quarta-feira, 16 de junho de 2010

Drogas poderosas: Por que o lufenuron é proibido? Porque é bom

Recebo no primeiro post sobre o antifúngico lufenuron um comentário que merece mais visibilidade. Embora o autor seja anônimo. Por razões óbvias, como diz ele. Ou ela?

Estudo o Lufenuron há 6 anos, quando ajudei a fazer uma monografia de um amigo que se formou em veterinária.

O Lufenuron é uma droga poderosíssima, no sentido de contribuir para a saúde humana. O Lufenuron não só erradica fungos, como também qualquer tipo de verme que exista no corpo humano. A maioria das pessoas não sabe, mas o corpo humano carrega dezenas de tipos de vermes, alguns até desconhecidos, que causam doenças como asma, fibromatose, dermatites, hepatites e até mesmo doenças nervosas. O Lufenuron, por desabilitar a reprodução de organismos baseados em quitina, ERRADICA do corpo humano qualquer tipo de verme. Isso significa a cura para, por exemplo, a elefantíase ou a hanseníase, que causa tanto sofrimento em países de terceiro mundo.

Significaria a cura instantânea, por exemplo, para aqueles casos horríveis que o Discovery Channel explora de deformações corporais que existem na Índia, todos eles causados por verminoses ou fungos, para os quais até hoje não há cura, comercialmente falando.

Não tenho dúvida que a negativa de permitir o uso do Lufenuron é baseada no interesse comercial da indústria farmacêutica, pois a disseminação do Lufenuron tornaria obsoleta uma quantidade da ordem de mais de cem princípios ativos usados na dermatologia, sem falar de outras áreas afins.

Recentemente o Comitê Europeu de Saúde pediu uma reavaliação do Lufenuron para liberação comercial, mas a indústria farmacêutica não deixou acontecer.

Mas vamos nos movimentar no sentido de divulgar este protesto, se ficarmos quietos os interesses econômicos continuarão prevalecendo sobre o bem-estar da humanidade.

ATUALIZAÇÃO EM 15/1/2011: O site da Sarah Vaughter não vende mais o lufenuron.

52 comentários:

  1. Se o princípio ativo do lufenuron ataca organismos compostos por quitina e não afeta mamíferos, creio que ele deve sair praticamente inalterado pela urina, certo?
    Seria seguro para os organismos vivos que não vivem dentro do nosso corpo mas estão por todo meio ambiente? (insetos, fungos no solo entre tantos outros organismos que vivem na água)

    ResponderExcluir
  2. Os site que encontrei a respeito todos são veterinários, e deixam ciente a toxicidade para o ser humano. Me parece que será uma luta bem dura.

    ResponderExcluir
  3. Ai Sonia. Suas postagens são mesmo incríveis, todos seus ensinamentos me animam muito.
    Te escrevi há alguns meses lhe contando sobre o diagnóstico de lúpus que recebi e você prontamente me respondeu, buscando me acalmar. Sou-lhe grata por isto. Hoje sei que existem pesquisas fora do país com outro olhar para o assunto; que ninguém tem interesse em manter as pessoas saudáveis e que eu mesma sou a responsável pela minha saúde. Afinal, todos ganham quando você está doente, menos você. (tô aprendendo tudinho, viu?)
    Além disso, tem aquela história de nomes novos para doenças antigas. Será o caso do lúpus? Por que ninguém se importa com estas pessoas? Quem recebe um diagnóstico deste, passa por um sofrimento danado. Nunca se sabe como será o seu dia seguinte.
    Escrevi porque penso que o assunto do Lufenuron tem tudo a ver com o que eu e outras milhares de pessoas estão passando.
    Bem, seguindo seus conselhos, comecei a dieta da candidíase hoje e tenho certeza que terei melhoras.
    Muito obrigada Sonia. Você me trouxe esperança.

    Beijos, ainda Anônima.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Clacs e Navegadores, cês viram o primeiro post? http://www.soniahirsch.com/2010/03/drogas-poderosas-um-antifungico-chamado.html .

    Lá indico o site da Sarah Vaughter, http://lufenuroncandidacure.owndoc.com/ , com os estudos científicos enfatizando que não afeta qualquer mamífero, já que mamíferos não têm estruturas de quitina (mas produzem quitinase).

    Insetos, não sei - o meio ambiente com certeza pode ter problemas com os resíduos, se é que eles se mantêm ativos, mas isso é a consequência de existirem seres humanos na face da terra, né?

    ResponderExcluir
  5. Oi, Anônima, força nas tranças - e eu incluiria uma manobra antiprotozoária além da antifúngica... Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Flávia Helena16/06/2010 16:26

    Sonia, encontrei seu blog procurando tratamentos naturais para candidíase e ja senti melhora dos sintomas com seus conselhos, muito obrigada por isso.

    O "problema" é que tratei de ler mais um pouco do seu blog, e após ler todos os posts sobre vermes, fiquei ligeiramente desesperada, pois me parece q a causa de TODAS as doenças q podemos ter, ou são vermes, ou são fungos!

    Que eu saiba, nunca tomei vermífugos na vida, e apesar de naum ter os sintomas mais comuns, ja estou achando q posso tê-los, afinal nunca tratei...tomo cápsulas de alho a mais de um ano(pra aumentar imunidade e tal), será q elas teriam dado cabo de algum possível verme?

    É mto ruim ter esse traço hipocondríaco, tudo que vejo, já acho que tenho...

    Bom, novamente, obrigada pelos conselhos, estou lendo seu livro "Paixão emagrece, amor engorda", presente da minha irmã(que é nutricionista funcional e te admira mto!!)

    ResponderExcluir
  7. Flávia Helena16/06/2010 16:39

    Sonia, encontrei seu blog procurando tratamentos naturais para candidíase e ja senti melhora dos sintomas com seus conselhos, muito obrigada por isso.

    O "problema" é que tratei de ler mais um pouco do seu blog, e após ler todos os posts sobre vermes, fiquei ligeiramente desesperada, pois me parece q a causa de TODAS as doenças q podemos ter, ou são vermes, ou são fungos!

    Que eu saiba, nunca tomei vermífugos na vida, e apesar de naum ter os sintomas mais comuns, ja estou achando q posso tê-los, afinal nunca tratei...tomo cápsulas de alho a mais de um ano(pra aumentar imunidade e tal), será q elas teriam dado cabo de algum possível verme?

    É mto ruim ter esse traço hipocondríaco, tudo que vejo, já acho que tenho...

    Bom, novamente, obrigada pelos conselhos, estou lendo seu livro "Paixão emagrece, amor engorda", presente da minha irmã(que é nutricionista funcional e te admira mto!!)

    ResponderExcluir
  8. Sonia, que bom que você voltou no assunto do lufenuron, porque quando relatei a minha experiência com o remédio, pode ter parecido que ele não foi eficiente. Acredito que ele seja importante como parte do tratamento. Inclusive entrei essa semana em crise quando troquei um telhado apodrecido e o lufenuron juntamente com a autohemoterapia me ajudaram prontamente. Estou quase sem sintomas e admirada com o resultado da AH.
    beijos!

    ResponderExcluir
  9. Faz um tempão que não tomo vermífugos e estava pensando nisso. Esse luferunon viria a calhar. Tem contra indicação? Onde se encontra? Acho que nas farmácias comuns não deve ter...
    Aguardo orientação.
    Abs.
    Ana Maria
    Araçariguama, SP

    ResponderExcluir
  10. Ana Maria, leia o post original que a info está todinha lá: http://www.soniahirsch.com/2010/03/drogas-poderosas-um-antifungico-chamado.html . Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Silvia, boa noite, um beijo!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Flávia, é isso mesmo, tem que pensar em vermes. Veja o livro em www.correcotia.com/vermes . Analisando os sintomas você vai decidir o que fazer. Um abraço!

    ResponderExcluir
  13. Mais uma polêmica para acrescentar à lista... mas se não é interessante para a indústria farmacêutica, é certo que a luta será desigual - sobre batalhas judiciais relacionadas com a indústria farmacêutica e a alimentícia, tem uma série americana que mostra ótimas dessas peleias - Boston Legal (Justiça sem Limites)- principalmente nas temporadas 3 e 4 - dá um gostinho bom assistir competentes advogados derrubando um bando de Golias! Damage é outro bom seriado com temática semelhante.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Vera, boas dicas. Mas tem um problema adicional: a medicina especializada iria à falência se as pessoas tivessem acesso aos exames e tratamentos corretos contra, por exemplo, vermes. Aí outros seriados acabariam ;-) Beijos!

    ResponderExcluir
  15. oi, Sonia,
    Tenho uma amiga que tem spondilartrite (doença ligada à reumatologia inflamatória) e eu comentei com ela sobre o lufenuron. Vc acha que seria o caso? Ela disse que a doença é genética e que não adiantaria tomar. E uma boa vermifugação, vc acha que ajudaria? Teria alguma outra indicação? Ela mora fora do país e faz tratamento por lá com anti-inflamatórios, mas sem resultado. Vive se queixando de muito cansaço por conta disso, sente dores.
    Se vc tiver alguma dica para dar será muito bem vinda.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Jussara, não sei se rola uma boa vermifugação com o lufenuron. O autor (ou a autora) do post mencionou isso, mas não sabemos em qual dosagem e quais os vermes que ele elimina - provavelmente só os que têm cutícula grossa à base de quitina, como as tênias. Mas existem muitos outros, e amebas de vida livre têm sido frequentemente associadas à artrite & congêneres, bem como a cândida.

    Gosto muito do que leio sobre isso no site http://www.arthritistrust.org . Talvez sua amiga queira ler. Um abraço!

    ResponderExcluir
  17. Entendi, vou mandar o link pra ela.
    Abraços e obrigada again.

    Gostei das novas cores e layout. Acho que assim força menos as minhas retinas já tão fatigadas, como diria o poeta ;D.

    ResponderExcluir
  18. Oi,Ju, forçar menos as fatigadasretinas foi a ideia do Cesar Lobo quando escolheu as cores para o site da Correcotia, que agora procurei imitar aqui. Que bom que você gostou. Beijo!

    ResponderExcluir
  19. Sonia, meu marido tem psoríase,ele poderia se beneficiar com o uso do lufenuron? desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Fátima, não tenho conhecimento suficiente nem da psoríase nem do lufenuron para supor isso.

    Em Healing with whole foods, em relação a psoríase, o prof. Paul Pitchford diz para lavar com chá de salsaparrilha ou água do mar, massagear com pepino fatiado (sem casca), vaporizar com vinagre várias vezes ao dia e passar óleo de alho, que se faz amassando e deixando 6 dentes de alho em 100ml de óleo de gergelim por 3 dias, para depois filtrar num paninho.

    ResponderExcluir
  21. Olá Sonia, muito obrigada pela sua atenção. :))

    ResponderExcluir
  22. Olá Pessoal! Há seis anos que ando nessa luta, luta inglória sem fim á vista. Médicos e mais médicos tratamentos e mais tratamentos, e de tudo me tem sido diagnosticado, depois de uma fortuna gasta e de até ir para o bloco operatória,vários internamentos, dietas, a cândida continua a fazer estragos no meu organismo me levando a todo o tipo de infecções e agora dizem que tenho fibromialgia e tenho certamente. Ou a fibro me leva á cândida ou a cândida me levou a fibro. Venha o diabo e escolha.verdade é que eu acho que depois de tanto tratamento tanto exame eu sinto-me explorada por todos.Todos sem excepção.
    Sem duvida que este é um negocio "chorudo" em nós somos uma verdadeira mina de ouro.
    Muita investigação se tem feito sobre a cândida, mas até agora nada que acabe com a doença já que os anti-fungicos causam habituação, dão cabo do fígado dos rins que são os filtros do nosso corpo. No meu caso a candida leva-me as mais diversas infecções, bactérias, viroses, de tudo , de tudo eu tenho passado. Vou ao hospital sou tratatada e mandada para casa. E Outra coisa é que quando sabemos demais e fazemos muitas perguntas somos mal tratadas parta ficarmos intimidadas e nos calarmos .Isto aconteceu comigo aqui em Portugal pelo médico que me tratava, sim tratava porque a seguir eu mandei-o dar uma volta pelo quarteirão. Pior é que se trata de nossas vidas não é para brincar eu tenho visto a morte e vejo constantemente.A cândida invade tudo mas tudo mesmo, não é apenas uma candidiase vaginal não ela pode atacar qualquer órgão e em mim ela começou pela garganta..amigas não vos desejo é horrível depois foi alastrando pelo meu corpo. Hoje faço uma vacina que vem da Holanda,estava a jurar que estava melhor, mas assim que veio o calor aqui em Portugal, meu corpo fica a suar, quente, e cria um clima óptimo para ela. Tudo começa quem sabe este ano seja menos grave que o ano anterior, mas as alergias estão mais graves por isso tudo indica que vai recomeçar. Abraço

    ResponderExcluir
  23. Olá, querida! Adotei um cão que talvez tenha a "Pitiose" ( http://www.maedecachorro.com.br/2009/07/surpresa.html ). Posso te pedir o imenso favor de me escrever para conversarmos um pouco e ver como posso ajudá-lo também com os teus conhecimentos? Já mandei o laudo pra veterinária homeopata, mas nessas horas quanto mais cabeças pensantes, melhor. Obrigada! Se puder, escreve para anacorinafs@gmail, ok?

    ResponderExcluir
  24. Oi, Conceição, mas você faz alguma dieta?

    Oi, Ana Corina, acabei de te mandar um email.

    Uma observação: o "proibido" dessa postagem não corresponde ao que se pode pensar. Não há proibição sanitária quanto ao lufenuron, nesse aspecto ele é liberado. A proibição é de acesso. O único lugar onde se vai encontrá-lo à venda é o site da Sarah Vaughter, porque o marido dela é químico e assumiu a ideia.

    ResponderExcluir
  25. Conceição... você é de Lisboa?

    Tem um grupo EXCELENTE de nutricionistas funcionais em Portugal, e você pode saber onde encontrá-los aqui: http://www.nutriscience.pt/

    Tem uma outra fonte de referência que são a Clara e o Dr. Angelo (se não me falha a memória), e você pode encontrá-los na Farmácia Confiança na Almirante Reis, 46, Metro: Anjos.

    Mesmo que você seja de outra cidade, eles de certeza poderão dar referências.

    Veja bem... eu não conheço essas pessoas pessoalmente, nem tenho qualquer relação comercial com elas, nem moro em Portugal! Mas uma grande amiga minha de Lisboa, estudiosa de Nutrição é que sempre os referencia a mim.

    Tudo tem solução - mesmo que a gente custe a encontrá-la! Boa sorte!

    ResponderExcluir
  26. Puxa, e no que diz respeito ao comentário-resposta, encontrou rápido! :-)

    ResponderExcluir
  27. ola sonia, meu nome é luciano,parabéns pelo seu blog ele e muito bom.fiz o pedido do lufenuron á 13 dias e ainda não chegou,será que a silvia poderia me dizer se e normal?

    ResponderExcluir
  28. Oi, Luciano, acho que até 21 dias é bem normal. Não sei quanto tempo demorou o da Silvia. Um abraço!

    ResponderExcluir
  29. Boa tarde a todos, parabéns Sónia pelo seu trabalho!
    Muito interessante a matéria,gostaria de acrescentar que a dra Hulda Clark escreveu varios livros sobre a CURA de TODAS as doenças.(teve de abandonar os EEUU por severa perseguição) Ela fala que tudo tem a ver com fungos ,vermes, bacterias.. e quimicos( industria alimentar,estetica,...) são os 2 elementos da equaçao;bastando matar essa bicharada e alimentar-se correctamente, a pessoa fica bem. Ela desenvolveu o zapper, aparelho maravilhoso que elimina por electrocussão e uma combinaçao de ervas infalivel.O seu trabalho está meticulosamente descrito nos seus livros( ex. The cure for all deseases). Tem uma clinica no Mexico que atende doentes terminais. Abraço, saúde radiante para todos!

    ResponderExcluir
  30. 28/2/2011
    Só quero registrar aqui que A SARAH VAUGHTER VOLTOU A VENDER O LUFENURON: mais em http://lufenuroncandidacure.owndoc.com/ .

    Não estou recomendando, mas pode ser útil se a pessoa fizer o resto direito. Os antifúngicos só matam os fungos. Para repor a flora e se defender de novas infestações, só mesmo cuidando da dieta e repondo lactobacilos.

    ResponderExcluir
  31. Menina, que Blog maravilhoso! Estava procurando cura para meu cão acometido, possivelmente, de pitiose,foi como cheguei aqui.
    Sonia, como vc é especialista em promoção de saúde, deixo-lhe uma dica interessante que encontrei aqui na net sobre uma alternativa de tratamento e prevenção de doenças: é a "Prata Coloidal". Tem esses links, caso queira dar uma olhada: http://saudeperfeitarfs.blogspot.com/2009/04/agua-com-prata-coloidal.html
    http://www.medicinacomplementar.com.br/tema100105.asp
    http://inforum.insite.com.br/39550/4484262.html

    Estou encantada com o que lí a respeito da Prata Coloidal. Espero que aprecie!
    Abraços e boa tarde!!!!

    ResponderExcluir
  32. Olá Sonia!

    Desculpe reavivar o post, mas como minha dúvida é sobre vermes... pra não me estender muito, vou ser direta nas perguntas: quem tem o uma alimentação saudável (a sua moda:D) e o intestino bem reguladinho, evacuando todos os dias, sem maiores problemas, pode mesmo assim ter problemas de vermes? E as capsúlas de óleo de alho servem para alguma coisa?!
    Sou sua fã há anos, mas sempre que releio seus artigos sobre vermes me dá um desespero...

    ResponderExcluir
  33. Oi, Evelin, a mim parece que onde não há sintomas não há problema. Na dúvida, saiba mais sobre sintomas em www.correcotia.com/vermes . Um abraço!

    ResponderExcluir
  34. Muito obrigada pela atenção, Sônia!

    é que com essa história de que todo mundo pode estar com vermes, dá vontade de pôr a culpa de tudo neles!!
    e um "sintomazinho" a gente sempre tem, né?:D

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  35. fala sério!o meu cãõ esta com dermatite,já levei no veterinário e estou tratando,não é uma dermatite grave,mas fiquei curiosa e comecei a pesquisar sobre tratamentos,então encontrei a SONIA,eu to bege,quanta informação!eu nem sabia que a candida pode afetar outros órgãos,achava que era só vaginal,tenho uma amiga que sofre muito disso,vou passar as informações p/ ela,eu sou agente comunitario de saúde e procuro obter informações sobre doenças p/ passar as pessoas,as veves eu fal com pessoas que nunca fizeram tratamento p/vermes,na maioria das vezes nem sabem que tenque fazer,enfim...adorei tudo,um grande abraço a todos e boa sorte...beijo SONIA.

    ResponderExcluir
  36. Engraçado, não é prejudicial para o meio ambiente e nem tóxico quando usado por animais, mas é para o ser humano...

    ResponderExcluir
  37. Boa noite !!!

    o LUFENURON será que serve para candidiase masculina (no penis), estou tratando com bifonazol (Creme) e Itraconazol (Capsula) a 3 anos e não resolve, será que vai adiantar se eu usar o LUFENURON

    ResponderExcluir
  38. Sonia, eu achei o Lufenuron em Pet shop, chamado program. Esse é seguro para uso em ser humano?

    Angelica

    ResponderExcluir
  39. Angelica, não faço a menor ideia. Mesmo porque, como sempre digo, muita coisa mata os fungos; o problema é impedir que voltem.

    E o Program é caro. A quantidade que você teria que usar pode tornar mais barato importar direto qe quem pode lhe dar orientação segura, a Sarah Vaughter. Outra coisa: o Program tem outra substância junto. Vai te fazer bem? Um abraço!

    ResponderExcluir
  40. Tomei o "Program Plus" da novartis nos dias 18 e 19/01/2013, TOMEI UM COMPRIMIDO DE 460MG DE LUFENORON NO ALMOÇO. Até agora continuo vivo e muito bem, graças a Deus.

    O.R.O.

    ResponderExcluir
  41. Olá!
    estou pensando em comprar o Lufenuron no site da Sarar Vaughter, alguém recomenda, já tomou, teve efeitos colaterais ou bom resultado. Gostaria de tentar este remédio, se alguem puder dar alguma recomendação? Muito Obrigada.

    ResponderExcluir
  42. Olá Sonia, há muito tempo acompanho seu trabalho e tenho a maioria de seus livros, adoro o que voce escreve e tento por em pratica algumas coisas, como por exemplo o banchá com umeboshi, que geralmente melhora a maioria de meus "mal estares", hehe...
    Acontece que infelizmente nao consegui me libertar de remedios horriveis, que sei estarem me deixando mais doente do que me tratando efetivamente, mas, eu tenho que continuar vivendo e principalmente, trabalhando, e minhas crises tem sido muito longas, me deixam prostrada, deprimida, sem animo por muito tempo...
    O que sao estas crises?? Normalmente começam com um mal estar geral no corpo, sensação de febre, calafrios(tenho calafrios frequentemente no verao, acho que meu corpo nao suporta esse entra no ar condicionado, vai para o bafo quente darua o dia inteiro), e aí vem a rinite, a asma, dor de cabeça, depressao, dores musculares, uma infinidade de sintomas horrorosos. Mas, antes disso tudo, preciso dizer que sou uma pessoa extremamente ansiosa, preocupada, estressada, com tendencias depressivas, mas que consigo levar o dia a dia, pedindo sempre a Deus muita coragem...
    Enfim, Sonia, meu maior sonho é nunca mais ter que tomar antibioticos, corticoides(inalatorios, nasais, comprimidos), e nao sentir mais estas coisa todas, mas...
    POR ONDE COMEÇAR, esta é a grande questao??
    Preciso demais da sua ajuda, minha guru!!

    ResponderExcluir
  43. Tati, já te respondi no email que não sou guru de ninguém, nem tenho poderes especiais para saber por onde VOCÊ deve começar, né? Então, força nas tranças! Uma boa alimentação só faz bem. Assim como bom senso, disciplina e coragem. Um abraço!

    ResponderExcluir
  44. mARCELLO dIAS06/03/2014 17:34

    E aí Oseas continua vivo?
    Continua tomando o Program pLUS?

    ResponderExcluir
  45. Boa Noite gostaria de saber se alguem realmente tomou o lufenuron do site da sarah ou algo assim e se funcionou ou não pois quero comprar e experimentar pois descobri menos de um mês que adquiri esta praga e ja esta me trazendo grande transtornos e se o site da Sarah voltou a vender,descobri este site que vende o produto so que industrializado mais ninguém fala dos resultados contra a candida.
    https://www.facebook.com/CandidaRelease

    ResponderExcluir
  46. EU estou tomando o Lufenuron da Sara Vuaghter,mas apra micose não para candididase,não compre em outro lugar,não é seguro e comprimido não serve apra nada tem qu3e ser em pó.

    ResponderExcluir
  47. Raquel Monteiro27/08/2014 08:32

    Ola, Sonia!
    Como você deve saber, o lufenuron deve ser tomado junto com uma refeição rica em gorduras.
    Estou com ele aqui e gostaria de saber se você poderia me indicar algum tipo de refeição saudável que contenha essa quantidade de gorduras necessária, pois não quero recorrer a porcarias gordurosas.
    Você tem alguma dica?
    Agradeço muito desde já.
    Parabéns por este blog que tanto nos ajuda.
    Abraco!

    ResponderExcluir
  48. Raquel, na verdade não sei, não me interesso por drogas. O post se deve ao fato de que o lufenuron parece resolver melhor do que os azoles da vida, mas o que eu defendo é mudança de alimentação e chás para matar os fungos. Muita coisa os mata. Difícil é manter o terreno conquistado imune a eles - só mesmo com uma boa dieta.

    ResponderExcluir
  49. Olá Sônia,

    Cheguei até os seus livros graças à um retiro voltado para alimentação. Há três meses passei a conhecer o drama da Cândida, e já tendo perambulado por meia dúzia de médicos e farmácias, percebo que os zilhões de azoles que me indicam só aliviam os sintomas. Tenho seguido a dieta e sinto grande melhora depois dos 3 insuportáveis primeiros dias. Antes, pensava que a piora era um crescimento da cândida pelo meu organismo. Largava tudo pela metade. Agora, pelos seus livros, compreendo a "piora antes da melhora" e persisto na dieta.
    Gostaria de agradecer e perguntar qual a relação entre a cândida e vermes, como oxiúros?

    ResponderExcluir
  50. A., os fungos são decompositores da matéria, alimentam-se de açúcar e matéria morta, além de também sugarem alguns tipos de vermes mantendo-os vivos o maior tempo possível. Quando existem condições para verminose crônica, também existem para fungos prosperarem. Os oxiúros são dos que dão sintomas mais claros, mas podem estar acompanhados de outros vermes ou de protozoários, como amebas e giárdias, que comprometem tecidos e facilitam tudo para os fungos.

    ResponderExcluir
  51. Maria Cristina23/09/2014 21:11

    Olá pessoal,
    Eu tive diagnóstico de cândida albicans há um ano. tomei antifúngicos alopáticos e só piorei. Através do livro de Sônia tomei conhecimento do lufenuron. Pesquisei sobre ele e conseguir comprar no site de Sara. O lufenurun chegou ontem (22/09/14). Não comecei a toma-lo porque sei que antes preciso preparar meu corpo com a dieta anti-candida, retirando tudo que a alimenta (açúcar e tudo que o contém, farinhas e tudo que a contém, frutas doces, várias raízes com amido, álcool, etc). limpar meu intestino (comprei o desintoxicador/laxante natural ImunoVera), fígado, rins, pulmões. Fortalecer meu sistema imunológico com sucos de vegetais verdes e vitaminas do complexo B, C, E e Zinco. Após tomar o remédio preciso repor minha flora intestinal com muito cuidado e criteriosamente. Para isso comprei Primal Defense e outros probióticos. Agora estou pensando que prebióticos usar para ajudar os probióticos a chegarem ilesos ao me intestino.
    Depois disso é olho na dieta e evitar ao máximo o uso dos antibióticos e anti-inflamatórios que usei por muito tempo e só me fizeram muito mal.
    Muita saúde para todos.
    Cristina

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ou pergunta, se quiser, mas saiba que no momento é improvável eu responder, devido a mil coisas, cursos & viagens. Também vem novidade web aí. Agradeço. Abraços, Sonia

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.