: mas você tem o óleo virgem de palmiste disponível? O óleo de coco, tem... :-)

Anderson disse...

exatamente ... o oleo de palmiste ñão é virgem ... dizem ser refinado por vitamina c naum prejudicando. não entendo muito disso .. o que eu penso é: seria muito caro manter o oleo virgem para substituir o oleo usado na cozinha ... ja o palmiste pelo valor seria mais acessivel ... ai que ta, e no caso de utilizar o virgem puro e o palmiste para substituir o oleo de cozinha?
procuro informações na net mais esta muito confuso ... os vendedores do oleo de palmiste prometem td mais eu gostaria de saber a real...
mais uma vez obrigado

Valteir disse...

moro em genebra na suissa vc sabe mim dizer vse encontro o oleo de coco aqui obrigada espero resposta .... beijos viviane

Anônimo disse...

Oi,O oleo de coco pode ser tomado puro ou deve ser utilizado so no alimento?
Agradeço desde ja...

Sonia Hirsch disse...

Oi, Anderson, o mundo está cheio de coisas boas e de coisas mais ou menos. Eu diria que o óleo virgem de coco é uma coisa boa. Já o refinado de palmiste, com todo seu ácido láurico, na minha cotação é mais ou menos. E ser caro é relativo. Quanto se gasta em outras coisas menos importantes? Um abraço!

Sonia Hirsch disse...

Oi, Viviane, tente em www.virgincoconutoil.co.uk . Eles mandam para toda a Europa. Um abraço!

Sonia Hirsch disse...

Uma colher (sopa) de óleo virgem de coco puro, em jejum e antes de dormir, é muito medicinal. É a forma mais recomendada de seu consumo.

Anderson disse...

obrigado sonia, ja comprei e estou consumindo o oleo de coco extra virgem de manha e a noite. Continuo a procura de um bom oleo para cozinhar, acredito q entre coisas boas, mais ou menos e ruins (colocaria os oleos tradicionais não estaveis a temperatura como ruins)...acredito q o palmistre ser mais ou menos e sem forte aroma seria uma boa opção para substituir os oleos tradicionais, mantendo o extravirgem manha e noite.

abraço e muito obrigado.

Sonia Hirsch disse...

Se você está se referindo ao azeite de oliva como inadequado para cozinhar, Anderson, está muito enganado. Ele só não é bom - como qualquer óleo - quando atinge o ponto de fumaça. Quem não faz fritura, só refogadinhos (como eu), pode usar azeite de oliva direto, com grandes vantagens sobre qualquer óleo refinado, seja de palmiste ou outro. Veja mais em http://www.soniahirsch.com/2010/04/comer-bem-um-fio-de-azeite-de-rosa.html
Um abraço!

Marilza Correia Lima Dettogni disse...

Sonia!
Vc é realmente sensacional!
Seu amor pela humanidade faz com que vc tenha uma paciência ilimitada e uma caridade sem fim, pronta para dividir o que sabe.
Deus te abençoe!
Beijos
Marilza Dettogni - Vila Velha - ES

Sonia Hirsch disse...

Oi, Marilza, agradeço as bênçãos. Não sei se já é amor pela humanidade. O Dalai Lama diz que é muito difícil a gente sentir compaixão quando não está habituado. E como é que começa? Fingindo que sente. É o que eu procuro fazer, encarando certas coisas como mestres da paciência, outras como mestres da compaixão, algumas como ossos do ofício... E assim posso agradecer um pouco por fazer o que gosto e ter uma vida boa. Um abraço!

Anônimo disse...

BOA TARDE SONIA, TENTEI FAZER A EXTRAÇÃO DO ÓLEO DE COCO, A FRIO.ELE NÃO FILTROU, NO FILTRO DE PAPEL, E FICOU COM ODOR DESAGRADÁVEL(PODRE).A MINHA FALECIDA AVÓ FAZIA À MODA DE BALI.GOSTARIA DE SABER, SE DESSE MODO, PERDE MUITAS PROPRIEDADES? QUERO USAR NO CABELO PARA HIDRATAR E RECUPERAR O BRILHO.
GOSTEI DA RECEITA DA ZARA 12/05/10.VOCÊ DISSE QUE FAZ USO DESSE CREME DE COCO, QUE FICA POR CIMA.QUAL É O TEMPO DE VALIDADE DELE?
TENHO UMA DICA:MISTURA A ÁGUA E O RESÍDUO FINO QUE SOBRA.USAR PARA LAVAR O CABELO, E O ROSTO(PELE SECA).
UM ABRAÇO,ANDREA.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Andrea, o óleo à moda de Bali é fervido, perde as vitaminas antioxidantes, mas continua sendo bom para todas as finalidades - pele, cabelo e fungos, entre outras. O creme de coco dura no máximo 48 horas. Eu acho bom usar no mesmo dia tanto o leite quanto o creme, porque o sabor se altera com o tempo.

Sobre o filtro de papel, eu também nunca consigo sucesso quando a receita manda usar. Uso pano de fralda ou filó. Um abraço!

Mika disse...

Olá no método 1. não diz como separar o oleo do leite é só deixar em repouso e aguardar. grata. Michele Vital

Sonia Hirsch disse...

Oi, Mika, ele fermenta e separa naturalmente.

Ti Oliveira disse...

Sônia, minha querida, mt querida!
Estou escrvedno pra dizer, q descobri uma nova empresa no brasil q tah comercializando oleo de coco organico. Se não me engano a única por aqui.Parece ser bem legal,e fica num lugra mto pobre na Bahia, onde com a mão de obra ajudam gente tbm!
site: www.finococo.com.br

obrigada por td sempre
o neném tá ótimo jah! dei mto chá de flor-delotus!!
muuuuito obrigada
bj enorme com carinho
Tiana

Zara Hoffmann disse...

Olá Sônia, eu sempre ando uma passadinha por aqui para ver não só as novidades, e adoro esta interação dos comentários, como é bom compartilhar conhecimentos..!

A Andréia (23/06/2010) perguntou quanto tempo dura o creme de côco, e como eu coloco imediatamente na geladeira ele dura até uma semana, uso no pão e para temperar refogados e sopas.

Um abraço
Zara

Sonia Hirsch disse...

Oi, Zara, também adoro essa convivência que rola aqui! Você separar o creme da água, né? Acho que o meu azeda porque nunca separei. Vou experimentar fazer isso e deixar a água fernentando para virar vinagre. Abração!

Anônimo disse...

Oi Sonia parabens!!!!!as informaçoes sobre o poder do oleo de coco sao otimas!!!!!!minha tia fazia quando eu era criança do jeito Bali amei vou fazer para minha netinha por nos cabelos Deus te abençoe viu bj Fafa Pb 020710

Sonia Hirsch disse...

Eba, oba, óleo virgem de coco é luxo para todos! ♥

Angel disse...

Sonia, conforme acima, aqui em Recife continuo usando o óleo de coco da Copra. Estou me sentindo super bem. Ele tem vindo cada dia melhor. Só que dessa vez reparei que na embalagem está escrito "depois de aberto consumir em 45 dias". Impossível. Demoro mais de dois meses com um vidro de 500 ml(R$ 34,00) . Tem problema?

Sonia Hirsch disse...

Oi, Angel, esse aviso é estranho porque sendo virgem, ele teria antioxidantes que garantiriam mais tempo de uso. O que você pode fazer é transferir o conteúdo para um pote de louça com tampa, assim ele não pega luz (os raios de luz degradam as gorduras). Um abraço!

Angel disse...

OBRIGADA! Tão bom falar com quem entende do assunto! beijos

flavio disse...

Sonia, efetuei o procedimento de extração de óleo, mas deixamos 48 horas descansando, mas ficou com um cheiro muito forte (ruim), poderia me auxiliar no processo, para não ficar com esse cherio

Sonia Hirsch disse...

Oi, Flavio, às vezes o coco não está bom. Outro dia abri dois passados, o terceiro estava ok. O jeito é insistir na feitura até dar certo. É assim que se adquire experiência :-) Um abraço!

Sonia Hirsch disse...

Oi, Taty, você nem imagina o quanto fico feliz com a sua aprovação do óleo. Também torço para que o Brasil assuma sua condição de República Livre do Coqueiro e todos sejamos felizes comendo óleo virgem de coco!

Acho que vale sim a pena você tentar visitar a fábrica e checar os laudos, os fornecimentos etc. Eu soube da alegação de que os outros branqueiam o óleo através de alguém que estava presente no momento, numa feira em SP. E já sabia que o marketing deles é meio desastrado, pelo procedimento comigo. Por que ainda não mandaram as amostras oferecidas? Claro que eu diria aqui se não gostasse, como diria se gostasse...

Minha razão para continuar com o importado é muito simples: a qualidade é boa e compro por atacado, porque uso diariamente na cozinha, na pele e no cabelo, e considero um ótimo investimento. Divido a caixa com amigos. Sai mais barato para todos e aumenta o coeficiente geral de felicidade. Também vendo meus livros com descontos grandes para compras em grupo. Não há favor, é bom para todo mundo. Um abração, boa semana e dê notícias!

Brígida disse...

Olá!
Aprecio muito esta dica! Gostaria de obter sua permissão para publicá-la no meu site sobre permacultura, com os devidos créditos e links. No endereço www.conhecer.co.nr

Grata =D

Sonia Hirsch disse...

Oi, Brígida, fique inteiramente à vontade! Obrigada e um abraço!

RTM disse...

Oi Sonia, adorei seu Blog muito explicativo e notei que vc ajuda muito pessoas. Então, sou homem tenho 26 anos e creio que estou sofrendo com esta tal candidiase. Fui em uns três urologistas, mas eles nem ligam muito só passam o tal do fluconazol e uma pomada e pronto. Faço o tratamento e depois volta tudo dinovo, um inferno. Acho que vou comprar esse óleo de coco, pois pelos comentários ele parece ser muito bom para eliminar fungos e bactérias, também vou deixar de comer um pouco de chocolate, pois sou chocolatra..kkk. Vc acha que o oléo pode me ajudar? Se tiver mais alguma dica, concerteza irá me ajudar.kkk. Essa coceirinha pertuba muito...
Parabéns pelo Blog.

Sonia Hirsch disse...

Oi, RTM, as dicas estão bem espalhadas aqui no blog e a dieta está em http://correcotia.com/mulheres/candidiase.htm . Vou publicar um livro novo a respeito, sai agora no início de outubro. Melhorando a alimentação você se livra deste problema e de muitos outros que vêm junto. Um abraço!

Anônimo disse...

Oi Sônia, essa receita para fazer o óleo de coco, o leite de coco usado que é aquele que compramos no supermercado é?
bjssssssss

Sonia Hirsch disse...

Tem gente distraída... Ô Anônimo, não leu o primeiro parágrafo do post?

MJT disse...

Sonia, sou homem e to com muita coceira no prepúcio e glande do penis. Já fui no médico e ele disse que deve ser candidiase. Tomei remédio mas não adiantou nada. Vou ver se consigo melhorar a minha alimentação, pois pelo que li no Blog ela é o começo de tudo. Sabe se é melhor fazer o chá de orégano e tomar ou se é melhor somente lavar o local? Vc acha que o melhor Antifungico é o óleo de coco. Muito Obrigado e Parabéns pelo Blog.

Sonia Hirsch disse...

Oi, MJT,você pode lavar com água oxigenada 10 volumes e em seguida aplicar óleo de coco. O problema com o orégano é que leva muito pesticida.

O livro já ficou pronto, costura todas as ideias e receitas e acho que pode te ajudar muito. Um abraço, melhoras!

MTJ disse...

Obrigado Sonia, seu livro estará nas bancas ou só pelo Site? Já tem o valor?

Abraço.

Sonia Hirsch disse...

No site e nas boas livrarias, chegando esta semana. 35,00. No site, com frete grátis por e-sedex. Um abraço!

Anônimo disse...

te pergunto pq eu vi essa receita tb e fiquei na dúvida:

Você pega três garrafas de leite de coco, despeja em uma panelinha e leva ao fogo baixo, mexendo de vez em quando, até evaporar totalmente, vai ficar bem consistente, mas quando começar a engrossar bem(não deixe queimar e trabalhe com cuidado), desligue o fogo e deixe esfriar naturalmente. A gordura que ficar por cima é o óleo de coco e esse é o que faz maravilhas aos cabelos!!!!!

Sonia Hirsch disse...

Sim, essa é uma maneira de obter uma gordura de coco sem antioxidantes e cheia dos aditivos que vêm nas garrafas.

A diferença está na qualidade. Só que experimenta é que sabe.

E maravilhas para os cabelos, o óleo virgem de coco faz de montão. Para a pele, também. Para as mucosas. Etc etc etc. Olho vivo!

MTJ disse...

Sonia, muito obrigado pelas respostas. Então eu lí em alguns lugares que o limão também é muito bom no combate desta praga. Você já leu alguma coisa sobre isso? Em alguns sites diz que deve-se pingar algumas gostas de limão em um copo de água e tomar em jejum. Será que vale a pena tentar? Será que isso não pode dar algum tipo de gastrite...kkk

Muito Obrigado Abraço.

Sonia Hirsch disse...

O limão é benéfico em muitos sentidos, e sem dúvida beber água com gotas de limão, em jejum ou ao longo do dia, ou mesmo pingar na comida, pode ter efeitos maravilhosos - mas só você sabe do seu. Cada um com seu cada qual. Não provoca gastrite mas pode cair mal para quem não está bem do estômago.

O limão, embora seja ácido, tem efeito alcalinizante. Falo muito dele no livro. Um abraço!

Anônimo disse...

obridadah,então essa receita com as garrafas de leite de coco de supermercado não é boa para colocar nos cabelos?

Sonia Hirsch disse...

Jura que não entendeu a resposta?

Jussara disse...

oi, Sonia,
Li aqui neste post uma anônima falando que usou o óleo de coco na praia. Vou viajar na próxima semana para a Bahia em uns dias de férias, e gostaria de saber se posso usar o óleo no corpo direto ou se tenho que começar com um filtro e depois mudar para o óleo. A mesma pergunta vale para o rosto.
Abraços e thanks!

Sonia Hirsch disse...

Oi, Jussara, eu não uso nem recomendo filtro solar - o sol na medida certa só pode fazer bem à pele, e é bom não se expor nos horários de pico. O óleo de coco nutre e protege a pele. Boas férias, querida, e espero que seu livro, que está a caminho, chegue a tempo de ir junto... Abração!

Ti Oliveira disse...

OI Sônia querida!Tô escrevendo só pra saber como vc tá mesmo. Há mt tempo não comento mais(prei de te encher o saco!risos)
Quero desejar toda a sorte do mundo com este novo livro. Você SEMPRE tão generosa.
beijo grande no coração
Tiana

Jussara disse...

Obrigada, dear Sonia! Tb espero que o livro chegue a tempo! O que não vai faltar é vontade e tempo de sobra pra ler (incluindo as horas de conexão).
Faz horas que quero parar com o filtro solar, mas fico com aquele medo incutido pela mídia e pelos médicos. Sabe como é, demora um tempo pra tomar coragem. Aqui é muito quente o ano todo, então alguma proteção temos que passar na pele. Quem sabe essa é a deixa pra eu deixar o filtro e usar apenas o óleo.
Só mais uma pergunta: é preciso reaplicar o óleo ou só uma vez tá bom? Alguma sugestão de embalagem pra levar? Acho a garrafa de vidro meio arriscado.
Bjs e obrigadão!

Sonia Hirsch disse...

Ti, querida, você não me enche de modo algum! Se está em silêncio, é porque tudo anda bem? :-)

Eu tô boa, trabalhando muito pra divulgar este livro que, desconfio, não vai contar com a mídia. Repórteres querem mas editores não topam. O que me vale é o boca a boca e as muitas pessoas conscientes de que a medicação só funciona pontualmente.

Beijo grande e até já! ♥

Sonia Hirsch disse...

Oi, Jussara, você disse tudo: medo incutido pela mídia e pelos (maus) médicos. Governar pelo medo.

Não é preciso ficar passando óleo a toda hora - você mesma vai sentir. Mas tenha juízo se for sair de barco, por exemplo, e passar o dia ao sol. Vá devagar. Se possível, não ensaboe a pele no banho, depois, e sempre passe o óleo depois de tirar o sal com água doce.

O óleo de coco é usado tradicionalmente para obter um bronzeado bonito. Manda foto, tá? ;-) Abração!

Jussara disse...

Obrigada pelas dicas mais uma vez! Podexá que mando foto, sim ;).
Abraços.

Ajuda!!! disse...

Oi Sonia, estava pesquisando na internet sobre a candidiase e encontrei o seu Blog, muito Bom. Parabéns...Gostaria de perguntar uma coisa. Já fui em vários medicos e todos dizem para passar uma pomadinha e pronto, mas sempre volta o fungo. Minha dúvida é: meu pênis sempre que apresenta a coceira é apenas de um lado, tenho prepúcio e isso acho que ajuda bastante o fungo a prolifera né...uma merda esse prepucio viu, pena que já tenho 25 anos se não eu faria uma cirurgia para retirada. será que isso é normal?tem alguma medicamento natural para passar? vi umas fotos na net e mostra que ela atinge toda a glande mas no meu caso fica de um único lado. Será k to ficando loko...kkk

Mais um vez Parabéns..

Sonia Hirsch disse...

Oi, Anônimo, pra passar é o de menos. Volta porque a sua alimentação está ruim. Veja em www.correcotia.com/mulheres/candidiase.htm e em vários posts aqui do blog.

Pode lavar com água oxigenada 10 vol para um alívio rápido. E a namorada, se existe, também tem que se tocar. Não dá pra comer mal e ser feliz no sexo... ;-)

Ajuda disse...

Obrigado. Tenho namorada sim, ela até tem este corrimento esbranquiçado mas não apresenta nenhum tipo de coceira, ela vai todos os anos na médica dela e ela diz que é normal. Já o meu médico diz que ela também deve ter. Muito difícil de entender estas coisas.

Sonia Hirsch disse...

Eu acho que o seu médico deve estar certo. Nenhum corrimento é normal.

Anônimo disse...

Olá Sônia!
Há muito acompanho seu trabalho!E idem com sua dicas(principalmente do inhame,que por sinal sempre amei!!!!)
Ando sem força para nada, física e intelectualmente. Não consigo ter idéias, meu raciocínio está lento. Ando com insônia, troco dia por noite, e mesmo quando ainda consigo dormir 8h, n descanso nada. meu bruxismo piorou.Stress então, nem se fala, minha mãe anda assustada comigo!Meus cabelos caem aos montes, enfim, n vou relatar tudo aqui, basta eu dizer que todos os sintomas bateram c os sintomas que você relata nas pessoas que têm candidíase. Percebi que todos os sintomas da disbiose e o que a motiva são os mesmos da candidíase. Se é que não são coisas paralelas ou têm relação entre si (me corrija). Afinal, tudo a ver com organismo enfraquecido, flora intestinal desregulada...fungos comendo soltos..etc..
Acontece que mesmo odiando médicos e medicina alopática, me vi obrigada a recorre a tais depois de uma baita "gripe"e tosse q tive. Em outra situação não ira, mas, estava na época da "famigerada gripe suína",até ai nada mudaria, mas estava trabalhando c crianças de 1ano e meio a 6 de idade.Aí a coisa pegou. Fui obrigada a ir e aceitar os "devidos tratamentos".Foram mais de cinco meses a base de antibióticos..então..imagina né..organismo foi "pras cucuias"...(e não adiantou nada,a tosse só parou depois que decidi por deixar este serviço..)
há a possibilidade de me curar de disbiose com os mesmos procedimentos que coloca nas curas da candidíase? A alimentação minha já não terá muitas modificações assim porque há muito já evito muitas coisas...e adoteis muitas outras. Mas pergunto mais ainda em relação ao óleo de coco, alho e lactobacilos..enfim.
desde já muitíssimo obrigada!
beijos e toda sorte em seu novo livro!
Váh

Anônimo disse...

Oi Sônia, vi a resposta
Juro que não entendi se eu posso ou não usar essa receita com as garrafas de leite de coco de supermercado.
não encontro o óleo virgem aqui onde eu moro e para fazer dah muito trabalho.

Sonia Hirsch disse...

Bom, as garrafas têm aditivos químicos, conservantes etc. Eu não usaria. Faria em casa, como tanta gente faz. Mas, se você não faz questão de qualidade...

Ajuda!!! disse...

Oi Sonia, você já ouviu falar alguma coisa de comprimidos de Coplexo B, será que ajuda na imunidade mesmo, vi em um outro Blog que a pessoa tomava um compimido de manhã com Yakut e ajudava. A mulher também dizia que tomava bastante chá de orégano e que também lavava o local com o chá de oréganos para tentar eliminar a Candidiase. Além disso será que o chá de cravo da india também ajuda? Hoje em dia a gente desconfia de tudo né...temos que perguntar para as pessoas certas..

Obrigado

Sonia Hirsch disse...

Oi, Vah, a disbiose e a candidíase andam juntas e sim, você pode se recuperar se começar a ouvir mais a sua intuição. Recomendo a leitura no meu livro novo, acho que ele responde a muitas das suas questões: Candidíase, a praga - e como se livrar dela comendo bem. Um abraço!

Sonia Hirsch disse...

Oi, A., comprimidos de Complexo B ajudam a aumentar a imunidade sim, mas se houver verminose envolvida, tem que tratar. Yakult tem açúcar. Solta o intestino mas não creio que ajude tanto assim. Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Sonia!Muuuito obrigada!Comecei mais algumas mudanças alimentares e ja vou por em prática todo o tratamento.(o açúcar,mesmo o de merara q é o q uso,já ta indo embora de minha vida)Jà vou correndo pra livraria ver se já chegou o livro!certamente será "de cabeceira"!
Abraços!!
Vah

Anônimo disse...

Oi Sonia, tudo bem? Então to com um coceira danada no prepúcio que envolve a Glande do pênis, passei em uns tres urologistas, e sempre cremes e pomadas um inferno essa coceira. Agora passei em um alergista e ele me pediu dois exames um é chamado de Cultura de Fungos e outro de teste de sensibilidade, mas são um pouco carinhos.... Vc já ouviu falar? Tava lendo na net e diz que o teste de sensibilidade não é muito comprovável, aí tava pensando só em fazer a cultura.qual a sua opinião?

Muito Obrigado e Parabens pelo Blog...

Sonia Hirsch disse...

Oi, Anônimo, eu apostaria na cândida, que é a culpada em 99% dos casos. Você já fez uma análise da sua alimentação para ver se está alimentando a candidíase crônica? Porque tratamentos locais existem e funcionam, por exemplo lavar o pênis com água oxigenada e passar óleo virgem de coco, mas se a comidinha estiver cheia de doces, sucos e porcaritos, o problema vai continuar. E se a namorada estiver com corrimento, ficará reativando o seu problema; tem que se tratar também. Um abraço!

Rick disse...

Olá Sonia, tava lendo o seu blog e achei muito interessante, vc ajuda bastante a galera. Estou precisando de uma opinião sua, já passei em urologistas e continuo com um coceira na cabeça do penis, pelos sintomas é candidiase eles sempre receitam fluconazol e uma pomada chamada canestem, se ficar usando o mes todo resolve, mas logo que paro, passa uma semana e ela volta. Não sei mais o que fazer, já parei até de comer meus doces incluse o chocolate e odeio gordura. Como tenho prepucio, o médico pediu para fazer a postectomia, mas aí leio na internet que perde a sensibilidade do penis. Um inferno, desculpe o desabafo.
Parabens pelo Blog......

Sonia Hirsch disse...

Oi, Rick, o que eu tenho para ajudar é a dieta, aqui no blog, tb no site e especialmente no livro. Se a sua candidíase sempre volta, e o prepúcio ajuda muito a piorar a situação, acho que você deveria operar. Os judeus são circuncidados desde pequenininhos e nem por isso sentem menos prazer... Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Sonia, adorei seu blog, muito rica as informações que vc passa. Comprei o óleo virgem de côco, moro em Curitiba e encontro com facilidade o côco seco e o verde, já este intermediário acho que não soube encontrar. Vi que na loja tinha também o extra virgem (bem mais caro) e em cápsulas. Todas as três modalidades surtem o mesmo efeito com a mesma eficácia?
Beijos e obrigada pela ajuda que vc dá a todos.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Anônimo, tudo o que sei sobre o óleo de coco está em www.correcotia.com/mulheres/sodacoco.htm . Mas vou te adiantar: o coco que você chama de seco é o maduro. Enquanto está com água dentro, a polpa é fresca. É dela que se faz o leite para extração do óleo.

E não existe óleo de coco extravirgem, é firula do fabricante. O que experimentei, desse fabricante, nem virgem era. Um abraço!

Re disse...

Olá Sonia, após ler seu blog fiquei muito esperançosa em perder algumas medidas e já saí para comprar o óleo de côco virgem, encontrei da marca COPRA, essa é de boa qualidade? Abri, tem cheirinho e gosto bom de côco. A consistência é pastosa e a cor branca fosca. Quanto devo ingerir por dia? A vendedora falou em 2 colheres de sopa. Podem ser ingeridas de uma única vez misturadas na vitamina? A colher deve ser bem rasa visto que o produto é pastoso?
Beijos

Sonia Hirsch disse...

Oi, Re, se o sabor no fundo da garganta fica bom depois que você toma puro, então tá bom. Fica líquido acima de 25 graus, sólido ou cremoso, e branco, abaixo disso. Na dieta para candidíase, que emagrece, se usa 1 colher/sopa em jejum e outra ao deitar. E se você quer emagrecer, não tome vitamina. Frutas precisam ser bem mastigadas, no intervalo das refeições, uma de cada vez. Um abraço!

jenny disse...

Olá Sônia, fiz o óleo de coco ( 8 cocos) e rendeu 1 1/2 xic. Fiquei muito feliz e já estou fazendo uso dele. Já usei até nas assaduras do meu baby, que está com uma virose de diarréia e tive bons resultados. O meu óleo ficou um pouco turvo, tipo água de coco, mas o sabor é bom. será que não coei o suficiente? Muito obrigada pelas receitas.

Ramona disse...

Minha nutricionista me recomendou o óleo de coco. Tomei por 5 dias e meu intestino travou. Parei de tomar pq não aguentode dores abdominais e gazes. Isso é normal?

Sonia Hirsch disse...

Oi, Ramona, e você já ligou pra ela contando isso? Não é comum. Geralmente o óleo virgem de coco, importado das Filipinas, causa o efeito inverso: regulariza a função intestinal. Como também mexe com os possíveis hóspedes dos intestinos, seria interessante verificar se há parasitose ou tomar um antiparasitário polivalente - depois que o intestino voltar a funcionar com regularidade. Mas converse com a nutricionista sobre isso. Um abraço!

Nesia Pires disse...

Olá Sonia....
Amei seu blog,gostaria de saber,se o oleo de coco extraído a fogo,pode ser usado pra emagrecer?
abração.

Sueli disse...

Suelis Pereira
Olá Sônia, bom dia!
Quero dizer que preparei o óleo de coco e foi um sucesso... fiquei contente.

Por favor, gostaria de saber como faço para preparar o vinagre.

Obrigada.

Sinta-se carinhosamente abraçada por mim.

Su

Sonia Hirsch disse...

Oi, Sueli, que boa notícia! Adoro quando as pessoas acertam.

Sobre o vinagre, não tenho uma receita mas imagino que é só você deixar a água que sobra da fermentação numa vasilha, coberta por um pano de prato, até azedar agradavelmente. Um, dois, três dias? Você é que vai saber... Quando achar que está bom, coe, tampe e guarde na geladeira. Ou não. Tudo é experiência. Um abraço!

Suelis disse...

Oi Sônia, boa tarde!
Obrigada pelo retorno.

Fiquei com uma dúvida, quando preparei o óleo retirei aquela casca marrom da massa, ou seja, descasquei o coco. É necessário retirá-la? Poderia tê-la deixado. Meu óleo ficou beeeeeeeeem clarinho.

* A título de informação - 3 cocos renderam 180g de óleo.

Sinta-se carinhosamente abraçada por mim.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Suelis, para leite e óleo tanto faz deixar ou tirar. Se depois você for usar a polpa, é diferente porque a película marrom é muito seca e dura.

Há no mercado uma farinha de coco assim, digamos, integral. Muita fibra. Uma colher/sopa dessa farinha diluída em um copo grande de água, à tarde, faz uma bebida interessante, meio espessa e farinhenta mas nada que não se possa encarar. E o que a gente deixa sair no dia seguinte é uma obraprima. Um abraço!

Anônimo disse...

Ola Sonia!Gostaria de saber se comer a poupa do coco ralado traz os mesmos beneficios de tomar o oleo extra virgem.

Sonia Hirsch disse...

Sem dúvida comer o coco traz inúmeros benefícios, até porque tem fibras excelentes, mas solicita a digestão. Tomar o óleo virgem de coco não requer digestão e ele vai limpando as mucosas. É um concentrado das propriedades benéficas.

Jessika Crazy disse...

Olá Sonia !
Gostaria de te pedir um favor
bom eu tenho um blog tbm que tbm fala sobre o óleo de coco mas eu ensino para alisar os cabelo sabe
então muitas pessoas querem saber como extrair o óleo,eu não sei pq so faço comprar (pq onde vende é bem pertinho da minha casa e é muito barato)
enfim...Gostaria de saber se eu posso colocar o link do seu blog no meu blog e fazer proganda e se vc quiser fazer proganda do meu la no post "Alisar cabelos de forma natural"
então por que peguei a receita de como extrair na wikipédia e ta muito mal explicada e eu não gosto de roubar post's dos outros :D
Vc poderia fazer isso para mim ,divulgar meu blog e deixar eu divulgar o seu ?

Parabéns seu blog é muito bom !! vc é igual a mim gosta de ajudar os outros sem querer nada em troca

então vamos ser filiadas ? :D
http://jessikacrazynha2.blogspot.com/2011/02/alise-seu-cabelo-de-forma-natural.html
ta aí o link do meu post

Bjs e que Deus te abençoe ♥

Sonia Hirsch disse...

Oi, Jessika, você pode copiar o que quiser do meu blog, tudo é liberado para reprodução e nada é invenção minha. Estas receitas foram encontradas na rede, também liberadas. E vamos em frente! Um abraço e sucesso com seu blog!

Jessika Crazy disse...

Ah brigado ! mais mesmo assim vou divulgar seu blog no meu blog
pela a sua gentileza :D

Bjs ♥

Thiago da Bahia disse...

Ai galera não cai nessa lenda não faz co mo leite de coco do supermercado eixa ele reduzir numa panela funda em fogo baixo 250 ml da uns 50 ml de oléo de coco deixa o fogo baixo pq se o coco pega no fundo da panela ( queimar ) ele fica com gosto de coco queimado use a melhor marca bjus a todos espero que consiga faz seu proprio oléo

Sonia Hirsch disse...

É isso aí, Tiago. Fervendo bem um leite de coco que já vem com aditivos você consegue fácil um óleo bem inferior e fica muito satisfeito.

Mas só você. Um abraço!

dany disse...

oi sonia muito obrigado pela receita !vai ser muito util para mim ;quero perder peso mais tá dificil já que tenho o metabolismo lento mais vou incluir na minha dieta o oleo de coco e vamos ver no que vai dar bjs

krala disse...

Gente, esse óleo é bom mesmo..iniciei o seu consumo sem acreditar muito, mas não é que o danadinho do óleo de coco, além de saboroso e leve, me deu um levante daqueles. Tenho uma doença crônica (lúpus),e uma percepção aguçada de qualquer melhora que ocorre no meu organismo. Comprovadamente tenho melhorado. RECOMENDO O SEU USO!!!
obrigada pelas receitas
Abrçs a todos

Sonia Hirsch disse...

Oi, Krala, você me fez lembrar dos médicos e cientistas em http://www.arthritistrust.org que dizem que as doenças ditas reumatóides, como artrite e lúpus, têm origem em fungos e protozoários e são perfeitamente tratáveis quando a pessoa não toma corticóides. Obrigada pelo retorno. Um abraço!

luiza disse...

Olá!!! Eu vi em um blog que esse óleo de coco pode ser utilizado para alisar os cabelos, de uma forma natural. Você aplica nos cabelos, deixa agir por meia hora, depois lava o cabelo normalmente. Pode demorar de 3 a 6 meses, para que fique totalmente liso. E ainda dizia, que alisa QUALQUER tipo de cabelo. O que vc acha? Isso é verdade? Estou pensando em fazer esse tratamento, mas gostaria de ter certeza que funciona! Desde já, muito Obrigada!

di-fabio disse...

Sônia,gostaria de saber a diferença do óleo de coco virgem e do extra virgem, qual é o melhor e qual pode e qual não pode ser submetido a altas temperaturas (como por exemplo, frituras)e se ambos podem ser consumidos crú.Muito obrigado.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Fábio, sugiro que leia a informação mais ampla em www.correcotia.com/mulheres/sodacoco.htm . Um abraço!

solange moura fé disse...

oi sonia, pode ser tambem o coco babaçú? ou só o coco da praia é mais saudável?

Anônimo disse...

Oi Sonia, fiquei sabendo pelo blog da Jessija Crazy que este óleo alisa os cabelos, tem muita gente usando e gostando, devido seus nutrientes...

Sonia Hirsch disse...

Babaçu também é ótimo. Mas tem que ser fresco, com sabor gostoso. Se amargar no fundo, está rançoso.

Anônimo disse...

Oi Sonia, faço oleo de coco e acho ótimo.Dá um trabalhão, mas vale a pena.Porém gostaria de saber se é normal o oleo ficar amarelado.Há possibilidade de alguém fazer o oleo e misturar outros produtos para aumentar a quantidade? Se isso ocorrer,dá para notar a diferença? obrigada.Sueli

Sonia Hirsch disse...

Oi, Sueli, observei que às vezes fica amarelado sim, não sei por quê. Agora mesmo abri uma garrafa do Dr Orgânico assim. Claro que sempre se pode adulterar alguma coisa, fique de olho no sabor e no aroma! Um abraço!

Crispina disse...

Oi Sonia boa tarde! em relação a segunda receita de oleo no fogo,com esse metodo é possivel manter todas as propriedades do oleo de coco?

Crispina disse...

Oi sonia boa noite a receita que eu mi referi é esta,eu quero saber se com esse método eu mantenho as propriedades do óleo de coco? obrigada e desculpe-me pela insistencia.bjs e sucesso.

5 cocos médios ou grandes para fazer 1 xícara de óleo. Depois de obter o leite de coco, batendo ou ralando e espremendo, coar e deixar descansar por 24 a 48 horas. O creme e a água vão se separar, a água fica no fundo. Retire o creme com uma escumadeira e ponha numa panela grossa e funda (porque ele espirra quando ferve). Deixe ferver devagarinho em fogo médio ou baixo. Lentamente o óleo aparece por cima. Afaste os resíduos de coco para o lado. O óleo fica mais claro. Vá tirando com uma colher e fervendo até não ter mais nada a retirar.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Crispina, desculpe a resposta distraída lá de cima, até removi. Vamos lá: tudo o que é aquecido se altera. Enzimas, algumas vitaminas mais frágeis, antioxidantes que você só encontra nas coisas frescas. A turma do alimento vivo amorna as coisas só até o ponto em que começam a ficar quentes. Em suma: extração a frio é melhor que extração no fogo (lento). Um abraço!

Crispina disse...

Oi Sonia boa noite,fiz a receita do óleo a frio ficou otimo, mais ficou alguns residous da nata no fundo do pote de vidro achei que poderia estragar o óleo ai tive a infeliz ideia de bota-lo em uma panela de argila preta e leva-lo ao fogo baixo por alguns minutos,10 para ser precisa.O que é que você acha? estraguei o óleo?

Ha uma dica para quem esta sofrendo com o frio na hora de fazer o óleo,bote o leite em uma vasilha com tampa e guardi-o em uma caixa de isopor fechada,fica otimo.
obrigada e bjs

vera regina disse...

olá Sonia,boa tarde,tenho 65 anos e comprei pela internet,o óleo de coco da mediervas,pagueir$ 27,00 incluindo o sedex pote de vidro em líquido,achei o sabor e o cheirinho uma delícia,tenho problemas de tireoide,e de coração .Prometo que assim que consumir o óleo td, te conto se tive resultados,más vale lembrar que tb faço uma alimentação balanceada,moro em Taboão da Serra,em São Paulo tb já comprei da mesma marca com 6a cápsulas no caso de tv que sair e gastei 32,00reais um abraço até mais.

Crispina disse...

Olá Sonia vim contar uma experiencia com o óleo de coco.
consumo o óleo de coco desde janeiro deste ano,fiz varias pesquisas para saber se realmente era bom,estou adorando o resultado,perdi peso e regularisei meu intestino que era bastante rebelde, em meio a tudo isso tive a ideia de comercializa-lo tambem,intensifiquei as pesquisas ate que achei o seu blog ensinando como fazer-lo,fiz algumas experiencias e deu certo. Agora ja estou complementando minha renda vendendo óleo de coco virgem que eu mesma faço.as pessoas estão gostando e eu tambem.bjs gata e obrigada pela ajuda.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Crispina, fico feliz de verdade ao saber que o óleo de coco está ajudando em mais um aspecto! Muitas bênçãos e felicidades para você nesse trabalho tão bacana. Um abração!

Luciana Leal disse...

Oi Sônia,
Eu tentei fazer o óleo. Coloquei numa garrafa de vidro e deixei as 48 horas como mencionado. Nesse tempo ele já separou o óleo do líquido.Ai eu fui passar ele para a garrafa pet e acabei misturando o líquido com a parte que já estava mais durinha. Conclusão, ele não voltou a se separar e eu acabei perdendo tudo. Então eu vou fazer como vc mencionou do primeito método a frio.Quando vc diz pra filtrar no pano, eu coloco ele e deixo escorrendo sozinho ou eu tenho que ir ajudando com uma colher e espremendo.
Ai, espero que eu consiga dessa vez!!
Abraços.

Anônimo disse...

ola

comecei ler sobre o oleo de coco agora, fiquei bem interessada...comprei e tomei uma colher antes do almoço, porem senti como se tivesse gordura no estomago depois por um temo, é normal? como devo tomar para emagrecer?
obrigada

Anônimo disse...

ola gostaria de saber se o oleo extraido no fogo ajuda a emagrecer ou é somente o extraido a frio. me ajude pois só sei fazer o extraido no fogo e gostaria muito de tira essa duvida pois estou em dieta e queria encorporar o oleo para me auxiliar no emagrecimento. bjs grata.

Anonimo.... disse...

olá Sonia, já passei pelo seu blog por várias vezes....sempre procurando ajuda com relação a candidiase....Sou homem e tenho 28 anos e excesso de pele (prepúcio) sobre a cabeça do penis...faz uns 5 anos que convivia com uma coceira infernal no prepúcio e cabeça do pênis...li seu blog e achei bem legal as dicas sobre óleo de coco...mas não tive coragem de comprar, por causa do preço...sempre passei pomadas e tomei fluconazol, melhorava e depois voltava tudo de novo...até que passei no meu sexto urologista e ele me indicou que como tenho excesso de pele deveria lavar a cabeça mais de uma vez por dia com sabone neutro e se possivel tentar manter a cabeça do penis por mais tempo possível expoxta, no começo era bem chato deixar exposta, mas hoje já consigo ficar o dia todo e só durante a noite que ela fica encoberta..resumindo espero que tenha sido o fim da candidiase.....já fazem 5 meses que não volta, graças a deus...Como não é possível as mulheres, fazerem isso...kkk brincadeirinha...então passei para dar a dica para algum marido ou namorado de algumas das mulheres do blog e que tenham o mesmo problema que eu.. Abraço e parabéns pelo blog.....

danielle disse...

Oi Sonia,
comprei um balde de 3,6l do oleo exta virgem copra e diz que tem que ser consumido em 45 dias. Esse prazo é correto pois nunca conseguirei com minha familia consumi-lo em tao pouco tempo. Eu posso colocá-los em garrafinhas individuais, tido essas de água mineral de 500ml e assim duraria mais tempo? Qual a maneira de armazenar após aberto? (na geladeira?). Obrigada.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Danielle, essa pergunta não deveria ser feita ao fabricante?

nolasco disse...

ola gostaria de saber se o oleo de coco extraido no fogo emagrecer ou é somente o extraido a frio????? por favor me ajude pois so sei fazer o olaeo extraido no fogo e estou em dieta e gostaria de tira de vez essa duvida. me ajude.

Sonia Hirsch disse...

Nolasco, não sei dizer. Emagrecer depende de vários fatores. Boa sorte!

Anônimo disse...

oi,sonia,meu nome e alessandra de souza vieira,moro em campo grande,ms,por favor me ajude,a uns 8 meses,estou encostada do emu local de trabalho,deu suspeita de lupo,mas o meu reumatologista falou que nao estou,mas deu alopecia areata,e o meu cabelo esta caindo muito,fui a farmacia de manipulaçao,e me ofereceram o oleo de coco extra virgem em capsula 1 g,por 34,00reais,com eu engordei 12 kilos,por causa dos remedios,gostaria de perder,e eles me falaram que o oleo e bom para perder a barriga,isso e verdade....alesouza20112011@hotmai.com

Sonia Hirsch disse...

Ale, eu se fosse você responderia ao questionário que está em http://www.correcotia.com/mulheres/questionario.pdf para ver se essa queda de cabelo não está ligada a candidíase crônica. Fora isso, quem sabe um bom tratamento de vermes e protozoários pode ajudar? Geralmente as chamadas doenças reumatoides são ligadas a protozoários, como amebas, e fungos como a cândida.

O óleo virgem de coco combate fungos e outros micróbios, e o emagrecimento é decorrência. Leia sobre ele (e sobre marcas recomendadas) em www.correcotia.com/mulheres/sodacoco.htm . Um abraço!

Maria disse...

Oi Sônia!

Estou grávida e estava pensando se o óleo de côco extra-virgem será uma boa maneira de cuidar da pele da minha filhota que aí vem... incluindo prevenir e quem sabe tratar pele vermelha e assaduras de fraldas (vou usar fralda de pano nela)... o que você acha da ideia? Um absurdo? Ou não?

Um abraço, beijos.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Maria, pensoui certíssimo! E pode ir usando desde já em você mesma, tanto por fora - pele e cabelos - quanto por dentro, como substituto de manteiga e azeite, pois assim vai ajudar a filhota a se desenvolver melhor. Um abraço - e que N.S. do Bom Parto lhe dê uma boa hora :-)

Anônimo disse...

Sônia. Ontem conheci você e o seu blog. Acabei passando horas na leitura de seus textos e respectivos comentários, questionamentos e suas respostas.

Quando dei por mim, notei a paz que estava sentindo e que era transmitida especialmente por sua paciência e dedicação em tentar responder há tudo que lhe questionavam da melhor forma possível, por mais de um ano (relativamente à esse tópico).

Sinto que você é uma pessoa muito iluminada, e peço a Deus, com muita fé, que lhe carregue e abençôe.

Na melhor acepção da palavra, acabei me apaixonando por você. rsrsrs

Junior

Sonia Hirsch disse...

Junior, senti um calorzinho aqui no coração, agora, e acho que me apaixonei também! Por favor, não desapareça! ;-)

Camila Castilho disse...

olá Sônia!!! parabéns pelo blog!
gostaria de saber se você já testou alguma receita e deu certo, e eu não entendi, devo fazer com o côco marrom de mercado ou posso fazer com o côco verde??

abraços!

Sonia Hirsch disse...

Camila, já leu os comentários? Seria bom. E já viu a ilustração do post? Parece coco verde? O texto diz coco verde? Ah, minhas leitoras distraídas... Um abraço!

Bianka disse...

olá Sônia, meu nome é Bianka fui criada na Serra de Martins no RN, nossa quando criança usava muito nossa!!As mãe da cidade exageravam em nossas cabeças.kakka o cheiro forte tomava conta, mais ví algumas sugestões de misturar ao creme de pentear...kakkak nunca fiz o óleo mais fiquei atentada em produzir, adorei o seu contato com os leitores...um abraço ...

Jamile Silva disse...

Ola Sonia, gostaria de saber se o modo de extração no fogo preserva as mesmas propriedades do método a frio?Pois ouvir falar que para ter os benefícios ele precisa ser prensado a frio. Abraços e obrigada desde já pelas receitas!!!!

Anônimo disse...

oi sonia, tenho 16 anos e vou fazer o oleo, eu vou emagrecer 3kg em uma semana? fazendo tudo direitinho... preciso perder barriga.bjs um abraço.. nathalia

Sonia Hirsch disse...

Oi, Nathalia, mas onde foi que você leu que vai emagrecer 3k em 1 semana apenas ingerindo óleo virgem de coco? Mmm... Um abraço!

Roni disse...

Oi Sonia, gostaria de dar só uma dica para quem estiver interessado em fazer o Oléo de coco, para o coco chegar ao estado de maduro ou seja de coco verde para aquela de casca dura que voce tem que quebrar para extrair a água e a polpa ele fica exposto ao tempo e como qualquer fruta pode estar estragado, dica: quando for comprar o coco bata no coco com uma chave ou um pedaço de metal se o barulho for tipo ôco o coco não esta bom, tem que fazer um barulho mais seco estridente, se uma pessoa comprar 4 cocos e um estiver estragado, voce vai ficar com um óleo com gosto ruim, como tenho observado por alguns leitores.
COCO BOM ÒLEO BOM
COCO RUIM ÒLEO RUIM

Boa sorte e parabens !

Anônimo disse...

olá sonia,o oleo de coco ajuda a emegrecer?
abraço*--*

Sonia Hirsch disse...

Depende de quem, comendo o que, quando e quanto... e como! :-)

Anônimo disse...

gostaria de saber se o soro pode ser consumido?

Sonia Hirsch disse...

Poder, pode, mas será que faz bem? Será que é uma fermentação bacana? Sei que se deixar fermentar mais um pouco vira vinagre. Se experimentar, conta pra nós?

Jessika Crazy disse...

Olá Sonia !
tem um video na internet que ensina a extrair 200ml de óleo coma penas 3 cocos ,mas para ver o resto do video tem que pagar 5,00 o que uma pena

ta aqui o link do video
http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=qRfFXCzNypk

só mais uma coisinha você poderia me fazer um favor de divulgar no seu blog o alisamento natural com óleo de coco natural porque realmene é verdade ,não si alisei meu cabelo como os visitantes do meu blog me agradecem por ver os resultados maravilhosos nos cabelos

ta aqui o link das minhas postagens

http://blogdajessikacrazy.blogspot.com/2011/10/uma-simples-combinacao-de-oleos-para.html?showComment=1320720963196#c5023017862309588455


http://blogdajessikacrazy.blogspot.com/2011/02/alise-seu-cabelo-de-forma-natural.html

Desculpa o incomodo , o muito obg pela atenção

fique com Deus

tania disse...

Olá Sônia, gostaria de saber se com esse processo também é possível extrair óleos de outras frutas, como a Manga, por exemplo. Se não, como podemos proceder para extrair o óleo?
Adorei a matéria e vou fazer. Abrigada

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 212   Recentes› Mais recentes»