terça-feira, 16 de março de 2010

Dicionário da mulher: Dieta da candidíase atualizada

Queridas e queridos, surgiram informações novas (para mim) e reeditei o capítulo sobre candidíase lá do site. A dieta ganhou mais possibilidades a partir dos livros Healing with whole foods, de Paul Pitchford, e Eat fat, loose fat, de Mary Enig e Sally Fallon.

As informações ganharam arrumação nova. Entre as novidades estão o Kvass de beterraba, o sumo de cenoura em jejum e os lactobacilos Sporogenes e Laterosporus. Ainda fico devendo as sugestões de cardápio.

59 comentários:

  1. Sonia achei este composto na net o que vc diria sobre o uso deste em combate a candidiase?
    Obrigado!
    Sepia succus 5CH + Hydrastis canadensis 3CH + Kreosotum 3CH + Aurum muriaticum natronatum 3CH
    Glóbulos – Frasco com 20g

    USO ADULTO

    Composição

    Cada grama de glóbulos de sacarose contém:

    Sepia succus 5CH 0,25 g
    Hydrastis canadensis 3CH 0,25 g
    Kreosotum 3CH 0,25 g
    Aurum muriaticum natronatum 3CH 0,25 g

    ResponderExcluir
  2. Difícil dizer alguma coisa. É de fonte boa? Mas com glóbulos de sacarose? Uma formulação homeopática contra candidíase usando açúcar? Hmm...

    ResponderExcluir
  3. Sonia, obrigada por tanta informação boa! Tomar o suco de cenoura de manhã tem facilitado muito a opção do café da manhã que até então era difícil!

    ResponderExcluir
  4. izabelbousfield@hotmail.com18/03/2010 18:38

    OI Sonia!! já conhece o livro da nutricionista funcional Denise Carreiro Sídrome fúngica, é bem interessante,segue o blog dela:http://www.denisecarreiro.blogger.com.br. Ela já foi minha professora e é expert no assunto, sou nutricionista e me decidi pela profissão muuuuuuuuuitos anos atrás lendo seus livros!Obrigada! e um grande abraço,
    Izabel

    ResponderExcluir
  5. Oi Sonia! Você, que sabe das coisas, já foi dar uma checada nesses lactobacilos de Minas chamado Yogufit? Seria bom que tivéssemos alternativas, até por ser um similar nacional...

    ResponderExcluir
  6. Oi, Izabel, acho a postura da Denise Carreiro muito interessante e até assino o blog dela, mas não tenho olhado. Muito obrigada pelo toque sobre o livro. Fui agorinha no site comprar e ele estará aqui em dois ou três dias. Um abração!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Luciana, já apareceu esse Yogufit no blog, fui atrás mas não descobri na web que tipo de lactobacilos ele tem. Você sabe?

    ResponderExcluir
  8. Sei sim, está escrito na embalagem (sou a pessoa que disse que tinha um velho na geladeira): lactobacilos bulgaricus streptococus termophilus

    ResponderExcluir
  9. Oi, Luciana, desses três só o bulgaricus é colonizador dos intestinos, ou seja, se fix e se reproduz. É bom quando tem acidófilos e bífidos junto, tropa de choque... Sem esquecer dos laterosporus e sporogenes, que nunca encontrei cara a cara mas soube que são ainda melhores.

    ResponderExcluir
  10. Sônia, eu de novo... quando estava pra ter minha neném a parteira recomendou que eu seguisse um protocolo de alho contra streptococos tipo B, que deu positivo. No fim a neném chegou mais cedo e nem deu tempo de seguir direitinho, mas estou achando que pode ser uma boa pra maldita cândida. Vc conhece? Vc fala de alguns modos de usar o alho no site, mas nada tão assim, digamos, direto... O tal protocolo: http://www.gentlebirth.org/archives/gbsCohain.html

    ResponderExcluir
  11. Oi, Estela, para tratar a candidíase vaginal dou no site uma indicação de compressa quente de alho que é muito eficaz. O vapor sobe e vai agindo.

    O problema de inserir o alho na vagina é que ele pode ser muito irritante para as mucosas. Nesse caso, acho que eu ia preferir macerar alho em óleo de coco, filtrar e aplicar lá por dentro...

    ResponderExcluir
  12. Oi,SÔNIA.Eu me chamo Mácia e só agora conheci esse método natural contra a CÂNDIDÍASE,tenho sofrido dessa bendita a dez anos e ñ sei por onde começar o tratamento.Hoje estou sem irritações e coceiras mais c/ muito corrimento,o que eu faço? Desde já te agradeço.

    ResponderExcluir
  13. Sônia, vc viu essa matéria?
    http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultimas-noticias/2010/04/06/candidiase-e-queixa-de-60-das-mulheres-em-pronto-socorro-de-sp.jhtm

    Beijos,
    Ana.

    ResponderExcluir
  14. Pois é, a Carol me mandou o link, depois você e várias outras leitoras. Vou fazer um post a respeito assim que der. Obrigada, beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá Sônia... se eu amassar alho no óleo de coco para aplicar na vagina, devo aplicar com o que? Pq com as mãos/dedos acho que será complicado. Fico no aguardo. Obrigada. Rosângela

    ResponderExcluir
  16. Oi, Rosângela, de onde você tirou essa ideia de amassar o alho pra colocar na vagina? Como vai tirar os pedacinhos depois?????

    O que eu indico é COMPRESSA QUENTE de alho. E óleo virgem de coco pra passar com a mão na vulva toda, depois no ânus. Olho vivo, garota!

    ResponderExcluir
  17. Sônia,eu de novo... estava lendo o http://correcotia.com/mulheres/candidiase.htm e vi que vc indica extrato de alho envelhecido e cápsulas de óleo de alho... onde consigo comprar aqui no brasil? Prefiro loja física. Fico no aguardo. Obrigada! Rosângela

    ResponderExcluir
  18. Sônia, vc deu essa sugestão na resposta: 24/03/10 13:47 - Segue: O problema de inserir o alho na vagina é que ele pode ser muito irritante para as mucosas. Nesse caso, acho que eu ia preferir macerar alho em óleo de coco, filtrar e aplicar lá por dentro...
    Rosângela

    ResponderExcluir
  19. Oi, Rosângela, o óleo virgem de coco já é fungicida, se você experimentar com ele pode vir a prescindir do alho. Tem alho que queima, né? Especialmente o roxo. E estamos numa péssima época para alho, ele está todo meio seco, já já sai o alho novo. Aí sim é hora de comprar réstias de alho orgânico e fazer extratos, colocar em azeite, etc.

    Aplicar o óleo com a mão, os dedos, nada mais natural, na vulva toda e no ânus, entrando um pouco. E a minha sugestão lá em cima era macerar e filtrar, não amassar e colocar. Macerar tem que ser no óleo líquido, durante pelo menos 10 dias, coisa um pouco difícil de fazer no óleo de coco quando está frio porque fica sólido. Clareamos?

    ResponderExcluir
  20. PS - Extrato de alho envelhecido não conheço aqui. Cápsulas de alho você compra em qualquer farmácia. Um abraço!

    ResponderExcluir
  21. Entendido Sônia! Comprei cápsulas de óleo de alho hj... vamos ver se ajuda... estou procurando um óleo virgem de coco das marcas q vc indicou....Muito obigada! Rosângela

    ResponderExcluir
  22. Hola Sonia, como está!? Ainda espero as sugestões de cardapio para essa nossa dieta tão especial! ... Mas uma dúvida que tenho é quanto a soja e seus derivados (leite, yougurte, shoyu -sem açucar, claro- tofu, etc.). Há alguma contra indicação? Eu não como carne vermelha, nem frango, assim que penso que além dos pescados e mariscos (que sim, como) podem ser possivéis variações de cardapio café da manhã, almoço e jantar... O que me diz?
    Um abraço,
    Bianca

    ps: encontrei óleo de coco aqui! A princípio, me molestava a textura do óleo, mas agora que aprendi já acordo e durmo pensando em toma-lo! Ainda mais que soube que é mais saudável e ajuda saciar a fome.

    Outro beijo,
    bianca

    ResponderExcluir
  23. ah! e sentia umas pequenas fissuras que me incomodavam, passei à noite um pouco do oleo de coco, e aparentemente já não sinto o incomodo. Existe alguma melhor "modo de usar" (uma vez ao dia ao deitar, tres vezes, etc)?
    Obrigada!
    bianca

    ResponderExcluir
  24. Oi, Bianca, todas essas indicações de alimentos estão em http://correcotia.com/mulheres/candidiase.htm . Soja é péssimo, veja em http://correcotia.com/soja . E eu trabalhei na sugestão de cardápio que te prometi, mas pra explicar por que o cardápio é assim tive que escrever um livro. :-)

    Vou postar um exemplo de cardápio, já já. Obrigada pelo empurrão e um abraço!

    ResponderExcluir
  25. Pronto, tá lá. Sobre o óleo de coco, eu acho legal passar depois da higiene, à noite, antes de deitar, vulva, vagina, períneo e ânus. E de manhã, depois da evacuação matinal.

    ResponderExcluir
  26. Querida!
    Muito obrigada pela atenção, já era bastante desconfiada com a soja e agora... Ainda mais. Mas pelo que entendi, shoyu (sem açucar!) e misso estão liberados? Hummm, uma sopinha mais no cardápio não viria mal :)
    Mas pelo que lembro, normalmente o misso tem cevada e/ou arroz, não? Ou estou enganada? Poderia come-los mesmo na "dieta candidíase"?
    Um beijo gordo,
    Bianca

    ResponderExcluir
  27. ...mas só shoyu e missô de fermentação natural, Bianca, não pasteurizados, como os do prof. Kikuchi e da Família Hartman.

    Terem cevada ou arroz não é problema porque na longa fermentação os amidos são consumidos.

    Vou colocar seu comentário e a resposta lá no outro post tb! Beijo e boa sorte!

    ResponderExcluir
  28. Sônia,
    Estou meio desesperada. Tenho 20 anos e fui diagnosticada com a candidiase vaginal. A médica me receitou o fluconazol e o ovulo.Já utilizei os dois a dois dias e ainda tenho sintomas. Isso quer dizer que a minha é crônica? O que devo fazer?
    obrigada

    ResponderExcluir
  29. Oi, querida, faça dieta. Leia mais em http://correcotia.com/mulheres/candidiase.htm . Um abração!

    ResponderExcluir
  30. Amei as dicas, amei o blog.

    ResponderExcluir
  31. Sonia,

    Você já leu o livro Candidíase Tem Cura? Achei muito interessante a visão deles de que é mais importante descobrir a causa da doença do que fazer dieta, já que se a pessoa tem uma alergia específica, ela pode fazer o quanto de dieta for, parar de comer açucar completamente e ainda assim, ela vai continuar tendo candidíase, porque a causa não foi identificada e eliminada. O que você acha dessa visão?

    ResponderExcluir
  32. Oi, Frances, já li, acho que o livro tem seu valor mas não concordo com o conceito que você resumiu. Sempre que existe alergia existe a possibilidade de parasitose crônica, de um tipo ou de outro. Fungos, vermes, protozoários e suas toxinas produzem sintomas e não são uma vaga suposição.

    ResponderExcluir
  33. Ana Silveira03/04/2011 14:03

    Olá a todos presentes nesses comentarios, eu venho aqui Para dizer que sou maiS uma na luta contra a candidiase,
    Sonia, eu estou a 15 dias na dieta sem doces, sem qualquer coisa que tenha farinha, pão, arroz, etc...estou nas verduras, legumes,e algumas frutas...comprei mts suprimentos, oleo de oregano, unha de gato, oleo de figado de bacalhau, alho seco, lactobacilos, e outros... eu me sinto melhor da coceira mais eu ja sou magra por natureza, mais eu já emnagreci mais 2 kilos, me ajude por favos Sonia, não quero continuar com a Candidiase atrapalhando a minha vida, mais também não quero ficar mais magra ainda ! Aguardo ajuda... Mt paz e mt saúde a vc e a tds os leitores...Eu já adicionei o seu blogg nos meus favoritos. mt paz

    ResponderExcluir
  34. Oi, Ana, mas você leu o livro? Tem um passo a passo que ajuda muito com a dieta. Tratou dos vermes? Magreza sempre tem causa... Um abraço!

    ResponderExcluir
  35. Sônia, já estou há quase dois anos lutando contra a candidíase. Fui em vários médicos, fiz vários tratamentos com pomadas, comprimidos e afins, que me livraram das coceiras por um curto período de tempo.
    Cansei disso tudo e resolvi procurar outras coisas, quando achei seu blog e a dieta recomendada no seu site.
    Sou vegetariana há dois anos e, pela coincidência no tempo, será que tem alguma relação entre eu ter parado de consumir carne e o desenvolvimento da doença? E na dieta recomendada, posso substituir a carne pelo quê? Essa dieta deve ser feita por quanto tempo? Tomar óleo de coco em cápsulas tem o mesmo efeito?
    Agradeço imensamente se puder me ajudar, pois não sei mais o que fazer!
    Fernanda

    ResponderExcluir
  36. Oi, Fernanda, acho que pode sim existir uma relação entre você ter parado de comer carne e a proliferação de cândidas SE você tiver passado a comer mais pão e carboidratos em geral e mais laticínios. Acho muito difícil para vegetarianos a dieta contra candidíase. Quanto a óleo de coco em cápsula, não vejo razão para usar de forma processada algo que é tão natural. Como é que eu sei que o óleo lá dentro não está rançoso? Leia mais em http://correcotia.com/mulheres/sodacoco.htm . Um abraço!

    ResponderExcluir
  37. Sônia, obrigada pela atenção. Não pretendo voltar a comer carne e como a dieta é difícil para vegetarianos, o que eu poderia fazer?! Só o consumo de óleo de coco virgem resolveria? A dieta era minha última esperança...
    Fernanda

    ResponderExcluir
  38. oi Sonia, sofro de candidiase a 3 anos, e nao sei mais o que fazer, estou desesperada, já usei mais de cinco tipos de pomadas e tomei diversos remedios mas nada adianta, e quando tenho relação com meu namorado arde mto, chega a serr insuportavel, ouvi falar que a introducao do alho enrrolado em um gazi na vagina é mto bom e ajuda a curar a candidiase, vc recomenda? estou tentando de tudo para me curar!!!
    Grata Fernanda

    ResponderExcluir
  39. Oi, Fernanda(s), escrevi um livro reunindo tudo o que sei sobre isso por experiência própria, a partir do que pesquisei de autores importantes. Coloquei as informacões em ordem para ajudar e construí um passo a passo. Sugiro que leia(m) o livro.

    E, quando alguém diz que quer se curar, acho que não pode ter tabus como, por ex, a carne, que é essencial na recuperação de várias infecções parasitárias. Olho vivo. A dieta tem que servir à pessoa, não a pessoa à dieta. Somos parte da escala animal e também seremos comidos. Ser vegetariano com saúde é luxo para quem pode. Abraço(s)!

    ResponderExcluir
  40. Olá Sonia!
    Sou uma grande fã sua, amo seu trabalho!
    Alguns ginecologistas pedem que façamos lavagens vaginais com água morna e bicabornato de sódio para cuidar da candidíase, pois eles dizem que tira a acidez... é verdade? e quando temos candida na boca/garganta, será podemos fazer gargarejo com água e bicarbonato tb? agradeço muito sua atenção.
    Abraço

    ResponderExcluir
  41. A lavagem e o gargarejo aliviam, mas a candidíase começa nos intestinos e é essencial mexer na alimentação para se livrar dela.

    ResponderExcluir
  42. Olá Sonia, é um prazer participar do seu blog, estou fazendo a dieta quase a risca, e agora inclui o lufenuron. Senti que as fezes endureceram bastante na primeira tomada (5 dias) e após este período não estão normais, ou ressecam ou amolecem demais.Estou a 7 dias de tomar a segunda dose do medicamento, porém tenho sentido fortes dores de cabeça, penso que pode ser proveniente do intestino desregulado, daí o´fígado se ressente, pode ser?

    ResponderExcluir
  43. Oi, xará, não faço ideia de como o lufenuron funciona. Mas a Sarah Vaughter responde aos emails. Quem sabe você escreve para ela? Um abraço!

    ResponderExcluir
  44. Sonia como a maioria dos relatos do blog sofri muito com a candidiase e depois de ler o seu blog estou tomando o oleo de coco e passando na mimosa como você mesmo diz e tenho que te agradecer imensamente pois melhorou muito aquela sensação horrivel de queimação pessoas como você faz a diferença, parabéns e meu imenso agradecimento. bjus

    ResponderExcluir
  45. Oi Sônia,
    Depois de muito tempo sofrendo como todas aqui, e passando como preguiçosa para minha família, e chata para os médicos, porque era assim q me sentia, procurei uma endocrinologista ortomolecular e ela suspeitou de cândida no sangue pelos meus sintomas e foi confirmado pelos exames... pelos exames tbm foi confirmado intoxicação por alumínio, bário, mercúrio, e vários outros elementos... debilitada por vitaminas D, cálcio, selênio etc, muitos para citar todos... isto claro fortalecia mais a cândida. Segundo ela eu aos 40 anos estavam com idade biológica de 65. Eu me sentia doente e morrendo...
    Contei a minha Irmã que me mostrou o seu blog e iniciei o tratamento com minha médica, que me indicou pool de lactobacilos manipulados aqui mesmo em minha cidade, um remédio chamado Fos tbm manipulado e estamos fazendo a desintoxicação dos metais pesados e repondo o que meu corpo precisa... me senti por alguns dias mais animada, porém sinto os sintomas volltando, a depressão, meus pés que estão sempre inchado, gases, estomago inchado dores abdominais, desanimo,passo as noites acordada e durmo por toda manhã, sem querer sair a cama e muita vontade de comer massas e doces... mas o que medeixa ainda pior, é que tenho três filhos, e duas são meninas e vejo elas na mesma situação que eu... se alimentam mal, dormem mal, e não consigo mudar seus hábitos, porque sequer consigo mudar os meus. Minhas filhas tem 19 e 5 anos, é possível que eu tenha passado para elas a cândida pelo contato, convivência, roupas, lençois? Sei que foi Deusque me levou a minha médica para me diagnosticar, assim como foi Ele que fez com que minha irmã te encontrasse, pois, sinto que o tratamento da cândida não tem surtido o efeito necessário, e que vou ter que buscar forças Nele para conseguir seguir a dieta que você indica... Agradeço primeiro a Ele que tem me segurado e dado a força para tentar me curar, e a você por tudo que tem feito por tantas pessoas que sofrem como eu com seu interesse e posso dizer, amor ao próximo!! Obrigada
    Cris

    ResponderExcluir
  46. Cris, é isso mesmo: sem mudança de hábitos alimentares não há solução. Força nas tranças! Um abraço!

    ResponderExcluir
  47. Sônia, tudo bom? Venho fazendo sua dieta a 3 meses e meio, estando atualmente na fase suave.
    Apesar de algumas recaídas recentes com os doces, sinto-me muito melhor, em todos os sentidos! Pele bonita, mais energia, barriga sequinha... tudo isso é um motivo a mais para persistir na busca pela saúde. Doce nunca mais! Pode deixar!

    Minha dúvida hoje é quanto ao pão que você ensina no seu livro. Estou fazendo o sem fermentação. Tenho duas dúvidas:
    1. Você pede para deixar em descanso, antes de dormir, 400g farinha integral e água formando uma papa grossa. Quanto de água eu adiciono para formar essa papa grossa?
    2. Depois de pronto, quanto tempo tenho para consumir o pão? 3 dias, uma semana?

    Grata desde já pela imensa ajuda,
    Daniella

    ResponderExcluir
  48. 1. água suficiente para formar uma papa grossa: vá adicionando aos poucos até…

    2. enquanto o sabor e o aroma estiverem 100% suaves, agradáveis, com aspecto sadio.

    Se mofar um pedacinho do pão tem que jogar fora tudo. Guardar embrulhado em pano em local seco e fresco. Bom pão! E se na primeira vez não der certo, pelo menos você já estará livre dela. A vida e o pão a gente reaprende todo dia.

    ResponderExcluir
  49. ola Sonia, o meu problema com a candidiase é no peito, estou amamentando e doi bastante...
    comecei a dieta, estou melhorando bastante, só que fiquei com o intestino preso....
    tenho outra duvida, posso usar farinha de linhaca dourada?

    Obrigada

    Carol

    ResponderExcluir
  50. Carol, você pode usar a linhaça, deixada de molho na véspera e batida com água e limão ou qualquer outro líquido de manhã, na temperatura ambiente. A farinha expõe o óleo da linhaça ao ar e isso produz oxidação e radicais livres, que você não quer. O intestino você regula bebendo bastante água em jejum e entre as refeições. Um ou dois copos antes de amamentar. Um abraço!

    ResponderExcluir
  51. Obrigada pela resposta!
    Na dieta radical quais farinhas posso usar? estou querendo fazer uma torta salgada de atum ou frango...

    Continuo melhorando muito, acho que vou começar a dieta suave, mas quero ir introduzendo os alimentos permitidos bem devagarinho para ver como reage o meu corpo.

    Abraço e obrigada

    Carol

    ResponderExcluir
  52. Oi, Sonia
    Tenho sofrido de candidíase há quase 1 ano e por tudo o que tenho visto na internet, já percebi que, depois de já ter tomado alguns remédios e nada ter funcionado, dificilmente algum tratamento da medicina tradicional vai funcionar... Mas me animei quando vi pessoas recomendando a sua dieta. Pretendo começar essa semana, mas tenho uma dúvida, na verdade, meio boba: sou bem magrela e não queria emagrecer mais. Essa dieta deve fazer eu perder muitos quilos? É uma boa tomar suplementos pra compensar a perda de peso?

    Abraços e muito obrigada por dar uma solução pra tanta gente que, como eu, já estava sem esperança de melhora.

    ResponderExcluir
  53. Querida magrela, e por que será que você é magra? Você leu o capítulo "Dez contra ela", que está em www.candidiaseapraga.blogspot.com? Seria bom ler antes de adotar a dieta. Não vai doer. Um abraço - e força nas tranças!

    ResponderExcluir
  54. Sonia, estou tomando os nosódios para ameba e giárdia da sanatus, eles contém lactose.estou na dieta radical para cândida intestinal também. será que há algum problema dos tabletes conterem lactose?

    ResponderExcluir
  55. mmm… também tenho essa dúvida. é tão pouquinho. melhor gotas?

    ResponderExcluir
  56. Olá Sônia,
    Uso muitíssimo seu site como referência e tenho melhorado bastante de sintomas de endometriose e desequilíbrio hormonal fazendo as correções alimentares que você propõe. Esse é meu terceiro dia da dieta rígida contra candida, resolvi fazer novamente pq andei abusando de pães e carboidratos pesado e tava sentindo que a coisa estava degringolando novamente. Resolvi fazer tb por conta de estar há poucos dias da menstruação e vejo que essa relação entre cólicas e abuso de glúten é realmente verídica. Enfim, tudo ia bem até que hoje tô sentindo que minha pressão tá bem acima do normal, ela é geralmente inclusive mais baixa...Isso é normal? Eu cheguei a comer quinua, como indicado, não tô totalmente sem carboidratos...comi peixe, cenoura, alface, ovos...enfim, achei estranho. Bjs e obrigada pelo seu belo trabalho

    ResponderExcluir
  57. Oi, Larissa, pode ser que você esteja consumindo um pouco mais de sal? Isso explicaria uma elevação da pressão. Mas é a primeira vez que ouço isso associado a essa dieta. Se for o caso, acho que você deve procurar um/a nutricionista para supervisão. Um abraço!

    ResponderExcluir
  58. Ola me chamo REBECA estou com candidiase ha 3 meses seguidos, isso é um inferno! ja tomei tudo que é medicação, e isso coça até o anus.. não sei mas o que faço passei varias pomadas, estou tomando vitaminas, evitando doces… e ainda ela persiste,,, minha alto estima acabou, só ando triste.. nao sei mais oq faço… existe alguma injeção? algo definitivo pq a minha com certeza veio muito forte… os médicos com a mesma ladainha….Por favor me ajude com alguma solução.

    ResponderExcluir
  59. Sonia, ja vi que voce não podera responder ao meu comentario. Mas, deixarei de todos modos pois a minha duvida e muito grande e ninguem ate hoje me soube responder. Tomara que eu tenha sorte e voce veja essa pergunta e me responda. Obrigado.
    A duvida e a seguinte. Tenho lido tudo o que encontro sobre candidiase. Vejo que ha muitas controversia entre os autores. Alguns permitem comer arroz integral, outros não. Alguns permitem cenoura e beterraba, outros não.
    Mas, o que realmente me deixa com a cabeça quente é a questão do acido/alcalino.
    Veja, voce diz no teu artigo que a candida vaginal cresce quando a vagina esta alcalina e o ideal para que ela diminua e que esteja acida.
    Todas as dietas anti candida diz que temos que alcalinizar o organismo.
    Mas, dai vem a grande pergunta: Se comemos alimentos alcalinos a vagina se alcaliniza tambem. E dai?
    Ou seja temos que alcalinizar o organismo e acidificar a vagina?
    Como é que eu consigo essa proeza?
    Aiiiii, tomara que voce possa me responder que to meio maluquinha com isso.
    Adoro voce.
    Beijos da tua fã.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ou pergunta, se quiser, mas saiba que no momento é improvável eu responder, devido a mil coisas, cursos & viagens. Também vem novidade web aí. Agradeço. Abraços, Sonia

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.