domingo, 19 de setembro de 2010

Candidíase, a praga: Ver para crer

Márcia mandou e eu achei muito boa a página da dra Cristina Sales, de Portugal, que pratica Medicina Integrada. Ela esclarece a questão da candidíase de forma breve mas muito clara e parece bem apta a ajudar as pessoas a saírem do enrosco. Tem fotinho das cândidas lá, ver para crer, e não viu nada...

29 comentários:

  1. muito bom!

    adorei o blog, obrigada, sonia!

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante das dicas, só não achei um site pra comprar os probioticos, pois aqueles 2 que vce indicou, não entregam mais no Brasil, me indique outro por favor. Obrigado

    ResponderExcluir
  3. Oi, Izabela, adoraria poder indicar bons e baratos, como há nos EU, mas de fato aqui só existem os da www.aplacom.com.br . Ou você pode tentar importar usando um site como www.boxbrazil.com.br . Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. oi Sonia ! Outro dia pedí o nome da sua homeopata aqui de Petrópolis,já que nenhum médico "tradicional" que procurei deu muito certo, pois bem, estive com ela ontem e gostei muito. Cheguei com a barriga super inchada, parecendo grávida de 6 meses e com uma lista das coisas que sinto, precisei levar a lista pq falta de memória é um dos meus queixumes, e ela me deu além dos remédinhos homeopáticos, remédios para vermes ! Cheguei em casa e corrí pro seu "Bichos que Dão em Gente" e achei lá quase tudo que me aflige...que coisa...nunca pensei em vermes, fui em 3 gastroenterologistas (um deles renomado no RJ), perdí a conta de qtos endocrinologistas fui, aqui e no Rio, fora clínicos gerais, ginecologistas e outros, pois isso já dura 3 anos...e nenhum cogitou um exame de fezes ou uma vermifugação profilática... e eu, burrinha que sou, esquecí que dou vermífugo pra bicharada aqui de casa (7 cães e 3 gatos) todo ano ! De qualquer forma estou fazendo a dieta da candida tbm, que mal não faz...de novo agradeço pelo contato da dra.Vanize e por tudo que vc escreve ! Beijos !!!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ana, parece que você encontrou um caminho bom, fico muito contente com isso. Espero que você comece logo a se sentir bem! Um abração!

    ResponderExcluir
  6. Oi Sonia, sou uma grande fa de suas publicacoes, parabens pelo seu trabalho! Voce por acaso conhece algum bom medico ou medica em Londres? A candidiase esta me atacando seriamente, mas eu moro em Londres e nao tenho contato de nenhum bom medico aqui. De qualquer forma, vou comecar a fazer a dieta que voce recomenda, mas adoraria poder ir a um medico tambem. Desde ja, muito obrigada! Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Carla, infelizmente não conheço. Mas acho que o livro que acabo de publicar pode te ajudar muito. Já mandei vários para a Europa, com o frete fica em +- 50,00 e acho que vale a pena - desculpe a falta de modéstia, mas é que fiz para ajudar mesmo, e os médicos pouco podem fazer no assunto... Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. Oi Sônia td bem?!
    seu site é excelente,muito informativo e tem me ajudado muito!
    Há tempos sofro por candidíase (idas ao médico virou tormento, pois sempre era indicado fluconazol, nistatinas, cremes, etc e nenhum resultado.Exames de fezes nunca deu nada e nem exame de urina, pois sempre me queixei de ardor ao urinar.)Até que descobri vc!!!!!! Comecei então a utilizar o óleo virgem de coco, probióticos e comer alho cru 2x na semana.Daí o corrimento que tinha acabou e a irritação na vagina melhorou com suas dicas e sem nenhum remédio.Porém a ardência continua, provavelmente deva ainda estar com cÂndida. Sônia tem algo mais que precise fazer e não saiba? ou devo continuar como estou fazendo e é questão de tempo para acabar com essa terrível ardência e acabar de vez com a irritação na vagina?
    Bjos.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Pituca, você viu que escrevi um livro inteirinho sobre isso? É porque há muitas coisas a fazer para recuperar a imunidade e a proteção das mucosas, intestinais e vaginais. E um bom tratamento dura um ano ou mais, mas não desanime... Um abraço!

    ResponderExcluir
  10. Karlla Barreto27/01/2012 22:12

    oi Sonia, tudo bem?
    eu estou seguindo a dieta que você propoe no Candidiase, a Praga, com acompanhamento de homeopatia no tratamento da candida.
    mas pesquisando, achei uma outra abordagem que coloca algumas questoes que me deixaram nao duvidosa, mas pensando.
    fiz um corta cola e gostaria da tua opiniao. Tudo tirado do site http://candidabranca.blogspot.com/feeds/comments/default

    eu fiquei bastante perturbada com essa parte aqui: "quando você tira o alimento das candidas, do qual dependem para sobreviverem e se multiplicarem, elas, em desespero, aderem às células intestinais na sua busca, transformando-se e criando raízes e filamentos que penetram nas paredes dos intestinos, podendo chegar à corrente sanguínea. Com isso, as coisas podem piorar MUITO".

    mas coloco na integra, se tiver paciencia, para podermos conversar.

    "Eu explico: a candida albicans é um fungo entre muitos outros fungos e bactérias que habitam as nossas entranhas e com os quais precisamos conviver. Tem gente que acha que "é preciso ELIMINAR" as candidas, mas isso não é possível - o que é posível é mantê-las dentro do controle. Sua proliferação é uma CONSEQUÊNCIA de um desequilíbrio do sistema imunológico, não a "causa", como se costuma acreditar.

    A "corrente" mais comum no combate às candidas é a que corta o açúcar de qualquer fonte, para deixá-las à mingua e enfraquecidas; uma outra corrente, menos conhecida, diz que esta é uma estratégia suicida! E proclama exatamente o contrário: quando você tira o alimento das candidas, do qual dependem para sobreviverem e se multiplicarem, elas, em desespero, aderem às células intestinais na sua busca, transformando-se e criando raízes e filamentos que penetram nas paredes dos intestinos, podendo chegar à corrente sanguínea. Com isso, as coisas podem piorar MUITO. O que se costuma chamar de "crise de desintoxicação", nada mais é, na verdade, que o agravamento da situação.

    Uma série de fatores provoca o que se chama de "intestino permeável", que por sua vez, devido à absorção anormal de macronutrientes, provoca uma série de sintomas, entre eles a acne. A dieta que aparece na coluna da direita do blog é uma das abordagens que diz ser bem sucedida no combate à acne, mas não será da noite para o dia, pois leva algum tempo para que o equilíbrio hormonal se restabeleça. No entanto, é preciso seguir as regras diligentemente, evitando qualquer fonte de alimento rico em poliinsaturados (omega-6 e omega-3), procurando fazer refeições frequentes SEMPRE balanceadas e não descuidando do suporte vitamínico, como comer fígado uma vez por semana para garantir sufucuente vitamina A.

    Qualquer "dieta", seja radical ou não, pode trazer benefícios temporários se seguidas por curtos períodos de tempo - mas, o que se deve buscar é uma abordagem nutricional que nos atenda por completo. Você não precisa cortar o açúcar para acabar com a acne, mas vai precisar ter regras para consumí-lo, e introduzir alimentos que talvez não esteja habituada a consumir. Muitas vezes nossos males são causados mais pelo que NÃO comemos, do que pelo que comemos! Leia a coluna da dierita do blog...

    Volte para nos contar qual estratégia utilizou e nos contar os resultados!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Karlla, a cândida desenvolve o micélio e penetra nos tecidos porque essa é a natureza dela. Você deve ter lido no livro e por aqui que ela é um fungo atípico, que existe tanto em forma de fermento quanto de micélio. Quanto mais fermento, mais probabilidade de micélios.

    Por isso sugeri no livro uma dieta radical, seguida de uma dieta suave e de uma dieta esperta. Essa tem sido há décadas a orientação de médicos, nutrólogos e terapeutas experientes, e foi a que segui em meu próprio caso, já que a cândida me acompanha desde a infância. Faço a ressalva, entretanto, de que alguns autores apontam caminhos vegetarianos e com alguns carboidratos integrais. Nunca vi isso funcionando, de modo que não posso corroborar. O que vejo dar resultado é o que coloquei acima: um período de restrições seguido por atenuação e reintrodução gradual dos carboidratos. Sempre que possível, com supervisão profissional.

    Além disso, cada um de nós tem suas peculiaridades. Só a observação e o autoconhecimento podem dizer o que é melhor para você.

    Quanto ao intestino permeável, inúmeras são as possíveris causas. Por exemplo, as amebas que corróem a submucosa, os pedaços de fezes que grudam nas paredes, os vermes que se fixam com garras e ventosas... Boa sorte, um abraço!

    ResponderExcluir
  12. Sônia, sofro há 2 anos com candidíase de repetição (sem um dia sequer de paz!). Todas as madrugadas acordo para me coçar até fazer sangue. Passo de 3 meses sem relações sexuais com meu esposo por não aguentar. Já usei óvulos vagianais, oleo alho, prímula, equinácea, óleo de côco, kefir, bio-Rich, CANDEX, banhos de camomila, aplicação de violeta genciana, azeite, vinagre, troxinha de alho, chá de unha de gato, cogumelo do sol, bicarbonato de sódio, fluconazol por 1 ano, vários outros "zóis", dieta de corte 100% dos açucares por 3 meses, acupuntura e homeopatia. Atualmente estou fazendo imunoterapia com a vacina para candida. Porém, nada deu resultado algum! É muito sofrimento na minha vida. Agora quer fazer auto-hemoterapia, pois andei pesquisando muito e vi que pode trazer muitos benefícios. O que acha desta prática? Obg!

    ResponderExcluir
  13. Questiana, por que não tentar? Se depois de tudo você ainda tiver o problema, quem sabe vai ler com atenção o que publiquei a respeito e controlar a boca? Um abraço!

    ResponderExcluir
  14. Bh Sonia, pode comer abacate, sem acucar obvio na dieta contra candida. Tipo abacate com limao e sal?

    ResponderExcluir
  15. Bh Sonia, pode comer abacate, sem acucar obvio na dieta contra candida. Tipo abacate com limao e sal?

    ResponderExcluir
  16. Alice, nas minhas informações não consta que pode. E na dieta do dr. Barcellos contra câncer e todas as alergias, abacate é a única fruta proibida. Mas nada impede você de experimentar e observar as reações. Um abraço!

    ResponderExcluir
  17. Bh Sonia, super obrigada por sua resposta!
    Perguntas:
    # soh de curiosidade a dieta contra canddia tem a ver com indice glicemico?
    # fiquei um pouco confusa se podemos comer batata yakon cozida ou assada na dieta radical?
    # Por causa da kashrut nao posso ter lactofermentados e carnes na mesma refeicao, exista algum tipo de cultura vegan que seria benefica?
    # e por ultimo, o termometro do fim da dieta radical eh quando nos sentirmos bem pos die off?
    Agradecemos imensamente por sua contribuição e atenção!

    ResponderExcluir
  18. Sobre controlar a boca, Sônia, como disse na mensagem anterior, eu o fiz por 3 meses sem sabotagens. Deixei o açucar, o mel, os fermentados, o glúten e o amido. Foi horrível ficar sem ter quase nada pra comer, mas o fiz. Resultado: perdi 6 kilos e a candida continuou firme e forte. Sem estímulo, acabei voltando a comer de tudo. Me diga: neesse espaço de 3 meses, não era pra eu ter tido qualquer melhora por mínima que fosse? Obg!

    ResponderExcluir
  19. Questiana, a sua descrição da dieta não esclarece para mim se você seguiu a orientação que está no meu livro. Se, além de deixar esses produtos de lado você colocou bons alimentos na sua refeição. Se evitou as frutas. Se tratou os vermes. Se comeu bastante enzimas nos vegetais crocantes e nos caldos. Se usou lactobacilos. Etc etc etc.

    Desculpe, mas queixar-se é muito fácil. Difícil mesmo é tomar as rédeas da própria saúde. É isso que eu procuro fazer na vida e no trabalho. É disso que trata este blog. Um abraço!

    ResponderExcluir
  20. Bh
    Sonia, desculpe pela insistencia, podemos assar beterraba e batata yakon na dieta radical? Muda o perfil delas?
    beijo e thanks so much de novo

    ResponderExcluir
  21. Alice querida: o que eu tenho para ajudar na candidíase é o que está publicado. As infinitas variações & considerações são da competência de cada interessado, que tudo pode, embora nem tudo lhe convenha. Cabe experimentar e observar. Um abraço!

    ResponderExcluir
  22. Bh
    Thanks Sonia!
    Voce tem razao, ficamos um pouco obsessivos para dar certo sem perceber o processo neh?

    Agradeço novamente, e fiquei com vontade de compartilhar que ateh consegui adaptar o menu de Shabbat para esta dieta, com direito a challah possivel de espelta integral (sua receita mesmo) :-).

    Beijo e obrigada! Esperamos pelo proximo seminario no RJ!

    ResponderExcluir
  23. Olá Sonia, boa tarde.
    Sou mãe de uma bebezinha linda de 1 aninho e há 2 semanas terminei de ler o Atchim; após muitas consultas ao pediatra, conselhos de mães e amigas e leituras pela internet por causa de tosse e nariz entupido da minha pequena. Adotei vários conselhos e tenho visto a melhora dela dia após dia.
    Agora o problema é outro: cândida!
    A coitadinha já havia tido um episódio há 2 meses atrás, tratamos e ela rapidamente melhorou. Agora já é a terceira semana seguida que voltam as bolinhas, coceira e após 3 dias a pele fica completamente rugosa, com aspecto "carne viva". Ela sofre muito e já não sei mais o que fazer, a pediatra diz que é por causa do abafamento causado pelo calor e pela fralda. Já usamos nistatina, corticóide, água boricada...Enfim!
    O que gostaria de saber é o seguinte: quero comprar o seu livro mas antes gostaria de saber se há alguma parte dedicada a candidíase infantil, pois alguns alimentos me parecem impossíveis de eliminar da alimentação dela (leite e carboidratos, por exemplo).
    Desculpe ter escrito tanto, mas estou muito preocupada com o sofrimento da minha pequena mesmo! Abraços!

    ResponderExcluir
  24. Oi, Kassandra, o calor abafado da fralda certamente agrava uma condição que é interna. Para dar algum palpite eu precisaria saber tudo o que sua filhota está comendo e bebendo.

    A candidíase sempre vem dos intestinos. Tosse e nariz entupido também podem ser sintomas. Meu livro não tem um capítulo especial para bebës, nem para quarentonas, sessentões ou velhinhos: serve a todos. Não há variações nem de sintomas nem de conduta corretiva.

    Obviamente, nistatina e corticoides são o pior caminho; suprimem os sintomas momentaneamente e depois eles voltam piores. Eu não continuaria com um(a) pediatra que receita esse tipo de droga a um bebê. A homeopatia pode ajudar muito.

    Um abraço e feliz fim de ano!

    ResponderExcluir
  25. Olá. Sonia. Estou com candidíase vaginal há cinco meses. Coça constantemente, não para. Só teve uma única vez que passei alguns dias sem a coceira, foi quando usei o creme vaginal Nitrato de Miconazol, depois a coceira voltou ainda mais intensa e não foi embora. Tomei Itraconazol e Fluconazol e nada. A médica disse que é porque sou cadeirante e por passar muito tempo sentada fica difícil eliminar os fungos. Há quase um mês tomo óleo de coco e pílulas de óleo de alho, mas ainda coça. Comecei a dieta a uma semana. Por favor, ajude-me.

    ResponderExcluir
  26. Gisele, a dieta levada a sério dá resultado muito rápido, embora leve um tempo para você poder voltar a comer e beber de tudo. O que tenho para ajudar é o que está publicado aqui, no blog da candidíase, no site e especialmente no livro, que é um passo a passo. Veja alguns capítulos em http://candidiaseapraga.blogspot.com . Sugiro especial atenção ao "Dez contra ela". Um abraço, força nas tranças!

    ResponderExcluir
  27. Ok, Sonia. Se Deus quiser em breve voltarei para relatar minha cura. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  28. Oi, Sonia. Hoje faz 15 dias que estou fazendo a dieta. Eu já estava feliz porque quase não sentia coceira. A coceira já não incomodava. Porém, um dia e outro não eu estava fazendo banho de assento com bicarbonato.Infelizmente, ontem, após ter feito o banho de assento, fiquei a coceira voltou a perturbar. Estou muito triste com isso. O que pode ter acontecido, Sonia?

    ResponderExcluir
  29. É assim mesmo, Gisele. A gente passa anos criando o problema e ele não se resolve em 15 dias. Dois a três meses costumam ser a média para a dieta radical fazer efeito. Força nas tranças! Um abraço!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ou pergunta, se quiser, mas saiba que no momento é improvável eu responder, devido a mil coisas, cursos & viagens. Também vem novidade web aí. Agradeço. Abraços, Sonia

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.