domingo, 13 de junho de 2010

Paixão emagrece amor engorda: Nova edição aumentada, revista, ilustrada


De vez em quando a gente tem que fazer diferente, e a primeira edição de Paixão emagrece amor engorda, em vez de sair pela Correcotia - que, como vocês sabem, é a minha editora de bolso - saiu em 2007 pela Sextante, uma das grandes. Correu o Brasil inteiro, vendeu muito, esteve a R$9,90 em prateleiras de redes de varejo, locadoras e supermercados. Claro que fiquei imensamente feliz, porque nunca conseguiria atingir esse público sozinha em tão pouco tempo, nem a preço tão camarada. E aí a edição se esgotou e o livrinho voltou para casa. 

Sai agora pela Correcotia, como os outros, renovado. Entraram as magníficas ilustrações originais que Celina Gusmão fez para a revista Bons Fluidos, gentilmente cedidas pela Editora Abril. Relendo o texto pude atualizar algumas questões e reescrever trechos, bordar frases, eliminar deslizes. Tinha na gaveta mais algumas crônicas que incluí, e ainda um texto nascido aqui no blog, Queijetarianos, inspirado por Jamie Oliver, que não podia ficar de fora.

É com o maior orgulho que apresento meu novo filhote, na certeza de que já era bom e ficou melhor. Nessas horas a modéstia é modesta. Viver para e de livros me dá um contentamento muito grande. Compensa tudo, até mesmo as agruras de ser microempresária neste país.

A única coisa chata é que não posso vender aos preços espetaculares da Sextante. Mas tudo bem, nada é perfeito mesmo...

25 comentários:

  1. Parabéns! Vou correndo buscar o meu. Só falta essa delícia aí na minha coleção! Sucesso sempre querida e obrigada por nos presentear com mais um livro!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Pérola, obrigada pela força! Pé-de-coelho? Oba!!!

    ResponderExcluir
  3. Sônia, sou sua fã há muito! Tenho, não digo todos, mas vários livros seus. A "sopa do pai José" já me socorreu em vários momentos, e o Manual do Herói me ensinou a pelo menos tentar entender um pouco os sábios e complicados princípios da medicina chinesa. Esses chineses, apesar de me darem um pouco de medo em outras áreas, como a política, sabem das coisas. Esse novo título me deixou curiosa! Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Sônia,sinto alguns sintomas, como por exemplo uma leseira, uma sonolência. Vou nos médicos, faço exames e o diagnóstico é stress. Sigo uma dieta sem excessos e lendo seus artigos e agora seu blog, me ocorreu se meu problema não poderia ser verminose. Só que todos os exames que faço dão negativo e os médicos que já fui, vários, não querem passar remédio alegando que não tenho vermes. O que vc me sugere. Obrigada pela atenção e parabéns, seu blog, assim como seus livros, já li dois, são maravilhosos.
    Rosa

    ResponderExcluir
  5. Sonia que maravilha!!!
    Parabéns pelo filhote, eu ainda não tinha esse, quero compra-lo rapidamente. Quando você vem a São Paulo? Quero seu autógrafo e conhece-la pessoalmente.
    É certo o sucesso pois tudo que você faz é maravilhoso.

    Grande beijo
    Cida Comoti

    ResponderExcluir
  6. Oi, Vera, a crônica que dá título ao livro está no link, você viu?

    Sobre os chineses, bem, eu abstraio tudo o que não é antigo e sábio... Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. S^nia, queremos comprar direto de você!! Caro ou barato, ter saído das suas mãos é garantia de qualidade...

    ResponderExcluir
  8. Oi, Luciana, muito obrigada pelo bom conceito - e fique à vontade: eu vendo direto em http://correcotia.com/compras :-) Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Rosa, pode sim ser verminose. O que eu sugiro é você consultar o pessoal da Pastoral da Saúde ou fazer um exame de fezes no Rio, no laboratório Helio Copelman, tel 2548-0648. Se nenhum dos dois for possível, converse com o farmacêutico para ele orientar você quanto aos remédios. Um abraço!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cida, muito obrigada. Hoje fui lá no seu blog e vi que você botou a chamadinha, adorei. Também chamou para o blog da Carol, né? Outra fofa que nem você! Beijo!

    ResponderExcluir
  11. PS - Ainda não sei quando vou a SP, provavelmente mais para o fim do ano. Mas sem dúvida que te aviso ;-)

    ResponderExcluir
  12. Ah, esse tb ainda está faltando na minha coleção, depois vou lá no correcotia...mas ainda falta ler um monte!
    Sonia, fiz o emplastro de inhame e minha pele tá tão mais lisinha...sem falar q dá uma clareada...algumas espinhas secaram e outras estão aparecendo, acho que justamente pq o inhame deu uma "puxada"...tô que faço a maior propaganda, hehe

    Cida, tb fui no seu blog, e adorei a idéia de pôr fotos...valeu!
    Boa sorte e mto obrigada!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  13. Ô Sônia, quando é que você mete mãos e imaginação à obra para escrever um artigo/livro sobre o que se deve ter numa farmácia caseira?

    Fica aqui o desafio de uma fã e admiradora :)

    Um forte abraço
    Maria.

    ResponderExcluir
  14. Ótima ideia, Maria, mas é mesmo um desafio. Vou tentar realizar num post agora mesmo, vamos ver se rola. Abração!

    ResponderExcluir
  15. :-(
    não vai rolar, é muito amplo...

    ResponderExcluir
  16. Sonia, sucesso sempre! Parabéns!

    ResponderExcluir
  17. Não faz mal, Sônia, eu sou paciente e vou "deixando" a sementinha aí do seu lado. Ela precisa de tempo para germinar e brotar ;) De vez em quando vou "picando" você para pensar nesse assunto. A seu tempo as ideias vão rolar e logo logo você vai "parir" mais um lindo texto ou livro excelente relacionado(s) com esse tema :)
    Fico à espera de mais um sucesso seu...

    Abração e muita luz para todas (e todos)! :)

    ResponderExcluir
  18. Êêê, muito legal! Eu já tenho esse livro, mas vou querer comprar essa edição atualizada.
    Que pena que não rolou o post que a Maria sugeriu. Mas será que não daria para publicar em partes? ^^
    Sonia, vc que tb é adepta da Homeopatia, o que costuma dizer quando te falam que é placebo? Ou vc prefere não dizer nada?
    Abraços.

    ResponderExcluir
  19. :-))) Obrigadíssima, garotas! Espero que gostem da pequena criatura de papel e tinta, essa coisa gostosa chamada livro.

    Placebo, Jussara? Faz tempo que ninguém me diz isso, felizmente! Mas eu diria o seguinte: Pra mim, funciona. E quando funciona, me sinto ótima de um jeito muito especial. Agora, se é placebo ou não, eu não sei...

    Acho que a gente assume um tratamento quando acredita nele por razões que ultrapassam a razão. Ou é confiança na/o médica/o, ou no remédio, ou na dieta, no guru, no livro...

    A farmácia caseira... Deixa estar pra ver como é que fica. Beijos em penca!

    ResponderExcluir
  20. Sonia, amei o novo visual do blog!!!
    Parabéns por esta nova edição, eu tenho este livro e foi através dele que te conheci...
    Estava na rodoviária do Rio olhando um livro para ler até Saquarema onde moro e encontrei esta maravilha na prateleira de um banca de jornal, li a primeira crônica e me apaixonei.
    Parecia uma conversa com uma amiga durante a viagem!!!
    Estou completando minha coleção, ainda faltam uns dois ou três mas eu chego lá!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  21. Oi, Gabriela, que delícia saber dessa história. E que bom que você gostou do novo visual do blog. Essa vida de internauta é boa, né? Abração!

    ResponderExcluir
  22. Inês Fontes03/07/2010 18:54

    Sônia,

    Parabéns!! Mais um sucesso, com certeza.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  23. Obrigada, Inês! Abração :-)

    ResponderExcluir
  24. Olá Sônia...

    Adorei a matéria sobre candidíase, essa danada me persegue.
    Vou seguir algumas dicas que li.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ou pergunta, se quiser, mas saiba que no momento é improvável eu responder, devido a mil coisas, cursos & viagens. Também vem novidade web aí. Agradeço. Abraços, Sonia

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.